ESPORTE

Presidente do Sampaio abre a boca e solta o verbo

O homem da língua afiada
O homem da língua afiada

A polêmica de ingressos, borderôs, FMF e Sampaio Corrêa, parece que está só começando seu primeiro capítulo. Em seu primeiro ensaio, o diretor técnico da Federação Maranhense de Futebol (FMF) acusou a diretoria do Sampaio de sumir com a renda dos jogos e não divulgar os borderôs nas partidas do Brasileiro Série B.

Ao tomar ciência do fato, Sérgio frota abriu a boca e soltou o verbo. O pior de tudo, é que alguns profissionais da comunicação, que não tiveram os nomes citados pelo presidente do Sampaio, foram chamados de desonestos e comprados. Em nota divulgada no site do Sampaio, esses profissionais da imprensa são taxados de desonestos e mentirosos, principalmente aqueles que publicam inverdades, como disse a nota.

Em entrevista ao programa “Fontenelle Comenta” da rádio Mirante AM, hoje (6) ao meio dia, o presidente do Sampaio Sérgio Frota, acusou uma meia dúzia de repórteres de serem desonestos e comprados. Mas o titular do programa, Herbert Fontinele, pediu que Sérgio Frota citasse os nomes, e ele não teve coragem de cita-los. Veja abaixo a nota divulgada pelo Sampaio. O certo mesmo, é que se isso é verdade, tem gente com “C” que não passa nenhum alfinete.

BRIGA

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo