casa » NOTÍCIAS » Maranhense batalha e consegue espaço no PROJAC/RJ

Maranhense batalha e consegue espaço no PROJAC/RJ

COMPARTILHE
No seu local de trabalho no Rio de Janeiro

No seu local de trabalho no Rio de Janeiro

O maranhense Ailton Uchoa, de 38 anos, natural da cidade de Vargem Grande, hoje casado e radicado há 13 anos no Rio de janeiro, vem construindo sua história no Sistema Globo de Produções. Criado com dificuldades pelos avós, mesmo assim, o futuro ator teve uma educação exemplar no interior do Maranhão.Sensível e de muito talento, Ailton Uchoa, nasceu em 1975 e hoje atua como figurante nas principais novelas da Rede Globo de Televisão. Pai de dois filhos, o maranhense disse que: “Se não fosse ator, com certeza seria um Jornalista”, uma vez que se denomina um apaixonado pela comunicação. Torcedor do Vasco da Gama, Ailton sonha ajudar aos mais necessitados de seu Estado.

Tendo uma infância sofrida, Ailton diz que não seguiu o mesmo ofício dos pais, já que hoje o maranhense segue a carreira de ator. Dedicado e sonhador, o futuro ator diz que não gosta de bebidas alcoólicas e que seu principal motivo de felicidade é o amor. Questionado com relação às injustiças, Ailton diz que “se estivesse que condenar alguém seria os corruptos do Brasil”; ao mesmo tempo em que o ator se declara antipolítico, e prefere não fazer parte de qualquer grupo partidário, já que estes são os que mais atrapalham o desenvolvimento do país.

No bate-papo, Ailton diz que grande parte da mídia do País, manipula as informações e domina o mercado político, deixando a sociedade desamparada. Mesmo Ailton não gostando de política, foi categórico ao falar que, “se fosse um político, faria uma varredura total, primeiramente no Senado Federal.” Quando questionei o ator em relação à pena de morte, Ailton não pensou muito e declarou que votaria a favor da pena. Estudioso e criativo, o Maranhense já participou de dezenas de novelas da Rede Globo, além de colecionar participações no programa “ESQUENTA”, da atriz e apresentadora Regina Casé.

Mas para quem pensa que tudo na vida de Ailton foi só glamour, se engana; pois o futuro ator já foi limpador de chão e comeu o pão que os piores padeiros fizeram. Aos 25 anos Ailton deixou a pequena cidade de Vargem Grande, no interior do Maranhão e seguiu para o Rio de janeiro, em busca de dias melhores, para ele e sua família. Além de zelador, o ator também trabalhou como fiscal de loja, até encontrar o caminho tão sonhado, ser um grande intérprete de novelas. Para finalizar a conversa, Ailton citou a seguinte frase: “Às vezes os figurantes são pouco vistos pela opinião pública, mas já imaginou o Titanic sem figurantes? O filme sobre Os Dois Filhos de Francisco sem figurantes? O importante é ser humilde e procurar ter um espaço digno de quem trabalha sério”!

 

Sobre João Filho

3 comentarios

  1. Polyanna Fernandes

    Parabéns. Também quero ser uma figurante e quem sabe grande atriz. Meu sonho conhecer Projac. Estou cursando Jornalismo aqui em São Luís do Maranhão, mas meu sonho é ser atriz.

  2. danielle araujo

    parabens pelo seu sucesso

  3. Matheus Willy

    Ele é de minha cidade!

    Vargem Grande’ 😀 Terra boua! hehehe

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Vereadores de São Luís entrarão em milhares de casas através do Rádio AM/FM

Dizem que quando a montanha não vai até Maomé, Maomé vai até a montanha. Foi ...

Câmara de São Luís decreta ponto facultativo na sexta-feira

O presidente da Câmara Municipal, vereador Astro de Ogum (PR), decretou ponto facultativo para esta ...

Vereadora Fátima Araújo visita locais onde Prefeitura e Governo do Estado trabalham na área do João de Deus

A vereadora Fátima Araújo (PCdoB) é daquelas que nunca falta trabalho. Uma das parlamentares mais ...

Edivaldo Holanda Jr comemora centenário do bairro Liberdade

Comemorando este mês um século de fundação, a Liberdade, bairro da capital com fortes tradições ...

VIANA – MPMA realiza vistorias e cobra fornecimento de merenda em escolas municipais

Com base em uma série de vistorias que vêm sendo realizadas desde abril, a 2ª ...