ELEIÇÕES

Weverton Rocha faz visita de cortesia ao TRE-MA

Ele esteve acompanhado do vice na sua chapa, deputado Hélio Soares (PL)

O candidato ao governo do Maranhão pela coligação Juntos pelo Maranhão, Weverton Rocha (PDT), acompanhado do vice da sua chapa, deputado Hélio Soares (PL), fez uma visita na manhã desta sexta-feira (26) a presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargadora Ângela Salazar, e ao corregedor e vice-presidente desembargador, José Luiz de Almeida.

“Hoje é uma data muito especial. Começamos o horário gratuito e estamos oficialmente em campanha. Estou aqui para reafirmar o meu compromisso em fazer uma campanha focada na transparência. Aproveito para declarar a minha confiança nas urnas eleitorais e em todo o processo democrático, que vem sendo atacado neste difícil momento que o Brasil atravessa. Também aproveitamos para pedir muita atenção ao TRE para evitar que ações externas interfiram no processo eleitoral”, disse Weverton Rocha.

Ao ser recebido pelo corregedor José Luiz Almeida, Weverton Rocha destacou o trabalho que vem sendo realizado pelo TRE no sentido de garantir um pleito transparente e sem interferências. Ele também falou da total confiança que tem na corte.

“A minha lógica não é do amigo ou inimigo. A minha lógica é do certo e do errado, e não mudo, e nunca mudei, essa postura em fase nenhuma da minha vida. Os atores envolvidos se credenciam a partir da sua história e decisões. Decisões contraditórias e gestadas para atender interesses particulares não merecem ser observadas. Reafirmo a nossa imparcialidade. Não somos isentos, mas somos imparciais. Minhas preferenciais não interferem nas minhas decisões. Estamos aqui na certeza que vamos fazer o melhor. Podem confiar na instituição. Vamos fazer sempre o certo”, afirmou o corregedor José Luiz Almeida.

Ao ser recebido pela presidente do Tribunal, desembargadora Ângela Salazar, Weverton Rocha voltou a reafirmar seu compromisso com democracia e total confiança nas urnas eletrônicas. Weverton Rocha também reforçou o pedido para que as eleições não sofram interferências externas e destacou a preocupação com a conduta do procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, que ontem, teve suspenso, pelo Conselho Nacional do Ministério Público(CNMP), o ato que dava poderes ao chefe do MP para fazer transferências de chefes de procuradorias eleitorais no Maranhão.

“Nós reafirmamos a nossa confiança no TRE na condução de todo o processo eleitoral. Queremos que seja travada só dentro da política, sem interferências, para que as pessoas possam exercer livremente o direito ao voto. Ainda bem que o CNMP suspendeu o ato que dava poderes ao chefe do MP para fazer transferências de chefes de procuradorias eleitorais no Maranhão. Muitos promotores estavam apreensivos de ele ter esse poder de em uma canetada fazer a transferência. Estamos confiantes em todo o processo”, ressaltou Weverton Rocha.

“Nós temos um papel de garantir o livre exercício do voto. Temos uma equipe competente e temos respondido dentro do normativo constitucional. Vamos garantir a transparência dos atos da Justiça Eleitoral. Assim será todo o processo. Podem sair daqui tranquilos. A Justiça Eleitoral, ao ser provocada, dará resposta a contento . É um espaço democrático, e a vontade soberana do povo será respeitada”, destacou a presidente do TRE, desembargadora Ângela Salazar.

Foto: Magno Romero

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo