POLÍTICA

Vice-prefeito de Santa Inês sai do PT e está fora de qualquer disputa eleitoral em 2016

COMPARTILHE

Um mês após o desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), Raimundo Melo, extinguir Mandado de Segurança impetrado pelo vice-prefeito de Santa Inês, pedindo o afastamento do prefeito Ribamar Alves, Dino do PT divulga nota ao público em que afirma entre outras coisas, está fora da disputa eleitoral de 2016, e que participará da política apenas como eleitor e sem filiação partidária. Dino diz ainda ter cancelado todas as procurações que tinha junto aos advogados e que portanto hoje não existe nenhum advogado autorizado a ingressar com qualquer ação contra o município ou contra o prefeito Ribamar Alves. Confira a Nota Abaixo.

 

BOM DIA MEUS AMIGOS!

Quero neste momento colocar a público o acontecimento político ocorrido a partir do dia 29/01 com a prisão do prefeito de Santa Inês Ribamar Alves. 

Quando soube da sua prisão procurei orientação jurídica do que poderia acontecer, embora sabendo que teria de ser obedecida a Lei Orgânica do município. Após orientação procurei o Presidente da Câmara vereador Orlando Mendes e o desenrolar disso todos já sabem, o vereador errou na sua decisão e a justiça anulou seu ato e determinou a nossa posse.

Após a soltura do Ribamar e o seu retorno ao comando do município os advogados que estavam nos assessorando nos garantiam que retornaríamos ao comando do município em menos de dez dias o que não aconteceu.

Com a cabeça mais fria fiz uma análise de todo o ocorrido e o que poderia acontecer, então tomei a decisão de cancelar todas as procurações com os advogados, primeiramente com os advogados que estavam diretamente nos assistindo junto ao TJMA Dr Carlos Luna e Fred Campos (Escritório Maranhão Advogados) pois não tínhamos como fazer grandes coisas administrativamente pelo município nesse curto período que resta desse mandato.

Esta decisão é por quê não me interessa cargo e poder, mas fazer algo pelo povo e isto vi que não seria possível, outra coisa (que inclusive falei em minhas entrevistas) não me interessa briga jurídica, pois quem perde é a população.

Resumindo: hoje não tenho nenhum advogado autorizado a ingressar com nada contra o município ou contra o prefeito Ribamar Alves. Decidi também que estou definitivamente fora de disputa por qualquer cargo público, participarei da política como eleitor sem filiação partidária (após final do meu mandato de vice-prefeito).

Serei sempre um defensor do Povo e Lutarei pelas políticas públicas para os menos favorecidos, não aceitarei que gestores públicos desviem recursos destinados ao povo pra seus interesses próprios, denunciarei quantas vezes for possível.

Agradeço a todos pelo apoio recebido sei que uma grande maioria da população do nosso município desejava que concluíssemos esse mandato como gestor.

Deus faz tudo certo nós é que ás vezes não entendemos, agradeço a Deus por tudo e peço desculpas por minhas falhas.

 

Deus seja louvado e abençoe a todos nós.

POR ABIMAEL COSTA

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar