NOTÍCIAS

Vereador Amando Costa participa da Mobilização Contra o Mosquito Aedes Aegypti

O vereador Amando Costa (PSDC), o Vereador Comunitário, participou na manhã deste sábado (13), da Mobilização Contra o Mosquito Aedes Aegypti. O evento é nacional e é realizado pelos Ministérios da Saúde e da Defesa com o objetivo de combater o principal transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus. Em São Luís, a mobilização foi realizada no bairro São Francisco. Também participaram do ato, o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner; o governador do Estado; o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT); deputados federais e estaduais; secretários de Estado; vereadores, entre outras autoridades e membros da sociedade civil.

Para Amando Costa, essa mobilização nacional é o ponto de partida para a vitória da guerra contra Aedes Aegypti. Segundo ele, a população de São Luís já vestiu a camisa na luta contra a proliferação do mosquito.

No Maranhão, a mobilização é liderada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), juntamente com as Forças Armadas, Secretaria Municipal de Saúde de São Luís (Semus), Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e demais instituições que integram o Comitê Interinstitucional de Combate ao mosquito no Estado.

Os moradores do São Francisco receberam durante toda a manhã de hoje (13), orientação sobre como proceder para manter o local livre dos criadouros do Aedes Aegypti. De acordo com Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypti (LIRA), o São Francisco é considerado de alto risco de infestação do mosquito

“Essa localidade, assim como toda ilha de São Luís, faz parte da nossa área de atuação. Com o empenho dos moradores vamos diminuir número de criadouros e consequentemente reduzir os casos de Dengue, Chikungunya e Zika Vírus no nosso estado”, destacou o Vereador Comunitário.

Vale ressaltar, que o vereador Armando Costa é autor do Projeto de Lei nº 237/2011, recentemente adotado pelo Executivo Estadual, que objetiva sanar uma epidemia das doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti. Trata-se do “Disque Dengue”, um serviço de denúncias feitas por telefone, no qual a população pode informar quando houver situações que levem aos riscos de contaminação.

TEXTO: Tarcísio Brandão

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo