casa » EDUCAÇÃO » UFMA de Pinheiro divulga nota sobre adiamento de aulas

UFMA de Pinheiro divulga nota sobre adiamento de aulas

COMPARTILHE

Prezados professores e alunos, segue abaixo nota emitida pelo Centro de Pinheiro sobre o adiamento das aulas.

 

NOTA SOBRE ADIAMENTO DO INÍCIO DAS AULAS.

 

Em reunião extraordinária ocorrida no dia 14 de março de 2017 com início às 13h25min, na presença de todos os Conselheiros do Centro e representantes de todas as categorias Acadêmicas do Centro de Pinheiro, foi discutida a pauta de apreciação e aprovação das reivindicações de melhoria do Centro para o início do Semestre 2017.1.

A reunião foi conduzida de modo que garantisse a participação de quem quisesse deliberar sobre o fato, podendo chegar ao consenso da decisão mais acertada para o momento.

Após a explanação, foram apontados muitos problemas estruturais e administrativos, como falta de iluminação na área externa, e isto, somado à falta de vigilantes e de um policiamento efetivo, contribui para a vulnerabilidade das pessoas que transitam no Centro, principalmente as que necessitam utilizar os espaços da Universidade no período noturno. Também foram mencionadas as obras paralisadas, como a da quadra poliesportiva, a do prédio usado pelo curso de Engenharia de Pesca e a do prédio da Saúde. Ainda, a biblioteca foi pontuada por não possuir uma estrutura física que atenda à demanda do Centro, bem como por apresentar uma carência na quantidade de profissional bibliotecário: no momento apenas um faz o atendimento, portanto o quantitativo não é condizente com a realidade, tendo em vista o funcionamento dos cursos nos turnos matutino, vespertino e noturno.

Vale ressaltar que a Prefeitura de Campus esteve no Centro de Pinheiro nessa mesma data, antes da reunião, e garantiu que em 15 dias entrega o prédio da saúde concluído, bem como a iluminação externa.

Diante de tantos problemas apresentados, o Conselho de Centro votou por adiar o início das aulas até que algumas questões estruturais sejam solucionadas. Por fim, foi decidido que nenhum servidor público poderá se ausentar do Centro, pois o adiamento do início das aulas não se caracteriza como Greve ou Paralisação, mas como um movimento em defesa do Centro de Pinheiro e de melhores condições de trabalho, garantindo uma qualidade do ensino e do serviço público prestado.

Atenciosamente;

Prof. Dr. Rickley Leandro Marques

Diretor do CCHNST- UFMA Pinheiro

   Portaria GR nº 301/2016 – GR

     Matricula SIAPE 1525392

Sobre João Filho

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Câmara aprova projeto que amplia horário dos postos da bilhetagem eletrônica em São Luís

De autoria do vereador Raimundo Penha (PDT), o projeto de lei nº 155/17 já foi ...

Prêmio Estácio de Jornalismo distribui R$ 125 mil reais

Inscrições vão até 5 de julho Ainda há tempo para jornalistas de todo o Brasil ...

Curso do seu Sonho na Faculdade Estácio São Luís

Um sonho cada vez mais real e possível. É assim que o acesso ao ensino ...

Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Maranhão divulga nota sobre a suspensão das aulas durante greve dos caminhoneiros

O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Maranhão (SINEPE/MA) comunica que a decisão ...

Aprovada MP que reajusta vencimentos de servidores estaduais da Educação Básica

O Plenário da Assembleia Legislativa aprovou, na sessão desta quarta-feira (16), a Medida Provisória 272/2018, ...