NOTÍCIAS

TV Difusora Futebol Clube recebe quase metade do patrocínio do Campeonato Maranhense 2018

A TV Difusora Futebol Clube que em 2017 foi o único time que não entrou em campo no Campeonato Maranhense, embolsou de cota de patrocínio R$ 900 mil reais. Este ano a fatia foi menor, mas ainda sim vai embolsar aproximadamente meio milhão de reais, segundo fontes ligadas à Federação de Futebol Maranhense. Em qualquer lugar do mundo, qualquer canal de televisão que quiser transmitir o futebol, precisa para aos clubes o direito de transmissão. No Maranhão é bem diferente, o governador que paga a TV para transmitir.

O governador Flávio Dino entregou, na manhã desta quarta-feira (14), os certificados de apoio aos clubes que disputam o Campeonato Maranhense de Futebol 2018. A iniciativa faz parte da campanha ‘Futebol Maranhense Pela Paz’, em parceria com Instituto Maranhense de Futebol (IMF) e a Companhia Energética do Maranhão (Cemar).

Por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), em parceria com a Cemar, destinou R$ 1,5 milhão em apoio a oito equipes inscritas no Campeonato Maranhense. Só que metade foi parar na Camboa. Enquanto as emissoras tradicionais de rádio que transmitem futebol no Maranhão estão vendendo almoço para comprar janta, a tv difusora por pertencer ao deputado Weverton Rocha (PDT), abocanhou uma bolada do patrocínio.

“Nós apoiamos o futebol maranhense com muita convicção. Quando assumi o governo, fui desafiado a apoiar o futebol e esse desafio deu certo. Todos os anos nós ajudamos, claro que os clubes precisam de mais, mas é uma ajuda que damos todos os anos para possibilitar que o campeonato maranhense se realize”, afirmou o governador Flávio Dino, que chama de ajuda para não classificar de esmola.

Desse montante, R$ 795 mil será para os clubes. O restante R$ 705 mil será dividido entre a TV Difusora e uma produtora encarregada nas transmissões dos jogos e outras despesas, dentre elas R$ 90 mil para quem elaborou o projeto, R$ 20 mil para contabilidade e 3% para o Fundo Estadual de Esporte que corresponde a R$ 45 mil.

O presidente da FMF, Antônio Américo não soube informar os valores da TV Difusora e da produtora. Ele fez questão de adiantar que a FMF não receberá um centavo desse recurso. Será?. Antes do campeonato iniciar Antônio Américo tinha um discurso sobre as transmissões. Só que o que ele fala em pé não confirma sentado.

Mesmo eliminado na metade do campeonato, o Sampaio receberá a maior parte R$ 150 mil. O Moto terá cota de R$ 120. Maranhão, Cordino e Imperatriz receberão cada R$ 115 mil e São José, Bacabal e Santa Quitéria R$ 60 mil. Resumindo, a produtora vai ganhar mais que os clubes. Mas como é o nome dessa misteriosa produtora?

Foto: Karlos Geromy

Texto: Zeca Soares

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo