NOTÍCIAS

Troca-troca no Partido Democrático Trabalhista (PDT)

Após anunciar a filiação do deputado estadual Ricardo Rios, o Partido Democrático Trabalhista (PDT), recebe a notícia da saída da ex-subsecretária de Saúde do Estado, Rosângela Curado, que foi presa pela Polícia Federal na Operação Pegadores (5ª fase da Sermão aos Peixes) em novembro do ano passado. O anúncio da saída de Curado foi feito por ela durante entrevista nesta sexta-feira (2) ao programa ‘Ponto e Vírgula’ da Difusora 94,3 FM.

Apesar do desembarque do PDT – por conta da forte chapa da sigla para estadual com nomes como Cleide Coutinho, Ricardo Rios, Glaubert Cutrim, Rafael Leitoa, Fábio Macedo e Valéria Macedo – Rosângela disse que isso não significa ruptura e que continuará apoiando o governador Flávio Dino e o deputado Weverton Rocha.

Curado afirmou ainda que deve ser candidata a deputada estadual em uma possível parceria com o ex-prefeito de Imperatriz Ildon Marques. É bom lembrar que Curado ainda chegou assumir a vaga de deputada na licença de Weverton, para tentar crescer politicamente em Imperatriz, mas não conseguiu evitar a derrota em 2016. Um ano após a derrota nas urnas, ela foi presa pela Polícia Federal em um suposto desvio de verba pública.

Com Informações (John Cutrim)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo