POLÍTICA

Se Edivaldo Jr perder a eleição, o sinal amarelo de 2018 começa a piscar na testa dos Leões

POR ED WILSONO governador Flávio Dino (PCdoB) finalmente veio a público fazer declaração de voto no prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT), candidato à reeleição.

A parceria entre comunistas e pedetistas já estava firmada na chapa – Julio Pinheiro (PCdoB) é o vice – e nas parcerias entre o governo e a prefeitura.

Com as duas máquinas tocando obras na reta final da campanha, o prefeito tem a obrigação de ganhar; porém, a disputa está acirrada.

Flávio Dino ainda não havia se manifestado porque uma eventual derrota do prefeito será debitada na conta política do Palácio dos Leões.

O vídeo de Flávio Dino em apoio ao pedetista tem duas sinalizações:

1) O governo tem pesquisas seguras que dão a vitória a Edivaldo Junior;

2) A batalha está quase perdida e o governador teve de encarar o tudo ou nada, inclusive o desgaste de uma eventual derrota.

Diante do cenário de empate, o apoio pessoal de Flávio Dino é a última cartada na campanha de Edivaldo Junior.

Sintomático também que o governador tenha divulgado o vídeo três dias antes do debate da TV Mirante (sexta-feira 28), a tempo de colher os frutos da investida midiática no prefeito.

A eleição mais disputada em São Luís desde 1989, quando o PDT tomou o poder na capital, não poderia passar sem o posicionamento do governador comunista.

Faltava a declaração de voto de Flávio Dino.

Se o prefeito perder a eleição, o sinal amarelo de 2018 começa a piscar na testa dos Leões.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo