POLÍTICA

Rodoviária de R$2,5 milhões em Pinheiro

Matéria do Blog do Clodoaldo Correa

FILUCA

As obras do terminal rodoviário de Pinheiro, na baixada maranhense demonstram como eram feitos os convênios do governo do Maranhão na gestão anterior. A obra, orçada em R$2,5 milhões de reais, fruto de convênio da secretaria de Cidades, que tinha como gestor o hoje deputado federal eleito Hildo Rocha, e a prefeitura do município, está com graves rachaduras, e causando sério risco a quem passa pelo local.

P1 P2FILUCA

Segundo fontes da região, o terminal rodoviário estava sendo construído em uma área de alagamento, um lugar inapropriado para uma construção. O convênio foi assinado em novembro de 2013 e a previsão inicial de entrega do terminal rodoviário era já no primeiro semestre de 2014. O prazo seria de 180 dias. Com isso, já se passaram mais de 400 dias.

FILUCAP3 P4

Na assinatura do convênio, o secretário das Cidades, Hildo Rocha, o prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes e o deputado Victor Mendes (PV), já que a “obra” também é fruto de suas emendas parlamentares. Vale lembrar que Victor é filho do prefeito Filuca Mendes, aliado de primeira classe da família Sarney.

A “rodoviária” mostra como foram feitas as obras de convênios eleitoreiros no governo Roseana Sarney. Um total desperdício de dinheiro público, já que não será de forma alguma possível dar continuidade à obra no local inadequado.

 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo