POLÍTICA

“Quero administrar São Luís olhando o próximo”, afirma Rubens Júnior

Em entrevista neste sábado, o prefeiturável do PCdoB fala de sua experiência como gestor

Deputado federal licenciado e ex-secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior, pré-candidato do PCdoB à Prefeitura de São Luís, é um pisciano nascido no dia 14 de marco de 1984. Aos 36 anos de idade, dos quais 14 deles no exercício de cargo eletivo, a condição de legislador dispensa comentários e a de gestor iremos esmiuçar, a fim de mostrar as qualidades que fazem de Rubens o mais bem preparado, tecnicamente, para assumir o comando do Palácio de La Ravardiere, a partir de 01 de janeiro de 2021.

Com 22 anos foi eleito pela primeira vez para o cargo de deputado estadual e, aos 24, por conta de o notável saber jurídico, Rubens presidiu a comissão mais importante no Poder Legislativo estadual: Constituição e Justiça. Na Câmara dos Deputados o caminho ladrilhado foi semelhante e, além de líder de bancada, também foi escolhido como membro titular da CCJ, feito até então alçado por pouquíssimos maranhenses.

Há pouco mais de um ano, visando voos até então desconhecidos, deu início a uma caminhada tortuosa e desafiadora: gerenciar a coisa pública tendo como escopo o bem estar da coletividade. De cara, ao assumir o comando da Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Humano– SECID – Rubens constatou o que é pujante nas pessoas nascidas no signo de peixes: que a busca da harmonia do universo e do bem comum de maneira coletiva, seria possível, exatamente, na condição de gestor.

A partir de então, brotou neste ludovicense, nascido no bairro da Madre de Deus, o desejo de administrar São Luís. O aprendizado adquirido em uma gestão de qualidade frente à SECID, já evidencia a forma responsável e compromissada com que o pré-candidato trata a coisa pública.

“Na Secid, percebi que a vontade de fazer, além de pensar no próximo como em nós mesmos, são as duas principais características para o sucesso de um bom gestor”, definiu.

AVANÇOS NA SECID

O jovem socialista tomou posse em fevereiro de 2019 e, desde então, os avanços na gestão foram visíveis. Além de dar continuidade no que já estava sendo desenvolvido, outros inúmeros projetos foram implantados, há exemplo dos programas Nosso Centro, Secid Inteligente e Somos Amigos das Cidades. Já os Programas de Regularização Fundiária e Nosso Cheque sofreu uma ampliação significativa.

“Não existe essa conversa de acabar aquilo que está dando certo. Como ser humano, o gestor precisa não apenas reconhecer, mas, acima de tudo, continuar o que está dando certo, razão pela qual mantive todos os programas idealizados pela gestão anterior. Não acredito que o “eu” se sobreponha ao “nós”. O ego pessoal jamais poderá ignorar o benefício proporcionado por uma ação, independente de quem tenha idealizado”, enfatizou Rubens.

PROGRAMA NOSSO CENTRO

Idealizado e implantado por Rubens Jr, o programa Nosso Centro tem por objetivo tornar o Centro Histórico referência em renovação e desenvolvimento sustentável, preservando seu valor histórico e cultural ao mesmo tempo em que promove o Centro da cidade como espaço democrático.

Para Rubens o adote um casarão foi uma escola. Ao lado da equipe, o ex- secretário relembra com saudosismo o passo a passo na construção do projeto, que teve como parâmetro não apenas o acervo arquitetônico, mas, também, as pessoas e o calor humano.

“Nosso foco foi a identificação e interligação de polos vocacionais na região central; a redução dos vazios urbanos, com o aproveitamento da infraestrutura e dos espaços e edificações ociosos, públicos e privados; o fomento à atratividade dos polos por meio do incentivo à habitação, ao comércio e às atividades culturais, como pilares para a sustentabilidade da área; a captação de investimentos de diferentes setores para a recuperação e uso do patrimônio cultural edificado e do patrimônio cultural imaterial, articulando recursos federais, estaduais, municipais, nacionais ou estrangeiros, bem como os da iniciativa privada; entre outros”, relembra.

SOMOS AMIGOS DAS CIDADES

Esse foi outro projeto lançado ainda sobre o comando do ex-secretário, visando valorizar e reconhecer entes da sociedade civil, organizada ou não, pessoas físicas ou jurídicas, de direito público ou privado, que promovam ações de relevância social, relacionadas à atuação da pasta.

Quando assumiu o órgão, Rubens intensificou a política pública voltada para garantir os direitos fundamentais de pessoas em situação de vulnerabilidade social, além de projetos direcionados ao desenvolvimento socioeconômico das cidades e das pessoas.

“São cidadãos e cidadãs comuns, líderes comunitários, presidentes de associações, empresários, etc. Eles formam uma gama de indivíduos, seja organizados ou agindo individualmente, que merecem grande reconhecimento pelas suas ações, de forma a valorizar não só as pessoas, mas sobretudo as atitudes positivas para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa. Nesse sentido, buscamos a valorização de práticas sociais de relevância pública desenvolvidas por cidadãos e cidadãs maranhenses, por meio do Prêmio Somos Amigos das Cidades”, defende Rubens.

Ele concluiu ressaltando, “que a mudança depende de todos e nasce em ações cotidianas. Uma cidade melhor para todos que vivem é uma construção coletiva e diária”.

 SECID INTELIGENTE

Lançado em dezembro de 2019, outro projeto implantando na gestão de Rubens frente da pasta foi o “Secid Inteligente”, que tem como objetivo tornar a Secid, dentre os órgãos do Governo do Maranhão, referência no uso do conhecimento, da tecnologia e da inovação na promoção da eficiência, na resolução de problemas e na promoção de um ambiente sustentável e inclusivo para seus servidores e para a sociedade como um todo.

Mestre em Direito Constitucional, Rubens evidenciou a importância do compromisso do gestor com a coisa pública, e no esforço integrado da equipe para garantir a economia de recursos públicos, evitando, assim, o desperdício.

“Para termos ideia da importância desse projeto, somente com serviços de Segurança e Vigilância Patrimonial, por exemplo, conseguimos uma economia de mais de 50%, mantendo a qualidade na prestação dos serviços. Também avançamos na redução de gastos com o serviço de locação de veículos, fornecimento de água, além da redução de custos de contratos, telefonia, dentre outros. Todos nós, enquanto cidadão, precisamos ter consciência de que cada centavo gasto ou economizado advém dos nossos tributos, por isso essa responsabilidade precisa ser concorrente, digo, envolver não apenas o gestor, mas, também, o servidor e o cidadão para que assim não haja desperdício do que é publico”, relatou.

 REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

O sonho da casa própria é o mais almejado pela maioria da população brasileira, não sendo diferente para o maranhense. Nos 14 meses que esteve à frente do órgão, Rubens conseguiu emitir 2.276 mil títulos de regularização fundiária, o que significa dizer que, por mês, mais de 162 famílias receberam a titularidade dos seus imóveis.

“Precisamos trabalhar de forma incansável para atender a legislação vigente, o que torna o processo um tanto burocrático, mas avançamos muito nessa matéria em todo o estado, em especial, na Grande São Luís. Além do que efetivamos em 2019, consegui deixar engatilhado para o meu sucessor, a entrega de outros 1.539 títulos, sendo 449 nos bairros da Cidade Olímpica, José Reinaldo Tavares e Sarney Costa em São Luís e outros 1.090 no município de Paço do Lumiar”, relatou.

MERCADO DA MACAÚBA

Após mais de quatro décadas, também na gestão de Rubens, mais de 60 feirantes foram beneficiados com a revitalização de boxes e espaços com bancadas, utilizadas para vendas de alimentos. Com uma área de 1.798.88 m², o espaço é considerado um lugar tradicional na localidade com vendas de frutas, verduras e hortifrutigranjeiros.

“Essa reforma foi geral, desde a troca do revestimento do piso, até reparos na cobertura. Também substituímos toda parte elétrica, hidráulica e sanitária. Saiu ganhando não apenas os comerciantes, mas, também, à população, que ganhou um espaço adequado e com mais comodidade na região central da capital maranhense”, narrou Rubens.

BATALHÃO TIRADENTES E CIT

Na Avenida IV Centenário, que liga a Alemanha ao bairro da Camboa, duas importantes intervenções foram idealizadas e executadas pela SECID sob o comando de Rubens: O Centro de Iniciação ao Trabalho(CIT) e o Batalhão Tiradentes da Polícia Militar do Maranhão, que deixou o local muito mais seguro.

Com modernas acomodações, o prédio do Batalhão Tiradentes possui auditório, alojamento para descanso, cozinha, refeitório e tem capacidade para abrigar 350 policiais, servindo de unidade de apoio ao policiamento da Região Metropolitana de São Luís.

Já o CIT, que integra o Plano de Urbanização da avenida, já está em pleno funcionamento e oferece aos moradores da área, cursos de qualificação, oficinas e treinamento em diversas áreas para jovens e adultos, sem custo algum, permitindo, assim, em uma área com altos indicies de criminalidade, inclusão social.

Reformas de espaços públicos, como a Praça do Viva Cidade Operária, também foi outro ponto em que a SECID avançou de maneira significativa. A Praça do Cohatrac, muito embora tenha sido concluída pelo sucessor, a ordem de serviço foi assinada por Rubens.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo