casa » POLÍTICA » Proposta do Deputado Gildenemyr isenta de IPI os veículos adquiridos por filantrópicas e igrejas

Proposta do Deputado Gildenemyr isenta de IPI os veículos adquiridos por filantrópicas e igrejas

COMPARTILHE

A Câmara analisa o Projeto de Lei 3052/19 , que concede a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) os veículos adquiridos por entidades assistenciais e instituições religiosas.

De autoria do deputado Gildernemyr (PL-MA), essas entidades poderão usar o benefício uma vez a cada cinco anos. Se houver a venda do automóvel até três anos após a compra, o IPI deverá ser recolhido.

A proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados. “Para atender a população local, é nítida a necessidade de veículos para transportar voluntários, alimentos, cestas básicas, colchões, móveis e crianças”, disse o autor.

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Sobre João Filho

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Pré-candidatura de Rubens Jr ganha musculatura para o 2º turno com o apoio de Eliziane Gama

Com a adesão do Cidadania, partido comandado no Maranhão pelo administrador Eliel Pereira Gama, irmão ...

Senadora Eliziane Gama oficializa apoio do Cidadania a pré-candidatura de Rubens Júnior

O Cidadania, partido comandado no Maranhão pelo administrador Eliel Pereira Gama, irmão da senadora Eliziane ...

Eleições 2020: Cidadania da senadora Eliziane Gama confirma apoio a Rubens Jr

A pré-candidatura de Rubens Júnior (PCdoB) para concorrer ao cargo de prefeito de São Luís ...

Vereadora Fátima Araújo participa de Audiência Pública entre representantes do Residencial Santos Dumont e Caema

Acompanhada de representantes do bairro Residencial Santos Dumont, a vereadora de São Luís, Fátima Araújo ...

Ildon Marques deve ficar inelegível para 2020

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou, no mês de maio, decisão do Tribunal Regional do ...