BEQUIMÃO

Prefeitura de Bequimão e AGERP dialogam com moradores no povoado Centrinho/Santana

O encontro serviu dialogar moradores do Assentamento Padre Paulo sobre programas Fomento e Fomento Mulher

A Prefeitura de Bequimão, em parceria com a AGERP realizou, nesta terça-feira (22), a reunião de apresentação dos projetos Fomento e Fomento Mulher, executados com recursos do Governo Federal através do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA, aos moradores do Projeto de Assentamento Padre Paulo, em Bequimão.

“Hoje, além da oportunidade de trazer essa boa notícia sobre a execução destes projetos, estamos tirando dúvidas dos moradores das comunidades que fazem parte do assentamento sobre como proceder na hora de requerer esse benefício”, explicou o prefeito João Martins.

Os programas têm como objetivo ampliar e diversificar a produção de alimentos e as atividades geradoras de renda, contribuindo para a melhoria da segurança alimentar e para a superação da situação de vulnerabilidade enfrentada por essas pessoas.

Segundo o secretário de Cidadania e Participação Popular, Edmilson Pinheiro, um total de 230 famílias e 138 mulheres de Bequimão estão aptas a receber recursos dos programas Fomento e Fomento Mulher, que juntos podem somar mais de R$ 2 milhões.

“Entramos em contato com a Associação de Moradores do PA Padre Paulo justamente para explicar como funciona, quem tem direito, quem vai acompanhá-los, quais são as etapas, cronograma, elaboração e análise dos projetos, entre outras questões”, detalha Pinheiro.

No Fomento, famílias podem receber até R$ 6,4 mil para viabilizar projetos produtivos de promoção da segurança alimentar e nutricional e de estímulo à geração de trabalho e renda. O valor pode ser dividido em duas operações de até R$ 3,2 mil por família assentada.

Já as beneficiárias contempladas pelo Fomento Mulher podem receber o valor de R$5 mil para implantar projeto produtivo sob responsabilidade da mulher titular do lote. O valor é repassado em operação única, por família assentada.

A execução dos programas Fomento e Fomento Mulher é resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Bequimão, Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (AGERP) e Governo Federal, via Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA).

Para o Vereador Professor Ivaldo, representante da região no poder legislativo, a possibilidade da chegada desse crédito representa a chance de novos dias para muitos moradores daquela região. “Eu vivo aqui nessa região, conheço os desafios e as dificuldades que todos os produtores enfrentam, com a chegada desses projetos existe a possibilidade de uma transformação de vida das famílias que poderão acessar o crédito. Está de parabéns a prefeitura, a AGERP, o INCRA e todos os envolvidos no processo” ressaltou o parlamentar.

No município, a previsão é que sejam contemplados com o acesso ao crédito moradores da Floresta, Santana, Centrinho de Santana, Santa Vitória e Balandro. A contrapartida a ser realizada pelos produtores é de somente 20% do total investido pelo Governo Federal nos projetos.

Tratativas

A Prefeitura de Bequimão iniciou as discussões sobre a execução dos programas junto à Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural no último dia 15, na sede administrativa do município.

O prefeito João Martins esteve presente, acompanhado do vice-prefeito Magal e do chefe da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Pinheiro (Agerp), Rodrigo Belloti.

Também participaram da reunião servidores da Agerp em Pinheiro e os secretários municipais Creuber Pereira (Desenvolvimento Rural), Josmael Castro (Assistência Social) e Edmilson Pinheiro, (Cidadania e Participação Popular).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo