BEQUIMÃO

Prefeitura de Bequimão amplia serviços de saúde no combate a Covid-19

A meta da Secretaria Municipal de Saúde é reduzir casos de Covid no município

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), tem travado uma verdadeira luta para reduzir o número de casos da covid-19 e evitar novas infecções pelo vírus que já fez 29 vítimas fatais no município, 623 mil no país e 5,6 milhões no mundo, segundo o Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas da Universidade Johns HopKins.

“Hoje no nosso município contamos com uma ampla rede de proteção à nossa população. Diversas ações de saúde, prevenção e combate à pandemia estão sendo realizadas de maneira simultânea, para garantir a segurança dos bequimãoenses. Tratamos com respeito a vida de cada um dos nossos cidadãos. E o que temos pedido é apenas bastante cautela por parte da nossa população, para que todo o nosso esforço não seja em vão”, afirmou o prefeito João Martins.

As ações às quais o prefeito de Bequimão se refere são a ampliação da testagem, intensificação da campanha de vacinação contra a covid-19 e assistência em saúde continuada oferecida pelo município à população. Em Bequimão, quem testa positivo para a doença é imediatamente orientado pelos profissionais de saúde a se isolar e iniciar o tratamento domiciliar, caso apresente sintomas leves.

Equipes de monitoramento volante, compostas de profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) e do Núcleo de Ampliado de Saúde da Família (NASF), são responsáveis por percorrer cada recanto do município, levando medicamentos e serviços de saúde como aferição da pressão arterial, testes de glicemia, análise dos níveis de saturação, frequência cardíaca e testes rápidos para a Covid-19.

Médicos, enfermeiros, biomédicos, agentes comunitários de saúde, técnicos de enfermagem, dentistas, técnicos em saúde bucal, psicólogos, motoristas e assistentes administrativos são alguns dos profissionais empenhados nessa luta, que já dura mais de dois anos. Um trabalho que não para por aqui.

Testagem em massa

O serviço foi intensificado pela Vigilância em Saúde e oferecido à população em plena região central da cidade, durante uma semana. O objetivo foi garantir a identificação precoce dos casos da covid-19, para evitar que novas pessoas fossem acometidas pela doença. O reforço teve o intuito de desafogar a procura pelos testes no Centro de Saúde Santo Antônio, que oferece o atendimento de maneira gratuita e contínua todas as terças, quartas e quintas, entre 8h e 12h.

O trabalho tem sido possível graças a parceria firme entre a Prefeitura de Bequimão e o Governo do Maranhão, que, somente na última remessa, forneceu ao município dois mil testes por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Segundo a Vigilância em Saúde, até o último dia 22, já haviam sido realizados mais de 800, sendo 646 durante o Mutirão de Testagem da Praça 2 de Novembro e 164 no Centro de Saúde Santo Antônio. Nos dois locais, foi possível identificar 219 pessoas que estavam circulando pelo município com o vírus. Todas foram imediatamente encaminhadas para tratamento.

Mais leitos

Quem apresenta sintomas mais acentuados da covid-19, por sua vez, conta com o atendimento 24 horas do Hospital Municipal Lídia Martins. A manutenção do atendimento na unidade foi uma das primeiras garantias do prefeito João Martins, assim que assumiu a administração em Bequimão. Na pandemia, o Hospital Municipal ampliou em 43% o número de leitos destinados exclusivamente à internação por Covid-19. Com a abertura de três novas vagas, subiu para dez a quantidade de leitos reservados ao tratamento de pacientes acometidos pela doença. Somado a ampliação dos leitos, o Hospital Municipal Lídia Martins já contabiliza 517 atendimentos a pacientes com sintomas gripais somente neste ano.

“Estamos atuando na prevenção e no combate direto à covid-19. E o que a nossa população testemunha é a entrega total dos nossos profissionais de saúde em forma de cuidado, oferecendo atendimento de qualidade, um dos compromissos da gestão do prefeito João Martins junto ao bequimãoenses. Os desafios são inúmeros e, para superá-los, precisamos continuar contando com a ajuda de todos. Prudência e muita cautela é o que pedimos neste momento em que nos deparamos com o crescimento dos casos de Covid. Com o avanço da campanha de vacinação, seguimos depositando nossa esperança em dias melhores para toda a nossa população”, frisou a secretária municipal de Saúde, Ramone Araújo.

Vacinação avançando

A Prefeitura de Bequimão também intensificou a campanha de vacinação, como mostra o Painel da Covid-19 no Maranhão. Até esta segunda-feira (24), o município já havia imunizado 65,30% de sua população, conforme consta na plataforma do Governo do Estado que monitora a situação epidemiológica dos municípios maranhenses.

De acordo com a coordenadora de imunização do município, Ana Karla Martins, Bequimão recebeu desde o início da campanha de vacinação 28.567 doses da Coronavac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen. Ao todo, 27.147 delas já foram aplicadas, o que corresponde a 95,03% dos imunizantes entregues pela Regional de Saúde ao município.

Criançada imunizada

Além dos 17.275 bequimãoenses acima de 12 anos já imunizados, a campanha de vacinação contra a covid-19 também passou a atender crianças este mês. Os pequenos estão recebendo doses da vacina pediátrica da Pfizer. Primeiro, a vacinação infantil foi direcionada a crianças de 5 a 11 anos com comorbidades, deficiência permanente e quilombolas, como é o caso do pequeno Ryan Vitor, nascido e residente na comunidade quilombola Ramal de Quindiua.

Com apenas sete anos de idade, o garoto deu um verdadeiro exemplo de coragem e amor à vida ao ser o primeiro integrante da nossa turminha a se vacinar contra a covid-19. Assim como ele, outras 36 crianças bequimãoenses foram levadas ao Centro de Saúde Santo Antônio por pais e/ou responsáveis, para receber o imunizante logo no primeiro dia de vacinação deste público.

Nesta segunda (24), mais uma ótima notícia para tranquilizar o coração de papais e mamães: a vacinação do público infantil foi ampliada logo no segundo dia de campanha voltada para as crianças bequimãoenses. Ontem e nesta terça-feira (25), os pequenos com 10 e 11 anos sem comorbidades já puderam ser vacinados no Centro de Saúde Santo Antônio. A imunização foi realizada nos períodos da manhã e da tarde, para atender o maior número de crianças possível.

Restrições retomadas

No último dia 13, o prefeito de Bequimão, João Martins, assinou um novo decreto suspendendo a realização de festas, shows e eventos em todo o território municipal. A medida visa conter o avanço da Covid-19.

Segundo o decreto, o uso de máscaras é obrigatório em ambientes abertos e fechados, como lojas, supermercados, farmácias, restaurantes, lanchonetes, padarias, igrejas e etc.

Boletim Epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Bequimão nesta segunda-feira (24), por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), revelou que 207 pessoas estão com o vírus ativo no município e seis estão com suspeita, o que coloca as autoridades de saúde em alerta.

Fiscalização continua

A fiscalização aos estabelecimentos comerciais e orientações dispensadas aos seus proprietários nunca pararam. É o que conta a diretora da Vigilância em Saúde, Thamisy Araújo. “As orientações continuam sendo feitas no período de 7h às 14h e das 14h às 17h. Nunca paramos. Por isso, pedimos que nossos comerciantes sigam todas as recomendações e também que a nossa população as respeite, usando a máscara e mantendo o distanciamento de outras pessoas. São atitudes aparentemente simples que podem nos ajudar a frear o crescimento dessa curva de contaminação pela Covid que estamos observando no nosso município”, afirmou.

Da mesma forma, denúncias sobre festas clandestinas podem continuar sendo encaminhadas às forças de segurança do município, por meio do telefone (98) 98298-8821, informa o secretário municipal de Segurança e Chefe da Guarda Municipal de Bequimão, Otoniel Gusmão.

“Pedimos que a nossa população, ao flagrar festas clandestinas ou qualquer tipo de evento que implique em aglomeração, entre em contato imediatamente com as nossas forças de segurança. Contamos com ajuda de todos para combater flagrantes de desrespeito ao decreto de prevenção e combate ao coronavírus vigente em nosso município”, reforçou o apelo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo