BEQUIMÃO

Prefeitura de Alcântara realiza Capacitação para cozinheiras da rede pública sobre manipulação de Alimentos

COMPARTILHE

A Prefeitura Municipal de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Educação, realizou nos dias 03 e 04 de agosto, a Capacitação para os Manipuladores de Alimentos na rede pública municipal. Além das merendeiras das 51 escolas da rede municipal de ensino, foram beneficiadas ainda, com a formação, profissionais da Saúde e Assistência Social.

Durante os dois dias de curso com carga horária de 16 horas, 70 profissionais foram capacitados na Unidade Integrada Presidente John Kennedy.  A capacitação foi ministrada pela nutricionista Loyane Coutinho de Santana, que destacou a importância desse tipo de curso.

”Este curso é para aguçar a criatividade das merendeiras, que muitas vezes acabam desperdiçando alimento, que não é caso das alcantarenses. Neste caso estamos ensinando a fazer tipos de pratos, até porque a merenda é igual para todas as escolas, a mesma marca e o mesmo tipo, e é aí que vem a criatividade da profissional na hora de fazer a alimentação. Estamos trabalhando a higienização e manipulação dos alimentos, evitando danos à saúde pública. Estamos trabalhando o tratamento do estudante, que melhora bastante a relação escola-aluno e servidores. O nível de conhecimento das profissionais é muito bom, estamos apenas lapidando” – disse a nutricionista.

Para a merendeira da escola municipal Vereador Joaquim Ribeiro, localizada na comunidade Peroba de Cima, o curso acrescenta muito no melhoramento do trabalho. “Estou aprendendo bastante, já tenho um certo conhecimento daquilo que está sendo discutido aqui, já havia trabalho em restaurantes de São Luís, mas aqui é outra realidade e precisamos nos adaptar.  Nossa responsabilidade aumenta ainda mais. Precisamos sempre está aprendendo, já que trabalhamos com alimento, base principal da saúde pública” – destacou Lília Maria Melo.

Outra beneficiada com a capacitação foi a servidora da Escola Rosita Serveira Marques, localizada no povoado Cujupe, região portuária de Alcântara. “Estou aprendo de tudo aqui, sobre manipulação de alimentos, cuidado com o lixo doméstico e tratamento dos alunos. É uma nova experiência e isso vai servir para o resto da vida” – disse Claudilene de Jesus Coelho.

Os temas debatidos e estudados durante o curso, são referentes ao trabalho prestado sobre a alimentação, tanto nas escolas, quanto no hospital e serviço de convivência. E como disse o Slogan do curso, “Cuidar da alimentação é investir na educação”, sem deixar de mostrar que a alimentação é o principal item da saúde. Todos os participantes receberam certificados de conclusão.

Módulo I

 Importância da alimentação escolar e da merendeira

 Responsabilidade da merendeira

 Noções sobre alimentação e nutrição

 Avaliação de aprendizado

Módulo II

 Perigos biológicos

 Perigos químicos

 Perigos químicos

 Doenças veiculadas por alimentos

 Avaliação de aprendizado

Módulo III

 Higiene e Preservação da saúde

 Reaproveitamentos dos alimentos

 Prática sobre técnicas de higienização e branqueamento

Módulo IV

 Controle de qualidade

 Armazenamento dos gêneros alimentícios

 Medidas para prevenção de acidentes de trabalho

 Relações Humana

 Prática de reaproveitamento de alimentos

Também participaram do evento foram os representantes do Conselho de Alimentação Escolar (CAE), Paulo Fernando Barbosa Ribeiro – Presidente, Célia Maria Garcia – Vice-Presidente e Eleodora Boas.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar