BEQUIMÃO

Prefeitos se unem e solicitam conclusão da Barragem de Maria Rita

Ofício solicitando obra ao Governo do Maranhão foi assinado por prefeitos de cinco municípios

Nesta sexta-feira (16), prefeitos de cinco municípios da Baixada Maranhense estiveram reunidos com representantes do Governo do Maranhão, na sede da Prefeitura de Bequimão. O encontro teve como objetivo viabilizar a conclusão da construção da Barragem de Maria Rita, que possui 12 km de extensão e vai ligar o município de Bequimão a São Bento.

Durante a reunião, os gestores municipais da região assinaram um documento conjunto, solicitando a construção dos seis quilômetros restantes da estrutura ao Estado e a manutenção dos seis quilômetros já construídos pela Prefeitura de Bequimão, com recursos próprios, na administração do ex-prefeito Zé Martins.

Além do prefeito de Bequimão, João Martins, assinaram o pedido o prefeito de Peri Mirim, Heliezer Soares; a prefeita de Bacurituba, Letícia de Sibá; e o vice-prefeito de Alcântara, Nivaldo Araújo, representando o prefeito Padre William. Dino Penha, prefeito de São Bento, justificou sua ausência, pois encontrava-se em agenda de trabalho, na capital maranhense. O gestor garantiu que também vai assinar o documento.

O ofício endereçado ao secretário de Estado da Agricultura Familiar, Rodrigo Lago, foi entregue ao seu secretário adjunto, Ivaldo Rodrigues. Nele, o Consórcio da Barragem de Maria Rita ressalta a importância da obra para cerca de dois mil agricultores que vivem da pesca, do plantio e da criação de animais na região.

Pleito antigo, a conclusão da Barragem de Maria Rita é defendida pelo prefeito João Martins desde os tempos em que esteve à frente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e, depois, à frente do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense.

Agora, na condição de prefeito de Bequimão, o gestor segue empreendendo esforços dentro do movimento de articulação entre os prefeitos da região e o Governo do Maranhão.

“Com a primeira etapa concluída, já observamos resultados positivos. A barragem permitiu que a água permanecesse por mais tempo nos campos e evitou a temida salinização. É evidente a importância dessa obra para a nossa região e para a subsistência de milhares de famílias, que retiram o seu sustento dos campos inundáveis”, destacou João Martins.

Também participaram da reunião que tratou da conclusão da construção da Barragem de Maria Rita, o vice-prefeito de Bequimão, Sidney Nogueira (Magal); o Secretário Adjunto de Radiodifusão do Estado e diretor geral da Rádio Timbira, Robson Paz; e o ex-vereador do município e articulador politico do Governo do Estado na região, Fredson Pereira.

Entrega de Alimentos

Após a reunião no Centro Administrativo Municipal, o prefeito João Martins convidou o secretário Ivaldo Rodrigues e toda a comitiva do Governo do Estado, para acompanhar a entrega de alimentos a famílias em situação de vulnerabilidade social, devido à pandemia do coronavírus, no povoado Marajá.

Em seguida, o secretário adjunto de Estado da Agricultura Familiar visitou o campo agrícola da comunidade quilombola. O local é um dos polos responsáveis por cultivar produtos adquiridos pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), desenvolvido pela Prefeitura de Bequimão, em parceria com o Governo do Maranhão e o Governo Federal, via recursos do Ministério da Cidadania.

Encantado com a grandiosidade do “Cinturão Verde”, Ivaldo Rodrigues se comprometeu em enviar equipamentos agrícolas e kits de irrigação ao município. O projeto é uma das estratégias da Prefeitura para promover a segurança alimentar em Bequimão.

“Fiz questão de visitar minha terra natal e constatar de perto as necessidades dos agricultores familiares. Fiquei muito feliz com o que vi na comunidade Marajá e não irei medir esforços para, junto ao Governo do Estado, conseguir recursos que possam garantir um melhor cultivo e escoamento da produção”, afirmou o secretário adjunto de Estado da Agricultura Familiar, Ivaldo Rodrigues.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo