BEQUIMÃO

Prefeito Zé Martins visita obra adiantada do estádio Vivaldão, que está sendo conduzida com segurança aos trabalhadores

Está adiantada a reforma e ampliação do Estádio Municipal Vivaldo Lemos Paixão (Vivaldão), em Bequimão. A obra tem sido conduzida com toda segurança aos trabalhadores, que utilizam máscaras e demais equipamentos de proteção individual. Neste sábado (30), o prefeito Zé Martins vistoriou os trabalhos da primeira etapa. Já se pode ver a estrutura básica das arquibancadas, um sonho antigo dos amantes de futebol do município.

O projeto prevê, ainda, a ampliação dos vestiários, a recuperação da iluminação, a reforma do alambrado e a implantação de uma pista de atletismo. O gramado será todo recuperado.

A obra no valor de R$ 452.026,82 (quatrocentos e cinquenta e dois mil, vinte e seis reais e oitenta e seis centavos) é fruto de uma emenda parlamentar do ex-deputado federal Victor Mendes, viabilizada por meio do Ministério dos Esportes. A Prefeitura de Bequimão também está investindo recursos, como contrapartida do convênio.

Com a recuperação da iluminação, o estádio Vivaldão terá condições para a realização de jogos no período noturno, o que amplia as possibilidades de uso desse espaço de lazer aos desportistas bequimãoenses.

“Desde 2013, estamos fazendo um trabalho constante de resgate do futebol em Bequimão. Nosso município sempre teve tradição nos campeonatos intermunicipais, revelando talentos do esporte, mas isso foi se perdendo. Conseguimos voltar a movimentar os campeonatos em todo o município, recuperamos algumas arenas nos povoado e, agora, vamos concretizar esse sonho de ter o Vivaldão com uma estrutura melhor para os atletas e para quem vem prestigiar os jogos”, destacou, orgulhoso, o prefeito Zé Martins.

O estádio municipal Vivaldão foi murado na gestão do ex-prefeito Vivaldo Lemos Paixão e inaugurado em 1992, último ano de sua gestão.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo