POLÍTICA

Prefeito sugere tratar coronavírus com aplicação de ozônio no FURICO

O chefe do executivo de Itajaí quer para administrar ozônio no FURICO de seu povo

COMPARTILHE

Prefeito do município de Itajaí, no interior catarinense, Volnei Morastoni (MDB), anunciou na terça-feira (4/8) ter inscrito a cidade na Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) para oferecer uma nova opção de tratamento para a população contra a Covid-19: a administração, pelo ânus, de ozônio. A novidade seria oferecida apenas a pessoas com resultado confirmado para o novo coronavírus. As informações são de Metropoles.

Provavelmente, vai ser uma aplicação via retal, uma aplicação ‘tranquilíssima’, ‘rapidíssima’, de dois minutos, num cateter fininho e isso dá um resultado excelente, afirmou o prefeito.

Morastoni, que é médico, informou que provavelmente seriam aplicadas 10 sessões da admissão de ozônio e que o tratamento seria oferecido somente a quem desejar

Atualmente, a prefeitura distribui ivermectina à população. O tratamento via retal com ozônio seria um complemento das opções já oferecidas pela administração que inclui, além do vermífugo, a azitromicina e cânfora.

O anúncio, feito por Morastoni na página do Facebook da prefeitura, foi excluído.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar