POLÍTICA

Prefeito Filuca denuncia esquema do Governo para abarrotar com 680 presos a Penitenciária da Baixada

O prefeito de Pinheiro Filuca Mendes (PMDB), se reuniu com representantes da justiça de Pinheiro e quer uma reunião com todos os seguimentos da segurança do município e da Região para denunciar um esquema do governador Flavio Dino que quer abarrotar de presos a penitenciária da Baixada.

Sem sequer estar terminada, com apenas um pavilhão funcionando, já existem mais de 150 presos. Só isso já foi motivo para um principio de Rebelião que teria acontecido e que fôra abafado pela Sejap. Disse o Vereador Beto de Ribão.

Sem acesso, a entrada da penitenciara é só lama e para se entrar, somente com carros tracionados. Disse Tiago Dias, que em visita a penitenciária teria ficado atolado com seu carro, se não fosse tracionado. Tiago também comprovou que não existe água potável, comunicação e coleta de lixo. E disse que a OAB tomaria as providencias e denunciaria o estado de abandono pelo governo do Maranhão da penitenciária da Baixada.

O governador segundo o prefeito Filuca estaria montando uma operação para trazer para Pinheiro, nada menos do que 680 presos, onde só caberia 306; quantidade limite da penitenciária. O esquema seria para esvaziar Pedrinhas, bater fotos e mostrar para órgãos nacionais e internacionais de que o problema de Pedrinhas estaria resolvido.

Tirar de São Luis e transferir o problema para o interior e transformar Pinheiro e baixada num inferno, seria a intenção do governador Flavio Dino. Como se sabe os indultos, já comprovam os maiores índices de violência no estado e com 680 presos, já no próximo mês, dia das maes 20% deles estriam nas ruas e como se comprovam pelos números da própria Sejap, que a maioria deles não voltam; o que transformaria Pinheiro, Santa Helena e a região num caldeirão de breu, disse o prefeito Filuca.

BLOG PAULINHO CASTRO

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo