POLÍCIA

Polícia coloca três ladrões no xilindró após assalto em Floresta-Bequimão

Quem acha que o interior ainda é um lugar bom de viver, está muito enganado. A tranquilidade da zona rural hoje já é coisa do passado. A migração de bandidos nas comunidades da zona rural do município de Bequimão mostra que a criminalidade só vem crescendo a cada dia no Maranhão.

FLOREST3

Na noite desta sexta feira (2) quatro ladrões tentaram assaltar o Comercial Ramal de Floresta, na comunidade Floresta, zona rural do município de Bequimão, que tem como proprietário o senhor Vicente França. Segundo relato da polícia, os bandidos chegaram por volta das 19:30h no comércio e anunciaram o assalto. Dois ladrões entraram no comércio e dois ficaram do lado de fora para dar cobertura.

FLORESt2

Após o assalto, os moradores da comunidade saíram em busca dos bandidos e conseguiram deter dois acusados que foram amarrados até a chegada da polícia no local. Os rapazes foram identificados como Aguinaldo Almeida, de 36 anos e Giovanilson Araujo, de 20 anos, todos moradores da região. Os “Malacos” foram presos pela guarnição do 10ºBPM da 4ª Companhia de Polícia sediada em Bequimão, comandada pelo Sargento Ramos e o soldado Paes. Os dois foram conduzidos para a delegacia onde foram tomadas as medidas cabíveis. Os outros dois integrantes escaparam da população.

FLOREST1

Já nesta manhã de sábado (3), um dos ladrões passou na maior cara de pau na porta do Comércio Ramal de Floresta, onde havia cometido o roubo na noite desta sexta (2), como se nada tivesse acontecido. A população se reuniu mais uma vez, e na volta o “Alma Sebosa” foi detido pelos moradores e amarrado também até a chegada da polícia. O indivíduo foi identificado como Carlos Thiago Ferreira Monteiro, conhecido por Cabra Magra, morador também da região. A prisão também foi feita pelo Sargento Ramos e Soldado Paes, que ao receberem a ligação sobre o caso, foram de imediato atender o chamado. O quarto elemento identificado apena pelo apelido de “Sibibinha” está sendo procurado pela polícia e pode ser preso a qualquer momento.

  • Dados enviados pelo Tenente Coronel Osmar, que tem contribuído muito com o jornalismo policial da baixada…

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo