NOTÍCIAS

Na briga de queda de braço, Roberto Rocha fica com o ninho e Flávio Dino com os tucanos

Não demorou muito tempo para a briga de queda de braço entre Flávio Dino X Roberto Rocha pelo Partido Socialista Democrático Brasileiro (PSDB) tivesse um final, que não agradou muito o senador. Na divisão de poder, o governador do Estado levou a melhor e ficou com os tucanos. Já para Roberto Rocha, sobrou apenas o ninho sujo. A debandada foi tão grande e pode ser ainda maior, mostrando que o senador não tinha muito carisma dentro do partido.

A articulação foi feita pelo deputado federal, Kléber Verde (PRB), que já havia emplacado um aliado no Iterma, dando a entender que estaria no mesmo palanque com o governador Flávio Dino em 2018. A oferta do Partido Republicano Brasileiro (PRB) ao Palácio dos Leões, tem peso de ouro. No pacote entrou o vice-governador Carlos Brandão, 23 prefeitos, incluindo Luís Fernando (prefeito de Ribamar), o ex-deputado federal e suplente de senador Pinto Itamaraty e diversas lideranças políticas que anunciam saída do PSDB, e irão se filiar ao PRB. O partido tucano passou a ser controlado no Maranhão pelo senador Roberto Rocha, desafeto do governador Flávio Dino, e que deve ser candidato ao governo em 2018.

O  anúncio foi feito por Carlos Brandão na noite desta quarta-feira (13), em sua página na rede social no Facebook. “Boa noite, amigos! Acabo de receber suplente de senador, deputados, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e diversas lideranças do PSDB. Juntos, definimos a nossa saída do partido. Juntos, devemos caminhar pelo bem do Maranhão. Anuncio oficialmente que em breve estarei filiado ao PRB”, anunciou o vice-governador.

Com  a ida de Brandão para o PRB, tudo indica que o vice-governador continuará na chapa encabeçada pelo governador Flávio Dino. Vale lembrar que ainda brigam pela vaga de vice, o PDT, PSB, PT, PR e DEM. Ainda restam alguns vereadores se manifestarem, como Gutemberg Araújo e Josué Pinheiro, que são do PSDB.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo