POLÍCIA

Insegurança total no MA – Cadê os “Direitos dos Manos”?

Dr. Luiz Alfredo Guterrez
Dr. Luiz Alfredo Guterres

A falta de segurança no Maranhão amedronta todos os moradores do Estado, principalmente quem mora na capital, São Luís. A onda de assalto cresce a cada dia e as pessoas já não sabem o que fazer para se livrarem desse mal. Ontem (08) por volta das 6h da manhã, uma estudante de Administração que morava no bairro Tibiri, foi assassinada no ponto de ônibus quando seguia para seu trabalho, no aeroporto Cunha Machado, no Tirirical.

Hoje (09) pela manhã foi a vez do médico cirurgião, Dr. Luiz Alfredo Guterres, diretor do Hospital Tarquínio Lopes, (Hospital Geral), ser assassinado na porta de sua casa, no bairro Turu, em São Luís. De acordo com as informações, Luiz Alfredo foi morto após reagir a uma tentativa de assalto.

De acordo com a polícia, dois homens em um carro Peugeot de cor cinza, anunciaram o assalto quando o médico chegava à casa localizada na Rua Santa Quitéria, no bairro Turu em São Luís. Neste momento a polícia trabalha na tentativa de prender os bandidos. Segundo o laudo, o médico foi morto com um tiro no pescoço após tentar proteger seu filho que estava na mira dos bandidos.

OPINIÃO:

Prender pra quê? Pra se juntar aos que já tem no presídio e ameaçarem o Estado, como fizeram no mês de Setembro, quando tocaram fogo em carros e só pararam quando conseguiram fazer um acordo com a segurança do Maranhão? Não dar nem pra chama-los de bandidos, afinal os verdadeiros bandidos são aqueles que fazem leis para se beneficiarem, e desacatam a justiça do Brasil. Em um país onde ladrão de dinheiro público ganha liberdade, pistoleiros vivem soltos, mandantes tem mordomias e laranjas pagam o pato, eu prefiro encerrar o texto e dizer…Só estamos assim, por causa de uns canalhas que abraçam os “Direitos dos Manos” e protegem bandidos. Eu duvido que vá alguém na casa da família da jovem no Tibiri ou até mesmo na residência do Dr. Alfredo, que muito salvou vidas, inclusive de pessoas de minha família.

No Brasil, polícia não pode atirar em bandido, mas ladrão pode matar polícia. Se um policial puxar uma arma para um bandido, “Os Direitos dos Manos” vão pra cima do policial com gosto de gás. Mas se um policial for morto, não aparece nenhum canalha dos “Direitos dos Manos”.

O velório de Luiz Alfredo, está acontecendo no Hospital PAM Diamante, localizado na Rua João Luiz S/N Diamante, Centro de São Luís.

Artigos relacionados

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo