casa » POLÍTICA » Incra-MA Integra 28 assentamentos à Reforma Agrária em 2013

Incra-MA Integra 28 assentamentos à Reforma Agrária em 2013

COMPARTILHE
Superintendente do Incra no Maranhão

Superintendente do Incra no Maranhão

A Superintendência Regional do INCRA no Maranhão deu início à elaboração do balanço da autarquia do ano de 2013. Entre as ações em destaque, estão 28 novos projetos de assentamento (PA) incorporados ao Programa Nacional de Reforma Agrária, com 2.702 famílias assentadas. Para o atendimento dessas famílias a autarquia criou 25 novos assentamentos e reconheceu mais 03 do governo do estado.

Com esse resultado, o Incra no Maranhão ficou em primeiro lugar no país em número de assentamentos criados,  ficando a  frente de três Regionais que empataram no segundo lugar, com 10 assentamentos criados. O Maranhão também foi o estado que mais assentou famílias em toda a Região Nordeste.

Os mais novos assentamentos foram criados no mês de dezembro, beneficiando 652 famílias de agricultores com a criação de 09 projetos de assentamento, num total de 17.439 hectares, que agora passam a ser utilizados para moradia e produção de alimentos. Entre esses assentamentos encontram-se os seguintes: no município de São Benedito do Rio Preto foram instalados os projetos “Olho D’Água dos Calixtos”, “Santa Emília”, “Santo Antônio/Capinal” e “Gomes/Vista Verde”. Em Coelho Neto foi criado o assentamento “Ubiracy Teles/Boa Esperança/São Braz/ Arrupiado” e em Arari, foi o PA “Picos Canarana II”, que tiveram suas Portarias publicadas no Diário Oficial da União do dia 20 de dezembro.

Supera meta

O superintendente regional do Incra no Maranhão, José Inácio Rodrigues, disse que os 28 novos assentamentos contribuíram em mais de 21% para o total de 132 PAs criados no país. Ele também citou o assentamento de 2.702 famílias em 2013, o que supera em mais de 20% a meta estabelecida para a Autarquia no Maranhão, que era de assentar 2.250 famílias de trabalhadores rurais. “Alcançamos o primeiro lugar no país em números de assentamentos criados e somos também a Superintendência que mais assentou famílias na Região Nordeste”, destacou José Inácio.

Também este ano o Incra-MA se imitiu na posse de 15 imóveis rurais, alcançando uma área com mais de 31 mil hectares para assentamento de trabalhadores rurais. “Soma-se a esses resultados a criação da Unidade Avançada do Incra no município de Zé Doca, que vai atender milhares de famílias de agricultores nas regiões maranhenses do Pindaré e Alto Turi/Gurupi”, informou o superintendente.

As famílias atendidas terão de se inscrever no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal para que possam ter acesso ao Bolsa Família, Brasil Carinhoso e a outros programas do governo. Elas também passarão a receber os benefícios do Programa Nacional de Reforma Agrária, além de energia elétrica, água, moradia pelo Programa Minha Casa Minha Vida, créditos agrícolas e assistência técnica para garantir a produção de alimentos nos assentamentos.

Sobre João Filho

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Vereadora Fátima Araújo faz alerta sobre deslizamento em São Luís

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB) fez cobranças ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior ...

Gildenemyr se reúne com gerente do INSS para debater a pesca no Maranhão

O deputado federal Gildenenmyr (PL/MA) participou, na manhã da última terça-feira, dia 28, de reunizão ...

“Tem qualidades para ser o próximo prefeito de São José de Ribamar”, diz advogada sobre Beto das Vilas

O presidente da Câmara Municipal de São José de Ribamar, Manoel Albertin Dias dos Santos, ...

Deputado Gildenemyr faz balanço da sua atividade parlamentar em 2019

Com um discurso de valorização dos princípios da família, o deputado federal Gildenemyr (PL), apresentou ...

Maranhense é eleita para Executiva Nacional do PT

A bacharela em Direito, Cricielle Muniz, foi eleita na última sexta (17) como membro da ...