NOTÍCIAS

Hospital Regional da Baixada ou Cemitério Público?

A partir do próximo dia 21 de janeiro, estarão suspensos todos os atendimentos ambulatoriais e cirúrgicos no Hospital Regional da Baixada Dr. Jackson Lago, inaugurado pelo governador Flávio Dino (PCdoB). A suspensão se deve à decisão do corpo clínico do hospital de cruzar os braços como forma de pressão junto ao Instituto Acqua pelo atraso no pagamento dos serviços prestados pelos médicos, obrigações estas previstas em contrato que não estão sendo observadas pelo Instituto e muito menos cumpridas.

A decisão foi comunicada oficialmente ao Instituto Acqua, responsável pelo pagamento dos médicos, através do documento abaixo. Os prestadores de serviço alegam quebra de contrato como justificativa para a medida, optando por cruzar os braços até que o impasse seja resolvido, certamente após meses de enrolação e conversa fiada. No documento, os médicos condicionam o retorno ao serviço à regularização das pendências financeiras – ou seja, ao pagamento dos atrasados.

E listam os serviços suspensos: cirurgias eletivas e consultas ambulatoriais, dando a garantia de manutenção dos serviços de urgência e emergência e o atendimento a pacientes internados. Na prática, a decisão dos médicos confirma o que já é de conhecimento público: o péssimo atendimento oferecido no hospital, resultado da falta de compromisso com a saúde do povo da Baixada, antes de tudo, mas também da mais completa falta de planejamento, de estrutura, de equipamentos e de uma gestão eficiente.

Por essas e por outras é que a própria mulher, a filha e o cunhado do diretor do hospital, Dr Leonardo Sá, foram flagrados por um leitor do Piaba Frita ontem na sala de espera da UDI a espera de atendimento médico. Reveja a matéria AQUI. Essa decisão dos médicos, aliás, é quase um tapa com luvas de pelica na cara de quem ontem torceu o nariz para a informação divulgada pelo blog dando conta da presença dos familiares do forasteiro Leonardo Sá em busca de atendimento na UDI. Nas redes sociais, após a divulgação da matéria, aliados do médico se engalfinhavam na tentativa de desqualificar o fato.

E agora? Os bajuladores vão dizer que é mentira? Ainda tem muita sujeira escondida debaixo do tapete do hospital que foi inaugurado sem a conclusão da obra. Assunto esse que já foi abordado pelo Blog do Vandoval Rodrigues. Abaixo o comunicado dos médicos. A baixada pede socorro!

BLOG DO VANDOVAL

HOSP1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo