POLÍTICA

Fátima Araújo cobra da gestão municipal pagamento das emendas destinadas às secretarias

Cobrar, fiscalizar e legislar, são preceitos que norteiam as funções de um vereador dentro da Câmara Municipal. Por está mais próximo do povo, o parlamentar acaba sendo o único elo entre a comunidade e poder público. Na manhã desta terça-feira (5), a vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), subiu a tribuna da Câmara Municipal para cobrar do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, pagamento das emendas destinadas por ela para alguns órgãos e instituições públicas da capital maranhense.

Como o tema bastante discutido no plenário foi a saúde pública da capital maranhense e o fechamento da Maternidade Maria do Amparo, no bairro Anil, Fátima Araújo disse que havia destinado R$ 200 mil reais para investir na maternidade, mas até o presente momento o prefeito de São Luís sequer fez o pagamento da emenda. Para a Pequena Guerreira, o valor ajudaria bastante na manutenção da Casa de Saúde, que está fechando por falta de verba.

“Em dezembro de 2018, quando eu tomei conhecimento da real situação da Maternidade Maria do Amparo, de imediato destinei uma emenda de R$ 200 mil reais para aquela Casa de Saúde através da Secretaria Municipal de Saúde. E essa não foi a única que destinei para a Secretaria de Saúde. Já havia destinado R$ 100 mil para a reforma do Posto de Saúde do Anil, além de R$ 100 mil para a Central de Marcação de consultas do João de Deus. Na educação eu já destinei R$ 100 mil reais para a reforma da Escola Thomaz de Aquino, no bairro Vila Lobão e uma emenda de R$ 300 mil reais para a construção de uma Creche na Vila Conceição. Já no esporte, destinei uma emenda de R$ 230 mil reais para a reforma da Quadra Esportiva do bairro João de Deus. Foi mais de R$ 1 milhão de reais em emendas e nenhuma foi paga pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Em seu pronunciamento, Fátima Araújo deixou claro que sua parte está sendo feita, resta agora o gestor municipal fazer a sua. Para a Pequena Guerreira, o dinheiro é do povo e precisa ser investido para o povo. “Tenho me preocupado com a segurança pública, saúde, educação, cultura, esporte, infraestrutura e assistência social, mas nem tudo depende de mim, e por isso peço o apoio de nosso presidente Osmar Filho e dos demais vereadores para que a gente possa cobrar e que essas emendas sejam revertida em serviços para a população ludovicense”, destacou Fátima Araújo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo