TRABALHO

Empresários da Divinéia, Sol & Mar e Vila Luizão fundam associação com apoio do Sebrae

Um grupo de empresários de micro e pequeno porte dos bairros da Divinéia, Sol & Mar e Vila Luizão fundou a Associação Comercial, Industrial e Serviços da Divinéia, Sol & Mar e Vila Luizão (Acimavil). A primeira diretoria tomou posse nesta terça-feira (1), em uma solenidade, na Chácara Brasil.

A entidade reúne 45 empresários da região e recebeu apoio do Projeto de Desenvolvimento Econômico Territorial (DET) do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Maranhão (Sebrae) para formalização e planejamento estratégico das ações da Acimavil.

Segundo o presidente da Acimavil, Antônio Souza Pereira, afirmou que a participação do Sebrae foi fundamental para a fundação da entidade. “Não tenho dúvidas que chegaríamos a este ponto, mas levaríamos muito mais tempo para organizar a associação. A chegada do Sebrae acelerou o processo e foi fundamental”, comentou.

JB1vila IVALDO

 O diretor superintendente do Sebrae, João Martins
O diretor superintendente do Sebrae, João Martins

Estiveram presentes na solenidade de possa da nova diretoria, o diretor técnico do Sebrae no maranhão, José Morais; o comandante da Unidade de Segurança Comunitária (USC) da Divinéia, major Nicolau Sauaya, e o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT).

PROJETO

Os empresários que formaram a Acimavil começaram a ser atendidos pelo Sebrae dentro do DET em janeiro de 2014. Na ocasião, haviam apenas 15 empresas sendo atendidas a medida que o projeto se desenvolvia, mais empresários dos bairros da Divinéia, Sol & Mar e Vila Luizão se juntaram ao projeto.

“Iniciativas como esta aumentam a nossa rede de relacionamento, facilita o fechamento de negócios entre os sócios e nos permite aproveitar a sinergia que existe entre nossos empreendimentos. Todos ganham”, observou Souza, que tem uma loja de material de construção e já está expandindo seus negócios para outros setores.

Nos 20 meses de desenvolvimento do projeto DET, o grupo de empresários cresceu e foram realizadas duas campanhas de vendas para dois importantes períodos – natal e dia das mães – que obtiveram resultados muito significativos. Hoje, além de fundar a Acimavil, os empresários já estão preparando a campanha de vendas para o natal de 2015.

“Este grupo de empresários de micro e pequeno porte recebeu apoio irrestrito do Sebrae por meio do DET, onde um consultor credenciado do Sebrae foi disponibilizado exclusivamente para dar suporte à formalização e estruturação desta entidade. No entanto, senhoras e senhores, quero ressaltar que sem a vontade dos associados e a visão de negócios dos 45 empresários que abraçaram a iniciativa de criar uma entidade para representar o pequeno negócio nesta região, nada seria possível”, disse o diretor superintendente do Sebrae, João Martins, que esteve presente à solenidade de posse da primeira diretoria da Acimavil.

Martins ainda destacou a importância da visão de negócios que os 45 empresários da região têm para o desenvolvimento da entidade. “De maneira alguma o Sebrae sozinho poderia ter chegado a este resultado. Esta entidade é resultado de um esforço conjunto em direção ao cooperativismo que aqui se coloca como uma vantagem competitiva para a região. Não temos dúvida de que a cultura da cooperação fortalece os pequenos negócios e pavimenta o caminho para o crescimento deste tipo de empresa”, completou o diretor superintendente do Sebrae.

FUTURO

O projeto DET do Sebrae terá continuidade e já mapeou as potencialidades da região, tanto no que diz respeito ao mercado consumidor local, quanto aos universos de empresários em atividade nos três bairros.

“Na região há mais de 900 empresas ativas que atendem um mercado consumidor potencial formado por 60 mil moradores. É um mercado tão grande que se a região fosse um município estaria entre os 25 mais populosos do estado”, completou a gerente do projeto DET, Paula Waldira.

O Para o presidente da Acimavil, agora o desafio é reposicionar a imagem dos três bairros. “Sabemos que podemos atrair mais pessoas para os nossos negócios. O que vamos fazer a partir de agora é mostrar a Divinéia, o Sol e Mar e a Vila Luizão como áreas iguais as demais da cidade e incentivar à moradores dos bairros adjacentes a vir adquirir produtos e serviços aqui”, finalizou Souza.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo