NOTÍCIAS

Dia das Crianças é comemorado em várias comunidades de São Luís

COMPARTILHE

O Dia das Crianças foi comemorado em grande estilo em São Luís. Vários grupos e instituições sociais como o Instituto Guarani, Grupo Faça uma Criança Feliz, Nelma Marques e moradores da Travessa da Rua Nove, São Francisco, Michel Sousa e moradores da Rua Paquistão, Anjo da Guarda foram responsáveis pelas festas que fizeram a alegria da criançada.

A brincadeira da molecada começou mais cedo no bairro São Francisco. Moradores da Travessa da Rua Nove realizaram no sábado, 11, um dia de recreação e distribuição de presentes. No domingo, 12, a festa foi na localidade Buriti, também São Francisco. Dessa vez o Instituto Guarani, que trabalha com jovens e crianças carentes, garantiu o sorriso da meninada com atividades esportivas e várias brincadeiras. Cerca de 300 crianças participaram da ação, e para o presidente do Instituto, Marcelo Ferreira, o evento superou a expectativa dos organizadores.

Aproximadamente 150 crianças participaram da festa organizada pelos moradores da Rua do Paquistão, Anjo da Guarda. Na Rua do Japão, mesmo bairro, o Grupo Faça uma Criança Feliz, que trabalha com o público infantil há 7 anos, alegraram de cerca de 180 crianças com um palhaço que tirou a gurizada do sério e distribuição de brindes.
“Ver o sorriso nos rostos desses pequeninos não tem preço! Me sinto feliz quando que meu trabalho ajuda a tirar muitos meninos e meninas das drogas”, disse Merenilde Mafra, presidente do grupo.

Diversas ações contaram com o apoio do vereador Armando Costa (PSDC), que trabalha em busca da dignidade, educação das crianças que vivem em São Luís.
Segundo Armando, esses eventos mostram o quanto é importante investir nesses grupos que trabalham com crianças, pois eles cuidam e os deixam longe das drogas.
“Estou muito feliz e satisfeito com estas festas. Elas me permitiram viajar no tempo e relembrar minha infância, senti saudades, percebi como é bom ser criança,” destacou o vereador.

No próximo ano o Dia das Crianças vai se repetir, mas grupos como o Instituto Guarani, Faça uma Criança Feliz, Nelma Marques e moradores da Travessa da Rua Nove, São Francisco, Michel Sousa e moradores da Rua Paquistão continuarão trabalhando dia após dia para garantir o amanhã para aqueles que são o futuro de nossa nação.

Texto: Tarcísio Brandão

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar