NOTÍCIAS

Deputado Josemar dispara pra cima de Flávio Dino por não pagar hospitais de 20 leitos

O deputado Josimar de Maranhãozinho (PR), também chamado de “Moral da BR” descarregou sua metralhadora pra cima do governador Flávio Dino (PCdoB), na sessão desta quarta-feira (1º), na Tribuna da Assembleia Legislativa. De acordo com Josemar, estão atrasados os pagamentos dos hospitais de 20 leitos que funcionam em municípios do interior do Estado e o governador não tem a mínima vontade de pagar. O deputado disse que participou de uma reunião com os prefeitos de sua região, que reclamaram o atraso nos pagamentos.

“Participei desta reunião em que havia 12 prefeitos que estão com os hospitais de 20 leitos em funcionamento e não recebem nem satisfação. Esses hospitais estão atendendo a população, eles estão rigorosamente encaminhando as suas produções, mas infelizmente, o Governo do Estado deixou de pagar esses hospitais, no mês de julho do ano passado”, declarou Josimar de Maranhãozinho.

Ele acrescentou que os municípios afetados pelo problema estão devendo médicos e outros profissionais da área da saúde, como também fornecedores e prestadores de serviços. Mas mesmo assim as propagandas mostram uma realidade totalmente diferente.

Josimar de Maranhãozinho apresentou requerimentos à Mesa Diretora, pedindo que a Secretaria de Estado da Saúde informe à Assembleia Legislativa os problemas e dificuldades que estão ocasionando o atraso nos pagamentos destes hospitais e prejudicando uma população inteira.

“Eu peço aqui para o Secretário de Saúde que preste as informações, mas que faça um esforço, porque muitos podem achar que esses hospitais de 20 leitos não têm utilidade aos municípios, mas eles têm sim. Então peço ao Secretário que preste esclarecimento, pois eu estou sendo muito cobrado na região, estou sendo cobrado pelos prefeitos e acredito que muitos deputados estão recebendo a reclamação de muitos prefeitos, porque são mais de 80 hospitais que estão com esses recursos atrasados”, declarou Josimar de Maranhãozinho.

Em entrevista a jornalistas, o atual secretário de saúde do Estado, Carlos Lula, disse que os hospitais de 20 leitos não servem. Tai a resposta, sem investir na saúde, o Maranhão é um caos após o governo comunista.

Blog Gilberto Léda (com edição)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo