NOTÍCIAS

Decretada prisão do agressor de mulher, irmão do prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio

COMPARTILHE

Após pagar fiança cobrada pelo delegado que estava de plantão na Delegacia do Plantão Central do Cohatrac, em Sâo Luís, onde foi registrado o B.O, o irmão do prefeito Luciano Genésio, Lúcio André pode ser preso a qualquer momento. Foi decretada a prisão preventiva do agressor após espancar  a ex-mulher, pela segunda vez, a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva.

O delegado Valber do Socorro A. Braga, que arbitrou fiança possivelmente ilegal — já revogada — será investigado por suposto excesso de autoridade policial, dando a entender que o remédio que mata o pobre, cura o rico. Com isso ele pode se complicar, caso seja feita a investigão.

A decisão é do juiz Clésio Coêlho Cunha, durante o Plantão Criminal em São Luís. Ele atendeu ao pedido da promotora Bianka Sekkef Sallem Rocha. Com isso o filho de Zé Genésio, acostumado a espancar mulher, agora pode “sentar no boi” no presídio de Pedrinhas.

Causou revolta em todo o Maranhão a soltura do irmão do prefeito de Pinheiro, Lúcio André Genésio, depois de ter espancado a ex-companheira, a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva (reveja aqui). O mocinho Play Boy que sonhava ser deputado estadual, pode virar princesa na cela do presídio.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar