casa » NOTÍCIAS » Crianças assistidas pelo Serviço Social da Prefeitura de São Luís participam de oficina de máscara carnavalesca

Crianças assistidas pelo Serviço Social da Prefeitura de São Luís participam de oficina de máscara carnavalesca

COMPARTILHE

Uma oficina de criação de máscaras carnavalescas beneficiou crianças e adolescentes da Vila Luizão atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). O serviço é executado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), e, na região, as atividades acontecem no Centro de Convivência do bairro. A iniciativa foi realizada em parceria com o grupo Potiguar e é mais uma das ações desenvolvidas com o objetivo de favorecer as crianças atendidas pelo serviço.

“A atividade, além de ser inovadora, promove a sustentabilidade e a valorização dessa arte ludovicense produzida durante o Carnaval e incentiva as crianças a conhecerem e respeitarem a nossa cultura local. O trabalho desenvolveu, ainda, a criatividade, fazendo com que cada um personalizasse sua máscara”, disse Selmira Lisboa Silva, diretora do Centro de Convivência da Vila Luizão.

A oficina faz parte do projeto Arte e Sustentabilidade – Criando Possibilidades. Durante as atividades, membros da comunidade confeccionaram máscaras de fofão, personagem tradicional das festas carnavalescas. Para a produção, foram utilizados materiais recicláveis como papelão, jornais, revistas e encartes, visando à sustentabilidade.

Representando o Marketing das lojas do grupo Potiguar, Camila Brasil, explicou a proposta da parceria e do projeto. “A oficina de máscaras conta com o apoio de uma artesã e teve o objetivo de fortalecer o vínculo com a comunidade. Utilizamos materiais de divulgação que não seriam mais utilizados em nossas lojas, possibilitando uma nova destinação a esse material, favorecendo também a sustentabilidade”, ressaltou.

As crianças e os adolescentes atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) na Vila Luizão avaliaram positivamente a realização da oficina. “Eu gostaria de agradecer pela oportunidade de participar dessa oficina”, disse Micaely da Silva Andrade, 10 anos, que também é beneficiada com outras atividades que são oferecidas pelo serviço. “Aqui participo de outras atividades como capoeira, música e dança. Gosto muito de estar aqui”, contou.

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA

Na Vila Luizão, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) atende cerca de 120 crianças e adolescente, de 7 a 17 anos. Em São Luís, mais de cinco mil pessoas são atendidas pelo trabalho que tem o objetivo de fortalecer as relações familiares e comunitárias, promovendo a integração e a troca de experiências entre os participantes. As atividades, desenvolvidas em 60 bairros da cidade, possuem um caráter preventivo e são sempre pautadas na defesa e afirmação dos direitos, como forma de enfrentamento para a vulnerabilidade social.

 

Sobre João Filho

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Desesperado, Kabão usa seu último cartucho

O último cartucho A água já passou da boca e agora está no nariz. O ...

Vereadora Fátima Araújo solicita através de Indicação e Requerimento benefícios para população ludovicense

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB) solicitou através de Indicação ao governador Flávio ...

Morros contratou cooperativa investigada pelo MP por mais de R$ 5 milhões

A contratação da entidade pode ser a primeira de uma série denúncia envolvendo a gestão ...

Prefeitura realiza abertura dos Jogos Interclasses de Bequimão

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, com ...

Em Brasília, vereadores solicitam retorno da Lei dos 30 Minutos em São Luís

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho, e o vereador Pavão ...