POLÍTICA

Consórcio na baixada se reúne visando 2015

jb10

O Consórcio que reúne os municípios do litoral ocidental maranhense (Conguarás) realizou na tarde de ontem, 27/01/2015, uma reunião ordinária que contou com a presença dos Prefeitos de Mirinzal, Apicum-Açu, Serrano do Maranhão, Porto Rico, Central do Maranhão, Cedral, Guimarães e Bequimão. A reunião foi presidida pelo novo Presidente do consórcio, Amaury Almeida do município de Mirinzal que foi eleito por aclamação dos seus pares.

Diversos assuntos foram discutidos sobre o desenvolvimento da região. A convite da presidência do consórcio, a pauta foi iniciada com uma palestra proferida pelo professor doutor Lúcio Macedo, engenheiro sanitarista e ambiental, parceiro técnico da LUPASA gestão pública que discorreu sobre a importância da elaboração dos planos municipais de saneamento básico e de resíduos sólidos para obtenção de recursos financeiros dos governos estadual e federal para essas ações.

O palestrante é o consultor dos planos municipais de resíduos sólidos e saneamento básico dos municípios do Estado do Ceará, que já atingiu 86% de planos elaborados, além de prestar também consultoria técnica ao município de Belo Horizonte – MG. Em seguida diversos outros assuntos foram tratados, como: a construção da ponte sobre o Rio Pericumã, continuidade dos projetos iniciados na gestão anterior do governo estadual que estão com obras paralisadas, além de intervenções na Rodovia MA 006 que dá acesso a esses municípios. Ao final ficou acertado que será feita uma carta de intenções que será levada por todos os municípios que integram o consórcio ao governador Flávio Dino.

 

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Elaboração de planos municipais de saneamento básico e Resíduos sólidos? Obtenção de recursos financeiros dos governos estadual e federal? Obter sim, usar em obras e melhorias para o povo, isso não! Em Bequimão não!
    Gente, saneamento básico em Bequimão não existe. O que existe é obtenção e desvio de recurso, isso não se pode negar. Basta ver os dois aterros sanitários que tiveram suas obras iniciadas e nunca foram concluídas em nosso município. Um fica no bairro da Estiva, na verdade foram feitas só as bacias, três, e o outro no povoado Itapeua, esse foi um pouquinho mais adiante, é um esqueleto de aterro, acho que mais de 90% da obra foi feita, mas está abandonado. Eu nem tenho ideia de valores em R$ que foram jogados fora nessas obras, ou melhor, foram desviados. O aterro da Estiva foi iniciado no mandato do Prefeito Leonardo Cantanheide, no mandato seguinte, se não me engano de Juca Martins, não foi dado continuidade, este alegou não ter como concluir a obra, pois as verbas já tinha sido gasta e não tinha como solicitar outra para o mesmo projeto, ou seja, ou o Sr. Leonardo ou alguém do seu grupo ficaram com o dinheiro.
    Acorda povo! É tudo farinha do mesmo saco! Grupinho do tio Leo, Grupinho do compadre Juca, se colocar em uma balança, vai da a mesma merda. Enquanto esses dois grupos se revezarem no poder, Bequimão não vai se desenvolver. Vamos completar em 2015, 80 anos de enganação do povo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo