BEQUIMÃO

Bequimão ganha 25 motores de rabeta para pescadores artesanais

A ação é fruto do programa “Comida na Mesa”. Município já havia sido contemplado com outros cinco motores pelo Programa Maranhão Quilombola

Nesta terça-feira (20), o município de Bequimão foi beneficiado com a entrega de 25 novos motores tipo “rabeta” para barcos de pesca artesanal durante solenidade, em São Luís. A entrega dos motores faz parte das ações do programa “Comida na Mesa”.

Participaram do evento o prefeito João Martins; o governador Flávio Dino; o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Rodrigo Lago; o deputado estadual Zé Inácio; o presidente Colônia de Pescadores Z-38 de Bequimão, José Raimundo; secretários de Estado; deputados; e prefeitos dos demais municípios contemplados com a entrega dos equipamentos.

O recebimento dos motores pelo município é resultado de solicitações feitas pelo prefeito João Martins ao Governo do Estado, logo no início do seu mandato, com objetivo de estimular a atividade pesqueira no município.

“Mais um importante reforço para o nosso município. Bequimão já havia sido beneficiado com outros cinco equipamentos iguais a este, no âmbito do Programa Maranhão Quilombola. Nossos pescadores só tem a agradecer por mais esta importante contribuição à nossa pesca artesanal. Fica aqui também o meu agradecimento ao governador Flávio Dino e ao secretário Rodrigo Lago, que prontamente atenderam o nosso pedido de entrega desses motores, solicitação da nossa gestão em meados de março, como forma de incentivar os nossos pescadores”, destacou o prefeito de Bequimão.

Agora, o município conta com 30 motores destinados às embarcações, em menos de um mês. Bequimão já havia sido contemplado pelo Governo do Maranhão, no âmbito do Programa Maranhão Quilombola (PMQ), com outros cinco motores, que foram recebidos pelo prefeito João Martins durante as comemorações pelo aniversário de Viana, estes destinados às associações de comunidades quilombolas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo