POLÍTICA

BEQUIMÃO ELEIÇÕES 2016: Antônio Diniz diz que eleitores são culpados da corrupção

O ex-prefeito de Bequimão, Antônio Diniz (PDT) acabou exagerando em um discurso tosco, em que acusou seus eleitores de contribuir para a corrupção. Em sua fala que demonstra desequilíbrio emocional, Diniz  foi infeliz ao tentar explicar o conceito de política e ao mesmo tempo acusa eleitores de forçar a corrupção. Em outras palavras, Diniz quis dizer que o suposto desvio de verbas cometido por ele, é culpa justamente dos eleitores de Bequimão. OUÇA O ÁUDIO ABAIXO COM EXCLUSIVIDADE DO PORTAL…

Em seu discurso, Diniz chama eleitores de “Mafiosos” ao conceituar o que seria política em sua visão tosca. “Política é uma arte de forma democrática que tem sido exercida não só pelos políticos, mas também pelos eleitores. Se o eleitor não corromper o político, ele não será corrupto. Mas, no entanto não esqueçam; o eleitor também corrompe o político. Na medida em que entramos em uma casa, o eleitor pede um milheiro de telha, um milheiro de tijolos, eu quero isso, eu quero aquilo, e se o político não der, ele não terá o voto. Por tanto o político está sendo corrompido, e ai depois reclamam do político” – acusou Diniz. OUÇA OUTRO ÁUDIO TOSCO DE DINIZ ABAIXO…

Em outro trecho de sua fala, Diniz mostra ódio ao povo bequimãoense, e implora para que o governador Flávio Dino não mande nada para Bequimão enquanto o atual prefeito estiver na gestão do município. “Poderia mandar, mas agora? o governador está mandando em véspera de eleições, convênios de poços artesianos, bloquetes e outras coisas mais. Se Flávio Dino continuar fazendo isso, a gente começa perder as eleições. É necessário que o governador pare com essas doações” – destacou Diniz que ainda falou de seus processos na justiça por suposto desvio de verbas. OUÇA O ÁUDIO COM TOTAL EXCLUSIVIDADE DO PORTAL…

Os comentários que rolam na cidade de Bequimão são de que Diniz havia tomado umas “Pingas” na noite anterior ao pegar o microfone para falar mal de gente que nem político é no município. Sem controle emocional, o ex-prefeito disse nos quatro cantos do município que iria sair candidato, e mas mais uma vez não cumpriu com a palavra. Diniz ainda se classificou como um homem de uma só palavra e sábio. No final de seu discurso raivoso, Diniz pediu para o seus poucos eleitores bequmãoenses esquecer suas atrapalhadas que corre na justiça, onde até seus bens estão bloqueados. “Esqueçam-se o passado, até eu já esqueci” – disparou Diniz. OUÇA ABAIXO O ÁUDIO TOSCO DE DINIZ…DÁ PRA ESQUECER?

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo