casa » Arquivos do Altor: João Filho (página 379)

Arquivos do Altor: João Filho

Prefeitura de Araioses lança edital para concurso público

COMPARTILHE
Imagem extraída da Internet

Imagem extraída da Internet

A Prefeita Municipal de Araioses, na região do baixo Parnaíba, no Maranhão, por intermédio da jovem prefeita, Valéria Cristina Pimentel Leal, através da Secretaria de Administração e, no uso de suas atribuições legais, nos termos do Art. 37 da Constituição Federal e da Lei Orgânica Municipal, Nº 03, de 12 de março de 2014, que autoriza o poder executivo municipal a realizar Concurso Público, criar cargos e dá outras providências, abre concurso público para diversas áreas.

A Lei Municipal Nº 02 de 04 de Dezembro de 2013 (Cria os cargos públicos de Agente Comunitário de Saúde e de Agente de Combate às Endemias para adequação à Emenda Constitucional Nº 051/2006 e dá outras providências), Torna Público que se realizará Concurso Público, sob-regime estatutário para provimento de cargos efetivos e empregos públicos do quadro geral dos servidores públicos municipais.

O certame terá à execução técnico administrativa da empresa Instituto Graça Aranha Ltda., sob a supervisão da Comissão de Fiscalização e Coordenação de Concurso Público instituída pela Portaria Municipal nº 05, de 26 de Maio de 2014, que se regerá pelas instruções contidas no Edital abaixo e pelas demais disposições legais vigentes. Confira o edital completo do concurso.

Os salários variam de R$ 724,00 a 5 mil. As vagas são para todos os níveis de escolaridade. As datas de inscrições e provas, estão no edital, e você pode acessar através do link acima destacado.

Zé Martins reinaugura UBS do Jacioca

COMPARTILHE
Prefeito Zé Martins e Bastico Moraes

Prefeito Zé Martins e Bastico Moraes na UBS

No último domingo (8), o prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), deu início às comemorações do aniversário do município, com a conclusão e reinauguração da Unidade de Saúde Básica (UBS) do povoado Jacioca. O prédio havia sido construído na administração anterior e foi inaugurado às pressas em 2012 sem condições de funcionamento. No espaço amplo e mais confortável, os usuários terão acesso a consultas médicas, consultas de enfermagem, triagem, vacinas de rotinas, curativos e a medicamentos da Farmácia Básica. Os atendimentos serão feitos de segunda a sexta, das 7h30 às 17h30.

“Não éramos irresponsáveis de colocar esta unidade de saúde para funcionar nas condições que encontramos. Em maio do ano passado, muitos foram os que viram como estava esta obra, depredada, abandonada e vocês estão vendo a beleza que está hoje”, frisou o secretário municipal de Saúde, Bastico Moraes. (Veja como estava a UBS)

De acordo com o secretário, foram muitas as dificuldade para finalizar a obra da UBS, que não estava registrada junto ao Ministério da Saúde. “Tivemos que reformar a parte interna toda. O forro dessa parte da recepção caiu e tivemos que fazer tudo novo. Foram feitos quatro banheiros novos, porque encontramos só o buraco. Pior ainda foi que cortaram a água que vinha de uma associação aqui ao lado e eles não deixaram a água que já estava instalada. Mas, por determinação do prefeito Zé Martins, cavamos um poço de 42 metros de profundidade para suprir essa unidade. Essas dificuldades a comunidade não sabe e agora vai ficar sabendo”, desabafou Bastico Moraes.

Jacioca2

Com o folheto de campanha em mãos, distribuído quando concorreu pela primeira vez a prefeito de Bequimão, em 2008, Zé Martins demonstrou que a UBS do Jacioca foi um projeto deixado na administração do então prefeito Juca Martins. “Não concluíram tal como eu conclui aqui. Outro posto de saúde, à época em 2008, iamos fazer na Cidade Nova, mas esse foi pior. Lá levaram o dinheiro todo. E eu estou buscando via judicial para que a gente conclua a Unidade Básica da Cidade Nova”, garantiu o prefeito, que nesta semana inaugura mais duas unidades básicas de saúde, em Areal e Quindíua.

Zé Martins demonstrou sua felicidade ao entregar mais uma obra e aproveitou para anunciar mais cinco UBS’s que já estão licitadas. Elas serão construídas nos povoados Mojó, Macajubal, Deserto, Bebedouro e Santana. “Segundo Zé Martins, Bequimão já avançou bastante. Vamos avançar muito mais. Estamos trabalhando com a governadora para escolher a data em que vamos inaugurar um grande hospital para toda a comunidade de Bequimão”, afirmou o prefeito, referindo-se ao hospital que está sendo construído pelo Governo do Maranhão. O prédio está pronto e os equipamentos já estão sendo entregues.

Ainda como avanços no sistema de Saúde, Zé Martins elencou a aquisição de uma ambulância; a ampliação da equipe, que hoje conta com 14 médicos; e a conquista de mais seis equipes de saúde bucal. “Estamos mudando a saúde que encontramos lá em baixo, as comunidades reclamando, não tinha remédio no hospital. Então, estamos cumprindo as promessas de quando fomos na casa de vocês e falei que Bequimão mudaria com a nossa administração”, enfatizou Zé Martins.

O prefeito comprometeu-se, também, a implantar telefones rurais nos postos de todo o município, facilitando o contato quando for necessário acionar a ambulância, por exemplo. Segundo o prefeito, a aquisição de outra ambulância está em fase adiantada e ele está negociando para levar uma unidade descentralizada da Samu. (Veja o discurso de Zé Martins).

 

ATENDIMENTO NA REGIÃO

Fachada da UBS de Jacioca

Fachada da UBS de Jacioca

A equipe da UBS do Jacioca é formada por uma médica, enfermeira, técnica, recepcionista e agentes comunitários de saúde. A médica Odalis de Cardena Mejias atenderá de segunda a quinta-feira, pela manhã e tarde. Na sexta-feira, os demais profissionais ficarão à disposição da comunidade. É por isso que Emiliana Maria Rodrigues, 70 anos, disse estar muito feliz. “A felicidade é demais, porque está perto da gente”.

Nascido e criado no Jacioca, Alexandre Brasil Rodrigues, 61 anos, relembrou que até uns anos atrás era preciso transportar pessoas doentes em redes e a Unidade Mista estava em condições difíceis. “Começou a melhorar. O negócio aqui era precário. Mas agora não, desde o mandato do Zé, tem ambulância e agora tem um posto perto de casa. Para que tava, tá bem melhor”, disse.

Participaram da reinauguração, o vice-prefeito, Pedro Acará; o ex-prefeito Juca Martins; a presidente da Câmara Municipal de Bequimão, Francinete Pereira Costa; os secretários municipais de Agricultura, Creuber Pereira, Educação, Aristides Amorim, Extrema Pobreza, Sinara Almeida, Indústria e Comércio, Ademir Costa, Segurança, Cassiano Abreu e Esporte, Kell Pereira; os vereadores Vetinho, Robson Cheira e Doutor, além da secretária adjunta de Saúde, Ramone Araújo, e a coordenadora de Atenção Primária, Karine Moraes Macedo.

“Fotos & Matéria reproduzidas do Blog Tribuna de Bequimão””

Bequimão recebe Ivaldo Rodrigues de braços abertos

COMPARTILHE
Ivaldo em Bequimão dia 8/6

Ivaldo Rodrigues em Bequimão dia 8/6

No mês de aniversário de Bequimão, quem ganhou o presente foi o vereador e pré-candidato a deputado estadual, Ivaldo Rodrigues (PDT). No último domingo (8) o município de Bequimão recebeu um filho ilustre que saiu aos 10 anos de idade para estudar e ganhar a vida e voltou para defender o seu povo.

Com o apoio das principais lideranças do município, Ivaldo foi recebido pelo Mestre Dr. Leonardo Cantanhede, pelo advogado Dr. Cesar Cantanhede, vereadores Sinhô (PSB) e Raquel Paixão (PTC), além dos representantes de partidos, Totó da Padaria (PTC), Coronel Lopes (PSDB), Totó Martins (PHS), Jocimar Castro (PPS).

Estiveram presentes no encontro na cidade de Bequimão, o secretário municipal de esportes de São Luís, Raimundo Penha, o vereador de São Luís, Alencar Gomes, o professor da UEMA, Anselmo Raposo, além das maiores lideranças do município de Peri-Mirim, como os ex-prefeitos, Dr. Geraldo Amorim e Dr. Afonso, o atual vice prefeito Eliezer, os vereadores Telma, Jean Reis e Adalberto, além do ex-vereador Biné e do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Chico Grande. E mais os militantes Liviane e Paulo Sérgio.

Ivaldo com o povo de Bequimão

Ivaldo Rodrigues com o povo de Bequimão

Compareceram ao encontro lideranças de todas as comunidades de Bequimão, incluindo zona rural e urbana, no total de 80 líderes. Além desses, compareceram os líderes evangélicos, que abraçaram o projeto “Pé na Estrada” que vem crescendo em todo Estado do Maranhão. Coordenado pelo experiente Júlio França, o projeto tem conquistado todas as regiões do Estado e ganha cada vez mais respeito pela população. Ao chegar a Bequimão, Ivaldo Rodrigues foi aplaudido de pé pelas centenas de pessoas que o esperavam para o encontro.

Após a reunião e o lançamento de sua pré-candidatura, Ivaldo deixou sua cidade natal e seguiu para Brasília-DF, onde participa da convenção do PDT nacional. Em seu discurso em Bequimão, Ivaldo mostrou que é um legítimo “Baixadeiro” e emocionou o público presente.

Pavão Filho pede direito de resposta ao Blog Joaofilho.com

COMPARTILHE
O direito do companheiro começa quando o meu termina.

O direito do companheiro começa quando o meu termina.

Como todo cidadão neste país, tem direito de resposta, é claro que este veículo de comunicação não fugirá a regra. A matéria que foi publicada neste blog dia 04 de junho deste ano, sobre o vereador Pavão Filho, simplesmente abordou um conteúdo que dezenas de Radialistas, Blogueiros e Jornalistas, viram e talvez não tiveram coragem de publicar. Como este veículo de comunicação é totalmente independente, fez o que muita gente teme fazer, mostrar a verdade. Na nota enviada pela assessoria do vereador Pavão Filho, chama a matéria de mentirosa, mas outros veículos publicaram até primeiro que este blog. Veja aqui. Confira abaixo a nota enviada pela assessoria do vereador Pavão Filho.

PAVÃO 1.1

Pavão 2

Pavão 3

Pavão 4

Presidente do Sampaio abre a boca e solta o verbo

COMPARTILHE
O homem da língua afiada

O homem da língua afiada

A polêmica de ingressos, borderôs, FMF e Sampaio Corrêa, parece que está só começando seu primeiro capítulo. Em seu primeiro ensaio, o diretor técnico da Federação Maranhense de Futebol (FMF) acusou a diretoria do Sampaio de sumir com a renda dos jogos e não divulgar os borderôs nas partidas do Brasileiro Série B.

Ao tomar ciência do fato, Sérgio frota abriu a boca e soltou o verbo. O pior de tudo, é que alguns profissionais da comunicação, que não tiveram os nomes citados pelo presidente do Sampaio, foram chamados de desonestos e comprados. Em nota divulgada no site do Sampaio, esses profissionais da imprensa são taxados de desonestos e mentirosos, principalmente aqueles que publicam inverdades, como disse a nota.

Em entrevista ao programa “Fontenelle Comenta” da rádio Mirante AM, hoje (6) ao meio dia, o presidente do Sampaio Sérgio Frota, acusou uma meia dúzia de repórteres de serem desonestos e comprados. Mas o titular do programa, Herbert Fontinele, pediu que Sérgio Frota citasse os nomes, e ele não teve coragem de cita-los. Veja abaixo a nota divulgada pelo Sampaio. O certo mesmo, é que se isso é verdade, tem gente com “C” que não passa nenhum alfinete.

BRIGA

Onde está o erro; no Hospital ou no Médico?

COMPARTILHE
Hospital Geral de alta complexidade

Hospital Geral de alta complexidade

Que a saúde no Estado do Maranhão tem melhorado bastante, todo mundo sabe. Agora o que eu vou descrever aqui, pouca gente é ciente. Não estou aqui puxando saco ou bajulando alguém, estou simplesmente descrevendo algo muito grave, que eu tenho a mais pura certeza de que o Secretário estadual de saúde, Dr. Ricardo Murad, não sabe dessa falta de respeito.

Como profissional da comunicação eu sempre admirei e admiro o trabalho de Ricardo Murad, como deputado, prefeito e agora na gestão da secretaria de saúde do estado. É claro que nem tudo sai perfeito como projetado, até porque ninguém faz nada sozinho. Todo trabalho é feito em conjunto e Dr. Ricardo deve ter a sua equipe de confiança como todo chefe tem.

O que me entristeceu mesmo foi saber que uma paciente identificada como Maria de Fátima Pereira Rodrigues, de 55 anos, trabalhadora rural do município de Bequimão, na baixada ocidental maranhense, está esperando uma cirurgia de adenoide, há mais de dois anos no Hospital Tarquínio Lopes (Hospital Geral) em São Luís. A corrida por essa cirurgia começou em abril de 2012 e de lá pra cá já foram vários agendamentos e a espera já dura mais de dois anos. O médico responsável pela paciente e também pelo procedimento cirúrgico é o Doutor João Bentivi (Otorrinolaringologista).

Esse médico, Dr. João Bentivi, já pediu vários exames e todos perdem a validade. Mesmo vendo a gravidade da paciente, nada comove quele profissional. E o tempo está passando e a paciente cada dia pior, não dorme e nem deixa sua família dormir. O nariz da moça, já sangra dia e noite e nada é feito por ela. O que está acontecendo no Hospital Geral, que segundo as propagandas, faz 540 cirurgias e 1.200 exames por mês? Veja o vídeo. Quantos pacientes tem nessa fila para fazer a mesma cirurgia, mil ou dois mil? Já procurei o diretor do hospital, Dr. Luís Alfredo, mas não fui recebido pelo profissional. A única solução foi procurar a maior autoridade da gestão em saúde do Estado, o Dr. Ricardo Murad. A paciente é humilde e não tem condições de gastar dinheiro com exames de 3×3 meses. O cadastro da paciente é 131304020006 e o prontuário é 300514.

A situação de dona Maria de Fátima é tão complicada, que ela já não sabe a quem pedir socorro. Comprometi-me através deste humilde veículo de comunicação que hoje conta com mais de 900 mil acessos, tentar chegar perto do secretário Dr. Ricardo Murad e pedir ajuda. Não quero nada para mim, só quero ver a felicidade daquela família e a tranquilidade daquela paciente. Por ser filho da mesma comunidade, me sinto no dever de lutar por aquele povo, que sofre 24 horas. Até aqui estou bem tranquilo, mas a partir de amanhã, só Deus sabe o que vou divulgar sobre o HG.

João Filho/ Radialista – DRT 12918 rj

Educadores sem Educação — (Opinião)!

COMPARTILHE
Protesto de Educadores

Protesto de Educadores no centro de São Luís

Parece ser o fim dos tempos. É claro que todo e qualquer profissional merece e deve ter um salário digno. As leis foram feitas para serem cumpridas. Caso contrário, sou a favor da briga legal por melhores salários e condições de trabalho. Fazer greve pode. Fazer barulho também pode. Fazer passeatas pode. Parar as aulas também pode. Fazer concentração em frente ao órgão responsável pelas obrigações salariais ou trabalhistas pode. Agora o que não pode, é tirar o direito de ir e vir das outras pessoas, como tem acontecido aqui em São Luís.

Sendo o prefeito ou o governador, o responsável por esse caos, tem que ser cobrado, afinal ficar calado não adianta. Agora o que eu não concordo é com essa atitude que os “Educadores” tomaram ontem (04) ao fazer concentração em frente ao condomínio onde mora o prefeito Edivaldo Holanda Júnior. E as outras pessoas não merecem sosseego? Agora eu pergunto ao Percival, só mora nesse condomínio o prefeito de São Luís? Quem teve essa ideia, os professores ou os patrocinadores da greve? Um professor de verdade faz esse tipo de protesto?

Quem sou eu para julgar ou condenar alguém que busca seus direitos. Mas, uma coisa é verdade, os Educadores pegaram pesado, e fugiram totalmente da postura de um professor. Fazer barulho na porta de alguém é crime ambiental e ainda infringiram a lei do silêncio. Deveriam ter saído no mínimo, uns dez presos daquela baderna.

Se não bastasse a bagunça que fizeram na porta do condomínio, os professores vieram para porta da Câmara municipal de São Luís. Mais uma baderna foi formada. Gritaria, ameaças e um monte de pessoas sem qualificação, junto com os chamados professores. Um microfone sem fio passava de mão em mão e até camelôs estavam discursando se passando por professores.

A desqualificação dos Educadores é notória, estão perdidos nas ruas e guiados por alguém ainda mais desqualificado. São professores com linguagem chula, sem domínio do português e perdidos dentro da própria profissão. A falta de educação é salutar, imagine os alunos desses profissionais. “Professor que é professor, dá exemplo e não pisa na cartilha” – Josías Coelho.

O que falta é união da própria categoria, que se manifesta com meia dúzia de gatos pingados. E se os próprios companheiros não unem, alguma coisa está errada. Mas o que cheira mesmo, é alguém por trás de toda essa bagunça. Quem será o patrocinador dessa greve?

Pavão Filho compra briga com a imprensa

COMPARTILHE
Pavão, político em final de carreira

Pavão; político em final de carreira

Existe um provérbio popular, que diz: quando o gato não está o rato faz a festa. E não é que aconteceu isso na Câmara Municipal de São Luís. Com a ausência do presidente da Câmara, Isaias Pereirinha, quem assumiria a cadeira seria o vice Astro de Ogum. Mas pela ausência dos dois, o segundo vice-presidente responde pelo cargo. Foi justamente o que aconteceu no início desta semana na Câmara de vereadores de São Luís.

O vereador Pavão Filho, que tem tido uma atuação muito fraca no parlamento municipal para não dizer apagada, inventou um mecanismo como forma de aparecer na mídia local. Sem explicações, Pavão decidiu de maneira intempestiva e arbitrária, mandar fecha a porta de acesso dos jornalistas ao plenário da Câmara Municipal. O parlamentar foi questionado pelos vereadores Estevão Aragão e Marquinhos, mas não respondeu os motivos dessa atitude.

Se esta é uma forma de tentar amordaçar o pessoal da imprensa livre, ele começou pelo lado errado. Como segundo vice-presidente e exercendo a presidência nas ausências do presidente Isaias Pereirinha e Astro de Ogum, procurou impor uma regra sua contra jornalistas, radialistas e blogueiros que fazem cobertura do parlamento municipal, os quais se recusam a aceitar essa atitude inútil. Lembrando que Pavão Filho vem sendo rebaixado no Campeonato político e hoje se encontra na Série D, ou seja, 4ª divisão da política, já que esteve como deputado por vários mandato. Se continuar com essas atitudes, vai ter que criar uma divisão só para ele. E o pior de tudo, não são os adversários que rebaixaram Pavão, e sim os torcedores (Eleitores). Não é à toa que Pavão teve rejeição de 20 dos 31 vereadores, quando na escolha do vice de Astro de Ogum.

 O presidente Isaías Pereirinha e o vice-presidente e futuro presidente, Astro de Ogum, sempre tiveram um grande respeito pela imprensa e procuram facilitar o exercício profissional, o que tem deixado o pessoal bastante revoltado com as atitudes de Pavão. Nos corredores da Câmara, os comentários eram que a atitude do vereador Pavão Filho, é semelhante a dos chamados políticos “Oportunistas”, que querem aparecer de qualquer maneira, mesmo que precise se expor e ser alvo de criticas. E se era isso que ele queria, conseguiu sem muito esforço.

Ivaldo Rodrigues em um dia de fortes emoções na Câmara

COMPARTILHE
Ivaldo Rodrigues, baixadeiro Nº 1

Ivaldo Rodrigues, genuinamente o Baixadeiro Nº 1

O mês de Junho começou do jeito que Ivaldo Rodrigues sempre planejou. Festa junina; Bumba – meu – boi e muito trabalho. Mas este ano o sabor é diferente, além dos ingredientes já acostumados, outros vieram para coroar o grande trabalho realizado pelo vereador e pré-candidato a deputado estadual, Ivaldo Rodrigues (PDT). Só nos três primeiros dias do mês, Ivaldo já teve quatro projetos aprovados na câmara municipal de São Luís.

Hoje (03) foram dois projetos. Um requerimento de Nº 264/14, que pede o encaminhado ofício ao Sr. Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior e ao secretário da SEMUR, solicitando em caráter de urgência a viabilização e regularização fundiárias com entregas de títulos de posse definitivo aos proprietários dos imóveis localizados na região do Turu, como: Divinéia, Sol & Mar, Vila Luizão, Brisa do Mar, Vila Litorânea e adjacências.

Outro projeto aprovado foi a “MOÇÃO” Nº 102/14 que pede o envio de Moção de congratulações & Aplausos ao advogado e escritor Flávio Braga, parabenizando pelo lançamento de seu livro intitulado “Dicionário do Baixadês” uma obra que traz termos, expressões e provérbios populares, além de retratar as belezas da baixada maranhense para o Brasil e o mundo, motivando autoestima do povo da região, tornando-se motivo de nosso reconhecimento.

Antes da aprovação do requerimento de Ivaldo, os vereadores Osmar Filho, Lisboa, Nato, Amando Costa, Ricardo Diniz, Rose Sales, Marquinhos, José Joaquim, Josué Pinheiro e Fábio Câmara, parabenizaram pela atitude genial do vereador Ivaldo Rodrigues.

“Parabenizo Ivaldo Rodrigues, e quero dizer que regularização fundiária não é só titulo de posse, mas eu não esperava nada menor vindo de V. Exª que é um vereador atuante e por isso está no parlamento há três mandatos” – disse Fábio Câmara (PMDB).

Um lixeiro chamado mercado público em Anapurus-Ma

COMPARTILHE
Mercado Público de Anapurus-Ma

Mercado Público de Anapurus-Ma

Um local chamado de mercado público municipal em Anapurus, na região do baixo Parnaíba, interior do Maranhão, se encontra um “LIXO”. Mesmo assim, os trabalhadores continuam a manter as vendas de peixe para o consumo de alimento humano. Mas o que você vai ver pelas fotos, é um verdadeiro desrespeito com o povo e um desafio a saúde pública.

Diariamente os vendedores Zé da Pipira, Chico Ozeia e Nonato Peixeiro, além de tantos outros trabalhadores que ao amanhecer o dia já estão lá para fazer a venda de seus produtos e buscarem o sustento de suas famílias. A grande questão, é que a sujeira e o mau cheiro afastam os clientes do pequeno mercado da cidade.

Por não terem outro local de trabalho, estes senhores permanecem lá juntamente com os ratos, moscas e baratas. O esgoto é a céu aberto sem a mínima estrutura para trabalhar. E para piorar a situação, ainda tem salas emprestadas para o comerciante “Delmar” que usa o prédio como armazém de mercadorias para seu supermercado. São ratos, moscas e baratas em meios os alimentos que vão para a mesa dos moradores de Anapurus.

Além dessas mazelas encontradas no mercado municipal, o prédio tem muitas infiltrações e a própria estrutura está em ruínas, colocando em risco a vida de quem passa por ali. A Prefeita do município, Tina Monteles (PRB) que foi eleita com 4.648 votos – 48,84% dos eleitores de Anapurus têm o dever e o compromisso de demonstrar em sua administração a responsabilidade com a saúde de seu povo. Este site respeita qualquer atitude, mas não admite.

O pior de toda situação, é que não existe essa falta de compromisso só em Anapurus, o Brasil e principalmente o Maranhão, está cheio dessas mazelas.

MERCADO PUBLICO DE ANAPURUS 2MARCADO PUBLCIO DE ANAPURUS 3