casa » EDUCAÇÃO » Reitora da UFMA, Nair Portela, anuncia curso de História para Alcântara

Reitora da UFMA, Nair Portela, anuncia curso de História para Alcântara

COMPARTILHE

#MATÉRIA DE ASSESSORIA#

A reitora da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Professora Doutora Nair Portela, anunciou a implantação do curso de História Bacharelado na cidade de Alcântara. O anúncio foi feito na última quinta-feira (11), em ato público comandado pelo prefeito Domingos Araken (PT), realizado na sede do Campus Alcântara do Instituto Federal do Maranhão (IFMA). A implantação da UFMA em Alcântara é mais um compromisso de trabalho consolidado pelo prefeito à população alcantarense.

Durante a solenidade, prestigiada por lideranças comunitárias, universitários, vereadores, secretários municipais e dirigentes da equipe da UFMA e Prefeitura, a reitora recebeu do prefeito o termo de doação de dois prédios públicos para a instalação da Unidade Avançada da UFMA em Alcântara, que ficará interligada ao Campus de Pinheiro. A doação dos prédios foi aprovada pela Câmara de Vereadores.

“O professor Natalino Salgado buscou esse momento e trabalhou bastante para que acontecesse e a gente agora está fechando esse pacto com Alcântara, recebendo a doação de dois prédios”, disse a reitora. Segundo Nair Portela, a UFMA desenvolverá várias ações da formação e capacitação, formando as pessoas da cidade e do entorno para que possam estar preparadas para enfrentar o mercado de trabalho. “Vai ser um trabalho com grandes resultados”, garantiu a reitora.

A reitora destacou ainda a determinação do prefeito em realizar o sonho antigo dos alcantarenses. “O prefeito trabalhou para que firmássemos esse compromisso histórico, construído nesses dois anos. Agora temos que fechar essa proposta da abertura do Curso de História, que é extremamente importante por ser uma cidade histórica e os cursos também de capacitação e trabalhos de pesquisa”, disse Nair.

Domingos Araken agradeceu à reitora pela continuidade do trabalho iniciado pelo ex-reitor Natalino Salgado e o empenho dos professores Ricley Marques, Ítalo Santirocchi e docentes do Campus de Pinheiro. “Com a implantação da UFMA, Alcântara ganha uma instituição nacional de referência. Temos uma inteligência muito grande em nosso município que precisa ser aproveitada. Não pode ser desperdiçada e a UFMA mais próxima da gente facilita isso”, disse o prefeito.

Alcântara tem 182 comunidades quilombolas. É a terceira maior concentração do Brasil. “Há uma divida social grande com essas comunidades e a UFMA chega também para dar a sua contribuição ao desenvolvimento dessas comunidades”, observou Araken. “Estamos satisfeito em sermos um elo dessa corrente que traz a UFMA à população de Alcântara e aos estudantes de todo o Brasil que virão estudar aqui. Vai gerar emprego e renda local, de forma direta e indireta”, informou Araken.

A Prefeitura doou dois prédios, sendo um na Ladeira do Jacaré, reformado pelo Projeto Monumenta, e o outro que é o maior da cidade, conhecido como ‘Cavalo de Troia’, que está em bom estado, mas precisará de reformas localizadas. “Com esses dois prédios a prefeitura cria a oportunidade para a UFMA ser implantada na cidade. Vamos trabalhar para que outros cursos cheguem aqui. Em definitivo, a UFMA agora está presente em Alcântara. O povo alcantarense está de parabéns”, enfatiza Araken.

Ricley Marques destacou o dia histórico para a UFMA e Alcântara. Segundo ele, Alcântara tem contribuído muito com o Maranhão e o Brasil. “Chegou a hora da UFMA também vir aqui dar a sua contribuição. Temos muita confiança no trabalho dos professores de Ciências Humanas que abraçaram o curso de História Bacharelado em Alcântara. É muito importante pra UFMA e ao povo alcantarense”, observou Marques.

Para Ítalo Domingos, a região de Alcântara é muito rica em arqueologia indígena e histórica do período colonial e imperial. “Estamos começando a resgatar esse material. Tem muita documentação escrita. Alcântara é um grande museu de arqueologia a céu aberto”, disse o professor. As comunidades quilombolas também serão beneficiadas com a oportunidade de fazerem o registro da sua história, desenvolverem a sua cultura e se formarem para construírem o seu próprio futuro.

Sobre João Filho

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

IESF abre inscrições para vestibular

O Instituto de Ensino Superior Franciscano – IESF está com inscrições abertas para o vestibular ...

Indicação da vereadora Fátima Araújo solicita ao governo do Estado construção de creche no Pirapora

Em sessão ordinária realizada nesta segunda-feira (11), no Plenário Simão Estácio da Silveira, da Câmara ...

Vereadora Fátima Araújo leva estudantes do “Educar para Vencer” para a Feira do Livro

Uma das maiores incentivadoras da educação básica, a vereadora Fátima Araújo tem feito um trabalho ...

Alunos do projeto Educar para Vencer voltam às aulas

Os quase cem alunos matriculados para as aulas de reforço escolar do projeto Educar para ...

Câmara aprova projeto que amplia horário dos postos da bilhetagem eletrônica em São Luís

De autoria do vereador Raimundo Penha (PDT), o projeto de lei nº 155/17 já foi ...