casa » TRÂNSITO » Com passagens esgotadas, não há previsão para viagens extras de Ferryboat

Com passagens esgotadas, não há previsão para viagens extras de Ferryboat

COMPARTILHE

Quem pretende viajar de Ferryboat para a Baixada Maranhense por algum tipo de veículo, não será possível no período de carnaval. As passagens encontram-se todas esgotadas nas duas empresas que prestam esse serviço. De acordo com o gerente técnico da Servi Porto, Landrin Sandin, nesta época as vendas aumentam 40% e todos os bilhetes foram vendidos de forma antecipada.

A orientação de Sandin é que as pessoas sigam viagem por terra, para evitar algum tipo de transtorno. “Não teremos viagens extras. O melhor é que as pessoas evitem ir até o terminal para ficar esperando.

“Colocamos até outros horários para atender esta demanda, e agora está tudo esgotado”, ressaltou. Na sede da empresa, algumas pessoas tentavam comprar passagens. Foi o caso do operário Rubenilson Sousa. “Vim aqui tentar, quero ir para Pinheiro na sexta-feira. Se eu não conseguir, o jeito é pegar o carro, e ir pela estrada, porém leva mais tempo pra chegar. Vou ter que seguir por terra mesmo”, afirmou.

A Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB) informou que, para garantir mais tranquilidade aos passageiros do serviço de Ferry Boat, a Portaria Nº 044/2015, em vigor desde julho do ano passado, estabelece horários fixos de viagens para dias convencionais e atípicos. A Portaria estabelece cotidianamente 12 viagens sentido Ponta da Espera – Cujupe/Cujupe – Ponta da Espera. Para os dias em que há maior demanda de passageiros nos Terminais, como nos feriados, a Portaria também prevê viagens extras, com horários previamente estabelecidos e que podem chegar até 20 viagens.

Desde 2015, MOB e Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) trabalham conjuntamente no sentido de orientar o passageiro sobre a compra antecipada de passagens, medida que segundo eles, tem diminuído gradativamente a formação de filas de espera no terminal. Vale ressaltar, que as campanhas da MOB são todas pela internet, o que dificulta a comunicação com os passageiros, haja vista que grande maioria não tem acesso as ferramentas usadas pelo órgão fiscalizador. Os bilhetes para viagens adicionais, com horários já determinados pela Portaria, encontram-se à venda nos boxes das empresas operadoras, localizados no Posto Bacanga, na Areinha.

APROXIMADAMENTE 90 MIL PASSAGEIROS
Durante o carnaval de 2014, os Ferryes chegaram a transportar quase 90 mil passageiros. No último ano, MOB e a Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), conjuntamente, intensificaram o trabalho de campanhas de conscientização do usuário para a compra antecipada de bilhetes. Artur Cabral, presidente da MOB, orienta que a venda antecipada é uma determinação para garantir o bem estar do usuário: “Com a medida, a formação de filas de espera para embarque nos Ferry’s tem sido gradativamente reduzida, garantindo mais comodidade e tranquilidade aos passageiros na hora das viagens”. NOTA DA MOB.

MOB1MOB2

O IMPARCIAL ONLINE

 

 

 

Sobre João Filho

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Motorista que atropelou músico bequimãoense estava bêbado

Se a Lei Nº 13.546/2017, sancionada pelo Presidente da República Michel Temer, em dezembro do ano passado, ...

Bequimão realiza pela primeira vez a Campanha Maio Amarelo de prevenção ao acidente de trânsito

A Campanha Maio Amarelo de prevenção ao acidente de trânsito é uma ação educativa e ...

Estrada do peixe virou estrada do lamaçal na baixada maranhense

As promessas do governador Flávio Dino para melhorar a Estrada do Peixe que liga a ...

Exclusivo: Venda de Ferry Boats pode está sendo negociada com Marcelo Tavares e Zé Reinaldo por meio da Construtora Franere

Em conversa com uma pessoa que trabalha no terminal do Porto de Cujupe sobre a ...

Câmara realiza Audiência Pública com taxistas nesta sexta-feira (31)

Será realizada nesta sexta-feira (31), na Câmara Municipal de São Luís, uma Audiência Pública com ...