casa » ESPORTE » Arena de Primeira e time de Segunda

Arena de Primeira e time de Segunda

COMPARTILHE

AR

Nem mesmo o mais pessimista torcedor palmeirense poderia imaginar que a volta para casa seria tão dolorida. Na inauguração da Arena Palmeiras, que contou com a presença de mais de 35 mil pessoas, o Palmeiras teve uma péssima atuação, sentiu a pressão vinda das arquibancadas e perdeu para o Sport, por 2 a 0, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Por obra do destino, o ex-palmeirense Ananias foi o responsável por abrir o placar e marcar o primeiro gol da Arena. O lateral Patric fechou o caixão alviverde.

A terceira derrota seguida do Palmeiras sem marcar gols – havia perdido para Atlético-MG e São Paulo, ambos por 2 a 0 – deixou a torcida muito irritada, tanto que os jogadores foram para os vestiários debaixo de muitas vaias. Com 39 pontos, o Verdão segue na 14ª colocação e pode ver a diferença para a zona de rebaixamento, que hoje é de três pontinhos, diminuir para dois pontos desde que a Chapecoense vença o Fluminense nesta quinta (20).

Diferente do Palmeiras, o Sport emplacou o quarto jogo seguido sem derrota – três vitórias e um empate – e deu adeus as chances de rebaixamento. Com 47 pontos, o Leão subiu para a 11ª colocação e segue na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem.

VAIAS PARA O PRIMEIRO TEMPO

Apoiado pela torcida, que lotou a Arena Palmeiras, o Palmeiras tentou começar o jogo pressionando o Sport, mas encontrava muitas dificuldades para escapar da marcação adversária. O Verdão não conseguia levar perigo ao gol de Magrão e os torcedores presentes já começavam a mostrar certa impaciência, assim como os jogadores alviverdes. Já o Leão praticamente não passava do meio-campo.

A primeira finalização veio apenas aos 19 minutos. Wesley arriscou de fora da área e a bola passou sem perigo por cima do travessão. Na sequência, João Pedro cruzou rasteiro e ninguém apareceu para completar. A resposta rubronegra veio com Diego Souza. O meia bateu de muito longe e Fernando Prass fez a defesa em dois tempos. A melhor oportunidade palmeirense veio aos 22.

Juninho recebeu de Diogo e cruzou para dentro da área. Felipe Menezes chegou de trás e cabeceou no contra pé de Magrão. A bola, caprichosamente, passou ao lado da trave. O lance acordou os torcedores na Arena Palmeiras. Os donos da casa pediram pênalti em cima de Henrique, mas o árbitro mandou o jogador se levantar, irritando a torcida. O Sport levava muito perigo nos contra-ataques.

Insatisfeitos com o desempenho do time no primeiro tempo, os torcedores vaiaram os jogadores na saíra para o intervalo. “O torcedor está no direito dele. Ela (torcida) nos apoiou até os minutos finais do primeiro tempo. Vamos conversar e voltar melhor para o segundo tempo” – comentou o atacante Henrique, que praticamente não teve oportunidade.

O IMPROVÁVEL ACONTECEU

O torcedor palmeirense levou um grande susto logo no primeiro minuto do segundo tempo. Danilo avançou desde o meio-campo, ganhou na velocidade da zaga e na hora da finalização foi travado por Marcelo Oliveira, que evitou o gol. Logo depois, Rodrigo Mancha arriscou de longe e Fernando Prass defendeu com segurança. O Sport procurava priorizar a posse de bola e irritava os presentes na Arena Palmeiras.

Aos 21 minutos, a bola foi cruzada para dentro da área e Danilo apareceu livre na segunda trave. O desvio de carrinho, porém, passou muito da trave de Fernando Prass. A bola parecia queimar no pé dos jogadores palmeirenses, que eram pressionados pelos torcedores. E o que ninguém imaginava aconteceu aos 32. Cruzamento para dentro da área, a bola sobrou com Ananias, que dominou e bateu no canto do goleiro adversário.

A torcida ainda tentou incentivar o time logo depois do gol rubronegro, mas os jogadores sentiram muito e não conseguiam criar lances de perigo. Já o Sport se fechou na defesa e procurou segurar o resultado positivo. O balde de água fria veio aos 45. Diego Souza puxou contra-ataque e lançou para Patric, que cortou dois e bateu colocado. Fernando Prass apenas observou. Nos acréscimos, Mouche invadiu a área e bateu na rede pelo lado de fora.

PRÓXIMOS JOGOS

O Palmeiras volta a campo no próximo domingo, quando enfrenta o Coritiba, às 19h30, no Couto Pereira, em Curitiba, pela 36ª rodada. Depois, o Verdão terá pela frente Internacional (fora) e Atlético-PR (casa). Já o Sport recebe o Fluminense, também no domingo, às 17 horas, na Arena Pernambuco, em Recife. Os últimos dois jogos do rubronegro são contra Criciúma (fora) e São Paulo (casa).

Sobre João Filho

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

João Filho e Jojô de Farias vão estrear programa esportivo nesta segunda-feira (11) na rádio Nova FM 93.1 MHZ

A rádio Nova FM 93.1 MHZ, mais uma vez sai na frente da concorrência e ...

Vereadora Fátima Araújo realiza Aulão de Zumba com a temática da campanha Setembro Amarelo

A união faz a força. Pensando assim, a vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), ...

Os maranhenses vão pegar os gaúchos no mata-mata da Série C

Os adversários das equipes maranhenses no mata-mata do acesso da Série C do Brasileiro estão ...

Solicitada por Fátima Araújo, praça será construída no bairro Vila Conceição/João de Deus

Quem trabalha Deus ajuda. Assim é a luta da vereadora de São Luís, Fátima Araújo ...

Vídeo mostra veículo quebrando Praça no João de Deus

A luta pela reforma da Praça da Juventude, no bairro João de Deus, durou décadas, ...