POLÍTICA

Após denúncia prefeito de Peri-Mirim reduz gastos em 60% com suposta manutenção de iluminação pública

O valor estimado para contratação de empresa para realizar esse serviço seria de quase R$1 milhão de reais

As lambanças cometidas pelo prefeito de Peri-Mirim, Heliezer Soares (PCdoB), não param desde que assumiu a gestão municipal em janeiro de 2021. Depois de divulgar um contrato de quase R$ 1 Milhão de reais com uma empresa para uma suposta manutenção na iluminação pública do município, o caso veio à tona e o prefeito voltou atrás após denúncia na imprensa digital.

O primeiro veículo de comunicação a divulgar com exclusividade essa aberração foi o blog do jornalista Vandoval Rodrigues, parceiro do Portal G7. O valor seria de R$ 930.872,50 (novecentos e trinta mil, oitocentos e setenta e dois reais e cinquenta centavos)considerado exorbitante, segundo o aviso de licitação e contrato divulgado no Diário Oficial.

O jornalista Vandoval Rodrigues sempre atento aos contratos suspeitos celebrados pela prefeitura de Peri Mirim, trouxe a lume a suposta prestação de serviço pela Empresa KENNEDY COMERCIO E SERVICOS LTDA ao município. Bastou entrar no ar a denúncia para o prefeito Heliezer reduzir o valor em 60%.

Após grande repercussão na imprensa, a prefeitura de Peri-Mirim reeditou a pagina do Diário Oficial lançando uma errata diminuindo o valor em 60% que agora é de  R$ 372.324,82 (Trezentos e setenta e dois mil, trezentos e vinte e quatro reais e oitenta e dois centavos), correspondente a 40% (quarenta por cento) do valor registrado anteriormente.

E agora, a gestão Heliezer Soares errou no valor ou acabou descobrindo que o prefeito pudesse ser preso pela Polícia Federal? Com a palavra, a gestão municipal!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo