casa » NOTÍCIAS (página 12)

NOTÍCIAS

Assembleia Legislativa e Poder Judiciário celebram parceria para veiculação de programa de TV

COMPARTILHE

Os presidentes da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, e do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, e o corregedor-geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho Silva, assinaram, na manhã desta sexta-feira (27), o Termo de Cooperação para veiculação do programa “Justiça Cidadã”, na TV Assembleia (Digital – Canal 51.2 e TVN – Canal 17).

Durante a cerimônia, realizada no Salão Nobre do Tribunal de Justiça, o deputado Othelino Neto salientou a importância da assinatura do Termo de Cooperação. “Esta parceria enriquece muito a grade do canal da nossa TV Assembleia e representa um marco de grande alcance na história tanto do Legislativo quanto do Judiciário do Maranhão”, afirmou Othelino, frisando que, muito em breve, outras instituições também deverão se incorporar à grade da TV Assembleia.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, declarou que a cooperação entre o Legislativo e o Judiciário, na área da comunicação, representa um ganho não apenas para a Magistratura, e sim para toda a população.

“Este Termo tem o sentido de contemplar, também, aqueles que mais precisam, aqueles menos favorecidos, que poderão ter livre acesso às informações sobre o que o Judiciário do Maranhão está fazendo. Vale lembrar que, nos dias de hoje, cabe cada vez mais à magistratura não só decidir, mas dar eficácia às decisões.  O que devemos fazer, portanto, é dar efetividade às nossas decisões de modo que, nesta perspectiva, esta parceria com a Assembleia Legislativa terá um papel preponderante como um novo canal de interlocução com a sociedade”, discursou o desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos.

No mesmo tom, o corregedor-geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho Silva, afirmou que a assinatura do Termo de Cooperação é um dos atos mais importantes da administração do desembargador Joaquim Figueiredo dos Anjos à frente do Tribunal de Justiça do Estado.

“Este ato representa um grande marco para o Poder Judiciário porque, a partir de agora, através de um programa de TV, a Justiça aproxima-se cada vez mais do cidadão. É um novo canal de comunicação desta nossa Casa, em cooperação com o Poder Legislativo do nosso Estado”, ressaltou o desembargador Marcelo Carvalho Silva.

A solenidade contou também com a presença do vice-presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Lourival Serejo, e dos desembargadores Jorge Rachid, Paulo Velten e Jamil Gedeon. Também participaram da cerimônia o presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão, Ângelo Alencar dos Santos, além de juízes e dirigentes de órgãos do Judiciário.

O diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa, jornalista Edwin Jinkings, também destacou a importância do Termo de Cooperação, frisando que o objetivo desta parceria é estreitar as relações e reforçar a harmonia entre os dois poderes e, destes, com a sociedade, levando informação de qualidade e orientação sobre os assuntos e temas da área jurídica.

Edwin Jinkings observou que a Assembleia Legislativa do Maranhão possui uma das maiores estruturas de Comunicação pública do país. Nesse sentido, com o objetivo de otimizar a programação da TV Assembleia, a nova gestão está abrindo espaços para estreitar relações com outras instituições, ao mesmo tem em que ganha com informações e conteúdo diferenciado, atingindo públicos segmentados.

“Esta parceria é de suma importância porque vai levar ao público da TV Assembleia conteúdo diferenciado e de qualidade, ampliando assim a grade de programação da emissora, oferecendo mais informações e estreitando as relações com os cidadãos maranhenses’, assinalou Edwin Jinkings.

O diretor de Comunicação do Tribunal de Justiça, Antônio Carlos de Oliveira, informou que a estreia do programa acontece neste sábado (28), ao meio-dia, com reprise às segundas e quartas-feiras, às 21h. Sua formatação conta com reportagens, quadros informativos e entrevistas com magistrados e outros profissionais do Direito, para que a população conheça as ações e serviços do Poder Judiciário.

Logo no início da solenidade, no Salão Nobre do TJMA, foi exibido o vídeo de lançamento do “Justiça Cidadã”, programa que estreia neste sábado, voltado tanto para profissionais da área do Direito quanto para o cidadão comum, trazendo aspectos interessantes como o quadro “juridiquês”.

Seguindo essa mesma política de comunicação adotada na atual gestão, já está sendo formatado o programa do Ministério Público, que irá ao ar em breve, bem como já aconteceram conversas preliminares com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MA), entre outras instituições.

 

Vereador Ivaldo Rodrigues pode está sendo vítima de gananciosos pelo poder da Semapa

COMPARTILHE

Bastou a imprensa noticiar a possível ida do vereador Ivaldo Rodrigues para a Secretaria Municipal de Cultura de São Luís, para que a mídia alternativa (Online) começasse a massacrar o parlamentar, que está como Secretário Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semapa), realizando um grande trabalho. Criminosamente, usam montagem de whatsapp para tentar intimidar, constranger e macular a imagem de Ivaldo Rodrigues, que tem construído sua história na política maranhense. O bom trabalho incomodou tanto, que recorreram a até a “pistolagem” da blogosfera. Quem estaria por trás de tudo isso?

A forte disputa pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento – Semapa, vem tentando macular a imagem do excelente trabalho desenvolvido pelo vereador Ivaldo Rodrigues, que inovou a gestão do órgão, fez relevantes mudanças em tão pouco tempo na pasta e se tornou o secretário mais atuante na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.
Querendo tirar Ivaldo as forças da Semapa, alguém está investindo na criminalidade, com os famosos “Fakes News”, criados por alguém que deve não ter compromisso com a verdade e principalmente com a noticiabilidade. Competente, Ivaldo sempre mostrou resultados nos trabalhos que desenvolveu nos órgãos por onde passou, executando grandes projetos,  e agora despertou a cobiça pela pasta, tanto que até conversas montadas e falsas pelo Whatsapp circulam pelas redes sociais e alguns blogs, para tentar a todo cu$to macular a imagem de bom gestor de Ivaldo.
Em pouco mais de 1 ano à frente do secretaria de agricultura, Ivaldo desenvolveu feitos importantes desde ao pequeno produtor aos grandes empresários de São Luís, com parceria importantes que alavancaram o órgão municipal. Mas para os descomprometidos da política, que olham apenas para si, o trabalho de Ivaldo é o que pouco importa.
Independente de sua opção sexual, seria bom respeitar o cidadão Ivaldo Rodrigues, que tem família, assim como todos que lutam de maneira covarde, para denegrir sua imagem.

Município de Bequimão participa da 2ª Capacitação do Selo Unicef realizada em São Luís

COMPARTILHE

Com o objetivo de melhorar ainda mais os indicadores da população de Bequimão, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, representada por Dinha Pinheiro e um auxiliar, participou da 2ª Capacitação do Selo Unicef, que aconteceu no Convento das Mercês, em São Luís. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em parceria com o Governo do Estado, realizou o 2° Ciclo de Capacitação do Selo Unicef (edição 2017-2020).

Durante todo o dia, os 209 articuladores municipais do Selo conheceram a metodologia e simularam a realização dos Fóruns Comunitários, etapa obrigatória na realização do Selo, a ser cumprida até o mês de junho nas cidades participantes.

O Fórum tem como objetivo realizar a escuta qualificada da população e suas diferentes representações quanto as necessidades e prioridades em políticas públicas destinadas a crianças e adolescentes. A partir disso, o município de Bequimão desenvolverá um Plano de Ação, voltado para identificar os principais desafios e definir as prioridades para o enfrentamento das desigualdades na realização dos direitos de crianças e adolescentes.

“O Fórum Comunitário é um momento muito emblemático do Selo, porque os gestores garantem a participação da comunidade para resolverem os principais desafios que tenham relação com a garantia dos direitos da criança e do adolescente”, esclareceu Anyoli Sanabria, coordenadora do Território Amazônico do Unicef.

Para a secretária de Cultura e Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, o município de Bequimão está empenhado em melhorar os indicadores e enfrentar os principais problemas que afetam crianças e adolescentes, nas áreas de saúde, educação, proteção e participação social. “A gente tem trabalhado muito a fim de melhorar os índices de nossa cidade e com a chegada do Selo Unicef todos nós do poder público juntamente com a população, estamos melhorando ainda mais os indicadores de Bequimão. Desde que o prefeito Zé Martins assumiu a gestão em 2013, a realidade de Bequimão é bem melhor do que recebemos. Temos a Semana do Bebê Quilombola e isso tem mudado a realidade no município”, destacou.

No Maranhão, 209 municípios aderiram a esta edição do selo. O estado é parceiro do Unicef e aproveita a metodologia utilizada por ele, para causar impacto nos indicadores relacionados a proteção integral à criança e ao adolescente. “A ideia é usar esse exercício que o Unicef faz com os municípios que é bastante simples, de aproximação entre a realidade que precisa mudar e a capacidade de monitorar esses indicadores e aplicar isso de maneira democrática e muito bem capilarizada no Maranhão”, afirmou o secretário de Políticas Públicas e Articulador Estadual do Selo Unicef, Marcos Pacheco.

Após o primeiro ciclo de capacitação, que ocorreu em novembro do ano passado, os municípios desenvolveram inúmeras atividades, entre elas, diagnóstico participativo da situação da infância e adolescência, adesão à Campanha “Fora da Escola Não Pode”, de busca ativa escolar e de criação de núcleos de adolescentes para engajamento e mobilização destes públicos para o debate de seus direitos.

 

Segunda Companhia de Polícia será inaugurada no bairro João de Deus

COMPARTILHE

Após pedido da vereadora Fátima Araújo (PCdoB) ao governador Flávio Dino (PCdoB), e prontamente atendido pelo Secretário de Segurança Pública do Estado, Jefferson Portela, foi reformada a 2ª Companhia de Polícia Militar do 6º Batalhão do bairro João de Deus, que vai monitorar a segurança no Complexo de Comunidades da área e será comandada pelo Coronel Barcelos do 6º BPM.

A inauguração do posto policial será marcada para breve e beneficiará uma população muito grande que mora na região. Após o Secretario de Segurança, Jefferson Portela, voltar de viagem a trabalho, a inauguração irá acontecer. A 2ª Companhia está localizada na Rua Gardênia Ribeiro Gonçalves, ao lado do Centro de Saúde no João de Deus, próxima a antiga Proab. VEJA  AQUI O VÍDEO DA 2ª CIA DO 6º BPM.

Em 2013, Fátima Araújo protocolou um documento com 12 mil assinaturas na Secretaria de Segurança, pedindo a volta da 2ª Companhia, e em 2014, quando ela ainda era suplente, e assumiu por três meses como vereadora, Fátima Araújo conseguiu aprovar uma Indicação na Câmara Municipal de São Luís, que pedia mais segurança aos bairros e a volta da 2ª Companhia de Policiamento, que foi retirada em 2011, pelo então secretário Aluísio Mendes, na gestão da então governadora Roseana Sarney.

Depois de cinco anos e somente na gestão do governador Flávio Dino, o pedido foi atendido e se tornou realidade, faltando apenas fazer a solenidade de inauguração. A população do João de Deus e bairros vizinhos ganham um grande presente ainda no ano em que o bairro João de Deus completa 38 anos de história.

Presidente da Câmara Municipal de Mirinzal é acusado de desvio de verba pública

COMPARTILHE

A onda de corrupção também chega ao legislativo mirinzalense, segundo denúncias do vereador Leonardo Fabrício Vieira Araújo (PR), que politicamente é conhecido em Mirinzal por Beto. O Legislativo de Mirinzal se reúne apenas uma vez por semana (sexta-feira) para debater sobre as demandas do município, aprovar leis, projetos, requerimentos e indicações, além de cobrar ações do prefeito. Mas a história tem sido outra.

Em sessão ordinária, no plenário da Câmara Municipal da cidade, a máscara caiu para o presidente da casa, Dirceu Machado Ribeiro (PCdoB), que por incrível que pareça, foi eleito com míseros 209 votos, sendo o último à apagar a luz, na lista dos 9 parlamentares eleitos em 2016. Em sua campanha, Dirceu pregou uma história e agora constrói outra bem diferente.

As chuvas que caíram na cidade de Mirinzal estão agradando os agricultores, mas descobriram uma possível falcatrua de Dirceu numa suposta reforma do Palácio Legislativo, que amanheceu nesta sexta-feira (27) completamente alagado. Com o alagamento, não houve sessão. Dirceu Machado Ribeiro, é suspeito de ter desviado verbas de obras e serviços que nunca foram prestados no legislativo local.

De acordo com o vereador, Beto (PR), Dirceu gastou R$ 3.450,00 (três mil quatrocentos e cinquenta reais), com um kit mastro de três bandeiras que nunca chegou a Câmara. Ainda segundo a denúncia, Dirceu teria gasto R$ 14.222,00 (quatorze mil duzentos e vinte e dois reais) com a reforma do prédio municipal, e de acordo com o vereador Beto as portas da Câmara são amarradas com “punho”. A Câmara que fede a morcego, também teria passado por uma dedetização no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) que segundo o parlamentar, nunca aconteceu.

De acordo com o vereador Beto, o presidente da casa que está enrolado ate o pescoço, teria contratado duas motocicletas (uma Bros e uma Titan) que estariam a serviço do legislativo, no valor de 4.000,00 (quatro mil reais) somados os dois veículos, além de uma tal manutenção predial no valor de R$ 7.482,00 (sete mil quatrocentos e oitenta e dois reais), digitalização de documentos no valor de 3.085,00 (três mil e oitenta e cinco reais), que até agora não foram explicados pelo presidente.

Outra grave denuncia que veio a tona através do vereador Beto, são as contratações de servidores fantasmas na Câmara Municipal da Mirinzal. Segundo Beto, duas pessoas, uma por nome de Marcelo e outra por nome de Luana, que juntos recebem R$ 3.200,00 (três mil e duzentos reias) sem comparecer ao Palácio do Legislativo, já teriam desfalcado os cofres da Câmara em mais de R$ 50.000 (cinquenta mil reais). OUÇA AQUI O ÁUDIO DAS DENÚNCIAS.

 

Com Informações do Blog do Vandoval Rodrigues

Prefeitura de Bequimão realiza Ações no Combate ao Aedes Aegypti em Escolas da Rede Pública de Ensino

COMPARTILHE

A prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está dando continuidade na Ações do Programa Saúde na Escola (PSE), que trabalha o Combate ao Mosquito Aedes Aegypti, nas Escolas da Rede Pública de Ensino. A ação conta com profissionais da saúde, que visitam as escolas da sede e zona rural do município.

As ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti aconteceram nos dias 09 de abril, na Escola Estado de Minas Gerais, no centro da cidade, no dia 10 de abril na Unidade Integrada Quindiua e na última quinta-feira, dia 26 de abril, na Unidade Integrada Jacioca. A ação foi mais uma parceria bem sucedida entre as secretarias de Saúde e Educação.

Durante as ações os alunos participaram de Palestras Educativas, Rodas de Conversa, Apresentação de Vídeos, Panfletagem e aulas práticas com busca ativa de criadouros do mosquito Aedes Aegypti dentro das próprias escolas. A ação serve para multiplicar conhecimento sobre prevenção e combate do transmissor de doenças como Dengue, Chicungunya e Zika.

 

Secretaria Municipal de Fazenda de São Luís encerrou suas atividades nesta sexta-feira (27) às 14h

COMPARTILHE

Centenas de usuários dos serviços da Secretaria Municipal de Fazenda de São Luís, que procuraram resolver suas pendências ou agilizar serviços, tiveram que se contentarem com as informações dadas pelos vigilantes, de que as atividades foram encerradas às 14h e só retornarão na próxima quarta-feira, dia 02 de maio.

Um falta de respeito com quem precisou resolver problemas na SEMFAZ na tarde desta sexta-feira (27) na Avenida Kennedy, no bairro de Fátima. Em pouco mais de 20 minutos, uma fila se formou de tanta gente procurando os serviços e as atividades todas encerradas antes do horário normal do serviço público, que é 17h.

Para piorar mais a situação, não colocaram sequer uma placa avisando que na tarde desta sexta-feira (27), os servidores da Prefeitura de São Luís, iriam sair mais cedo. Como na terça-feira (1) é feriado nacional, os funcionários vão ter ter 4,5 dias de folga, afogando a segunda-feira (30), que poderia ter expediente.

Quem precisa emitir Notas Fiscais, vai ter que esperar até quarta-feira (2) para enfrentar aquela fila lenta, já que os servidores da SEMFAZ trabalham a passos de tartarugas, quando trabalham. Mais um feriado prolongado, que quem vai pagar o pato é o ludovicense.

 

Terminam nesta segunda-feira (30) as inscrições para o casamento comunitário na cidade de Bequimão

COMPARTILHE

Quem estiver interessado em oficializar o relacionamento, pode correr e fazer sua inscrição para o Casamento Comunitário, que acontecerá no dia 20 de junho deste ano, na cidade de Bequimão. As inscrições encerrarão nesta segunda-feira, dia 30 de abril.

A novidade neste Casamento Comunitário, é que os casais humildes, que não tem condições financeiras para retirarem a segunda via do Registro de Nascimento, poderão assinar no Cartório uma Declaração de Carente e levar até o Fórum da cidade para que a Juíza Michele Amorim Sancho Souza Diniz, defira o documento. Dessa forma, pessoas que realmente não tem condições de arcar com a segunda via podem usar desse expediente.

Pensando na dificuldade das pessoas humildes, em pagar a segunda via do Registro, o Tabelião e Registrador do Cartório, Rogério Araújo, propôs a Juíza da Comarca que isentasse dos emolumentos mediante declaração de hipossuficiência de cada contraente deferida pela magistrada, que concordou imediatamente com a ideia.

Serão duas Cerimônias de Casamento Comunitário, na Comarca de Bequimão e no termo judiciário de Peri-Mirim, cidade próxima. As inscrições serão apenas para casais residentes nas duas cidades que compõem a comarca. Estão aptos a participar do projeto os casais cuja renda mensal familiar não ultrapasse dois salários-mínimos.

Conforme a portaria editada pela juíza Michele Amorim Sancho Souza Diniz, as pessoas interessadas podem entregar a documentação nas Serventias Extrajudiciais (cartórios) dos dois municípios.

Na cidade de Bequimão, termo sede da comarca, a cerimônia vai acontecer no Ginásio Esportivo ao lado do Colégio Liliosa Cantanhede, no Bairro de Fátima, às 17h. As inscrições devem ser feitas no Cartório Extrajudicial, localizado na Rua Senador Vitorino Freire, Centro (mesma rua da prefeitura).

No termo judiciário de Peri-Mirim, o casamento será no dia 21 de junho, ás 17h, no Ginásio Poliesportivo do Bairro Portinho. As inscrições são recebidas no cartório localizado na Rua Gomes de Castro.

A participação na cerimônia e a emissão dos documentos necessários ao registro dos casamentos são inteiramente gratuitos.

Vale lembrar que a exigência legal da certidão atualizada busca evitar a nulidade do casamento e até mesmo a poligamia (casamento ou a união conjugal entre, ou mais de duas mulheres), uma forma de evitar muitos problemas futuros.

Ao chegar no cartório, o casal precisa falar para os funcionários que quer gratuidade na segunda via, assinar a declaração de hipossuficiência e levar ao fórum para juíza deferir.

Para Rogério Araújo, é uma forma de ajudar os casais carentes de Bequimão a formalizarem a união, casando legalmente. “Nosso objetivo é ajudar a todos e formalizar através do casamento comunitário a união legal do maior número de casais”, destacou o Tabelião.

Boa Sorte a todos os casais!

Procuradoria da Mulher da Assembleia recebe advogada Ludmilla Rosa

COMPARTILHE
Na última quarta-feira (25), a advogada Ludmilla Rosa Ribeiro da Silva, vítima de violência doméstica em novembro do ano passado, acompanhada da presidente da Comissão da Mulher na OAB, Ananda Farias, de seu advogado Tiago e de outras advogadas, foi até a procuradoria da Mulher na AL e pediu o apoio institucional para a causa.
A advogada foi atendida diretamente pela procuradora da Mulher, a deputada estadual Valéria Macedo (PDT), e pela assessoria jurídica do órgão. A deputada Nina Melo (MDB) e a prefeita de Colinas, Valquíria Santos, participaram da audiência em apoio a advogada.
Ludmilla Rosa fez pormenorizada exposição da violência doméstica de que foi vítima, que imputa ao ex-companheiro Lúcio André Silva Soares, conhecido como Lúcio Genésio, e que tratou do julgamento do Habeas Corpus  no Tribunal de Justiça do Maranhão e da tramitação da questão na Justiça do estado.
Ludmilla disse que o julgamento da 1ª Câmara Criminal tem várias falhas, inclusive, que o parecer do Ministério Público alterado em banca, o que lhe causou espécie, mas relatou que o procurador geral de Justiça do Maranhão, Luiz Gonzaga Martins Coelho, foi sensível ao caso e que inclusive impetrou mandados de segurança em matéria criminal contra as decisões do TJMA e STJ, os quais visam revogar o Habeas Corpus concedido.
“A minha luta é ver o processo ser julgado em tempo hábil e o meu agressor condenado. Lutarei com todas as minhas forças para que os entraves processuais e procedimentais não favoreçam ao meu agressor e nem leve o crime a prescrição e, por isso, preciso do apoio de todos os órgãos do estado que combatem a violência doméstica como a Procuradoria da Mulher na AL”, disse Ludmilla.
A procuradora da Mulher na AL, deputada estadual Valéria Macedo, iniciou sua fala informando que a Procuradoria acompanha o caso desde sua eclosão, inclusive quando de sua judicialização, e que lamenta a decisão da 1.ª Câmara Criminal do Maranhão.
“A decisão da 1.ª Câmara Criminal de nosso TJ, a meu ver, é fruto de uma compreensão conservadora do direito penal, do baixo valor jurídico que se atribui a violência doméstica e um péssimo exemplo institucional para todos aqueles que como nós combatem essa tragédia social, que é a violência contra mulheres no Maranhão e no Brasil”, disse Valéria Macedo.
A procuradora Valéria Macedo acrescentou que “a Procuradoria da Mulher na AL envidará todos os esforços institucionais e legais para que o caso de Ludmilla não seja apenas mais uma estatística sombria e aterrorizante para as mulheres de nosso estado, e que o agressor seja julgado em tempo razoável e que se procedente a ação penal que possa pagar pelo crime cometido”, finalizou.
O CASO LUDMILLA
Consta que o agressor Lúcio Genésio, ainda em Pinheiro, agrediu Ludimila e o caso foi registrado na delegacia da cidade, distante 113 km de São Luís. À época, ela estava grávida. Depois desta agressão, houve a separação.
A segunda agressão aconteceu durante uma tentativa de reconciliação. Em depoimento, a vítima disse que as agressões, em São Luís, foram em um sábado. Ela começou a ser espancada desde a Lagoa da Jansen até próximo ao seu condomínio, no bairro Cohama. O agressor a expulsou do veículo, quebrou seu celular e foi embora. Não demorou muito, voltou com o mesmo carro e a forçou entrar no condomínio onde continuou com a agressão física.
Ludmilla relata que conseguiu sair do carro e pedir socorro. Os gritos chamaram atenção dos vizinhos, que lhe socorreram. A Polícia Militar foi chamada e conduziu Lúcio Genésio até a delegacia. A advogada ficou com marcas por todo corpo.
Levado à delegacia, o agressor foi liberado após pagar fiança de R$ 4.685 fixada pelo delegado Válber Braga.

Assembleia e Poder Judiciário firmam parceria na área da Comunicação nesta sexta-feira

COMPARTILHE

A Assembleia Legislativa do Maranhão e o Poder Judiciário firmam entre si, nesta sexta-feira (27), às 11h, no Salão Nobre do Tribunal de Justiça, o Termo de Cooperação para veiculação do programa “Justiça Cidadã”, na TV Assembleia (Digital – Canal 51.2 e TVN – Canal 17). O objetivo é estreitar as relações e reforçar a harmonia entre os dois poderes e, destes, com a sociedade, levando informação de qualidade e orientação sobre os assuntos e temas jurídicos.

Assinam o Termo de Cooperação os desembargadores Joaquim Figueiredo dos Anjos, presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ/MA); Marcelo Carvalho Silva, corregedor-geral da Justiça, e o presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PCdoB).

A estreia do programa acontece neste sábado (28), ao meio-dia, com reprise às segundas e quartas-feiras, às 21h. Sua formatação conta com reportagens, quadros informativos e entrevistas com magistrados e outros profissionais do Direito, para que a população conheça as ações e serviços do Poder Judiciário.

Segundo o diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa, jornalista Edwin Jinkings, a Alema tem uma das maiores estruturas de Comunicação pública do país. Nesse sentido,  com o objetivo de otimizar a programação da TV Assembleia, a nova gestão está abrindo e oportunizando espaços para estreitar relações com outras instituições, ao mesmo tem em que ganha com informações e conteúdo diferenciado, atingindo públicos segmentados.

“O primeiro programa dessa série de parcerias é o Justiça Cidadã, que estreia neste sábado, e é voltado tanto para profissionais da área do Direito quanto para o cidadão comum, trazendo aspectos interessantes como o quadro ´juridiquês´. Seguindo essa mesma política de comunicação adotada na atual gestão, já está sendo formatado o programa do Ministério Público, que irá ao ar em breve, bem como já aconteceram conversas prévias com o TRE (Tribunal Regional Eleitoral), entre outras instituições”, disse.

Edwin Jinkings disse ainda que a parceria é de suma importância porque vai levar ao público da TV Assembleia conteúdo diferenciado e de qualidade, ampliando assim a grade de programação da emissora, oferecendo mais informações e estreitando as relações com os cidadãos maranhenses.

Programa Justiça Cidadã

Na apresentação do programa “Justiça Cidadã” estarão os jornalistas Heider Lucena e Amanda Campos. Em sua primeira edição, o programa traz uma entrevista com o presidente do TJ, desembargador Joaquim Figueiredo dos Anjos, abordando o trabalho de aproximação do Judiciário com o cidadão e apresentando um balanço dos primeiros meses de sua gestão.

O quadro “Fala Aí, Juiz”, uma novidade em emissora de TV, tem como objetivo levar à população esclarecimentos sobre posicionamentos judiciais que, geralmente, não são bem compreendidos. No programa de estreia, o juiz Márcio Brandão responderá perguntas sobre a Lei de Execução Penal e temas como livramento condicional e saída temporária.
Por sua vez, o quadro “Juridiquês” explicará o significado de palavras e expressões usadas no mundo jurídico, de forma clara e objetiva, para que o público entenda melhor o conteúdo de decisões judiciais e de termos usados na rotina dos fóruns e tribunais.

A produção do programa é de responsabilidade das Assessorias de Comunicação do TJ/MA e da Corregedoria Geral de Justiça, que buscarão informações de todos os órgãos do Judiciário estadual, a exemplo da Escola Superior da Magistratura (Esmam), em parceria com toda a equipe da TV Assembleia. Os editores-chefes são os jornalistas Antônio Carlos de Oliveira e Juliana Mendes e o roteirista, o jornalista Paulo Lafene.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free