casa » ALCÂNTARA (página 5)

ALCÂNTARA

Alcântara recebe Selo Maranhão Quilombola na Agritec de Barreirinhas-MA

COMPARTILHE

O município de Alcântara, representado pelas comunidades quilombolas Itamatatiua e Santa Maria, fez exposição de seus produtos na Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec), que aconteceu no município de Barreirinhas, na região dos Lençóis Maranhenses esta semana.

O evento em Barreirinhas traz oportunidades para pequenos produtores quilombolas da região do Munin, Lençóis e Delta do Parnaíba, demonstrarem seus produtos agrícolas e artesanatos, aumentando a comercialização e o apoio à produção.

Em uma ação de destaque do Programa Maranhão Quilombola na Agritec foi a entrega da certificação para o uso do Selo Maranhão Quilombola para a Associação de Moradores do Quilombo Itamatatiua e povoado Santa Maria em Alcântara.

O certificado foi entregue pelo governador Flávio Dino e secretário de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro aos presidentes de Associações Alcantarenses. Além de (Itamatatiua e Santa Maria) em Alcântara, outras comunidades quilombolas de outros municípios receberam o Selo Maranhão Quilombola na Agritec: Barreirinhas (Cantinho, Santo Antônio, Marcelino e Santa Cruz), Rosário (São Miguel), Icatu (Jacarei dos Pretos), Serrano do Maranhão (Deus bem sabe e Vera cruz), Vargem Grande (Piqui da Rampa) e Santa Rita (Cariongo).

Os agricultores quilombolas do município de Alcântara expuseram diversos produtos de suas comunidades nos stands da Agritec com o Selo Maranhão Quilombola: frutas, verduras e legumes, como melancia, farinha, além de artesanatos e artigos de cerâmicas.

“A Seir, juntamente com o Sistema Saf, muito contribuíram para que os agricultores quilombolas do Maranhão desenvolvessem uma agricultura mais sustentável, com maior qualidade de produtos e mais facilidade de comercializar. Isso gera mais renda e mais segurança alimentar nas comunidades”, disse o secretário de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro.

Para o secretário de Agricultura de Alcântara, Erinaldo Pereira, o Selo Maranhão Quilombola chega para dar mais credibilidade aos produtos fabricados em Alcântara. “É muito importante nossas comunidades receberem o Sela Maranhão Quilombola, além de identificar aquilo que é produzido no Quilombo, valoriza ainda mais nossa produção”, destacou.

Além do secretário de Agricultura de Alcântara, Erinaldo Pereira, estiveram presentes os presidentes das Associações e servidores  municipais.

Com informações da  SEIR

Prefeitura de Alcântara inaugura Novo Consultório Odontológico

COMPARTILHE

A Prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Saúde inaugurou nesta quarta-feira (06), um novo Consultório Odontológico na Unidade Básica de Saúde (UBS) Caravelas, em frente a Praça do Galo. O município de Alcântara já dispõe de 5 Consultórios Odontológicos e 01 Odontomóvel visando melhor atender a população alcantarense.

O principal benefício dos consultórios odontológicos é facilitar o acesso da população aos serviços odontológicos, evitando que os cidadãos alcantarenses de localidades distantes precisem se deslocar até o centro da cidade para que sejam atendidos.

Para o prefeito Anderson Wilker, os investimentos em saúde estão acontecendo e em breve o maior sonho da população de Alcântara será entregue ao povo. “Estou muito feliz em poder ajudar o povo de Alcântara. Fui eleito para isso, e vou honrar cada proposta de campanha que fiz ao povo. Estamos expandindo a saúde em Alcântara, principalmente na atenção básica. Estamos prestes a inaugurar o hospital Dr Neto Guterres, um sonho antigo da população. Sabemos da importância da saúde bucal e por esse motivo estamos investindo alto”, enfatizou.

Estiveram presentes na inauguração do novo Consultório Odontológico, o prefeito Anderson Wilker, secretários municipais, diretores de UBS, lideranças políticas e comunitárias, servidores e sociedade civil.

Prefeitura de Alcântara e Famem divulgam Nota de Esclarecimento sobre Fake News

COMPARTILHE

O programa Fantástico da TV Globo, mostrou no último domingo (03), denúncias em que os municípios de Monção e Miranda do Norte são acusados de fraude no censo escolar. Durante a matéria, o repórter Alex Barbosa disse que 137 municípios maranhenses estão sendo investigados por supostos crimes. O repórter não citou os nomes dos demais municípios.

Mas no início desta terça-feira (05), uma lista falsa (FAKE NEWS) com os 217 municípios foi divulgada por parte da imprensa na internet e alguns sites da capital maranhense acabaram publicando a fake news. Entre os nomes citados na falsa lista, aparece o município de Alcântara e mais 136 cidades. A prefeitura de Alcântara emitiu Nota de Esclarecimento.

A prefeitura de Alcântara durante a gestão do prefeito Anderson Wilker não encontra-se na mira de investigação do Ministério Público, como alguns blogues citaram. A lista publicada é tão falsa, que não tem sequer uma identificação do órgão responsável pela investigação. Se fosse uma lista oficial com os nomes das 137 prefeituras investigadas, o papel teria o timbre do Ministério da Educação.

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), divulgou nota esclarecendo que identificou equívocos flagrantes na relação de prefeituras, publicada por um blogueiro da capital, supostamente envolvidas em fraude no Censo Escolar que ensejarão injustificados juízos de valor em relação aos gestores dos municípios citados. Confira abaixo a Nota emitida pela Famem.
A tal lista não identifica o período da suposta investigação, além de não estabelecer as esferas de competência alcançadas pelas alegadas irregularidades, expondo caluniosamente centenas de prefeitos maranhenses.

Por fim, o prefeito de Alcântara, Anderson Wilker e sua equipe técnica, se coloca, como sempre se colocou, à disposição de toda a comunidade e demais autoridades constituídas para prestar todo e qualquer esclarecimento necessário.

Prefeitura de Alcântara realiza Baile dos Idosos

COMPARTILHE

A prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Mulher e Igualdade Racial, com o apoio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, realizou na última sexta-feira (25), o “Baile da Recordação dos Idosos”, como parte das comemorações ao Dia Nacional e Internacional do Idoso.

Esse tipo de evento com promoção de atividades, faz parte dos serviços ofertados pela Prefeitura de Alcântara através de políticas de Assistência Social, em que contribui para o processo de envelhecimento ativo e saudável, fortalecendo os vínculos familiares e com a comunidade, além de garantir inclusão social, e melhorar a qualidade de vida dos idosos atendidos pelo serviço e participantes de grupos.

Essas atividades são realizadas semanalmente pela psicóloga Auriclê Brum e pela educadora física Giosy, com o apoio da equipe da SEMDS. O baile contou um repertório de músicas dos anos 70 e 80 para que todos pudessem se divertir e recordar suas músicas preferidas e os bons tempos vividos. Além da festa, houve um desfile que escolheu a Rainha do Baile e o Dançarino mais Animado.

Além dos idosos e servidores das secretarias parceiras, o prefeito Anderson Wilker, a secretária de Desenvolvimento Social, Maria do Nascimento, e a secretária de Cultura e Turismo, Marcelina Serrão e o secretário de Infraestrutura, Edson Barbosa (Olhinho) também estiveram presentes.

 

Fotos: Divulgação

Prefeito de Alcântara reúne com presidente da Agerp e fecha parcerias para a Agricultura Familiar

COMPARTILHE

O prefeito de Alcântara, Anderson Wilker, acompanhado do secretário de Agricultura, Erinaldo Pereira, reuniu na manhã desta segunda-feira (21), com a presidenta da Agerp, Loroana Santana, para discutir pautas que serão realizadas com a parceria entre Agência Estadual e a Prefeitura de Alcântara.

A pauta debatida na reunião tratou-se de programas e ações como o Acordo de Cooperação Técnica – Resgatando Saberes e Produzindo com Sustentabilidade (ACT 17) – que trabalha com 480 famílias quilombolas atendidas pela Agerp.

O programa visa combater a extrema pobreza no estado do Maranhão beneficiando mais de 2 mil famílias em 15 municípios maranhenses com fomento de R$ 2.400 (dois mil e quatrocentos reais) para cada família, valores que, com acompanhamento da Agerp, são investidos em projetos produtivos.

“Foi uma reunião muito proveitosa e se Deus quiser o município de Alcântara é quem vai ganhar com isso. Firmamos parcerias que vão beneficiar diretamente o Agricultor Familiar de Alcântara. Deixamos outras pautas bem alinhadas, que serão fechadas em breve. Estou feliz com o resultado da reunião”, destacou o prefeito Anderson.

Além do prefeito Anderson e da presidenta Loroana, participaram da reunião, a gestora da Regional de São Luís, Adelana Santos e a veterinária da Agerp, Angela Santos.

Texto: Agerp/rede social

Secretário Olhinho entrega brinquedos para crianças na zona rural de Alcântara-MA

COMPARTILHE

O secretário de Infraestrutura e Serviço Público de Alcântara, Edson Barbosa, carinhosamente chamado por amigos como Olhinho, esteve neste sábado (12) visitando a comunidade Itaaú, na zona rural do município de Alcântara. Durante a visita, Olhinho aproveitou para fazer aproximadamente 50 crianças felizes.

Como lembrança pelo Dia Nacional das Crianças, Olhinho entregou brinquedos para as crianças da comunidade. A ação foi financiada com recursos próprios e deixou dezenas de crianças bastante felizes.

“É uma maneira que escolhi para presentear as crianças desta comunidade neste Dia das Crianças. É com humildade, mas de coração que tive a satisfação de entregar os brinquedos. Fiquei emocionado ao ver as crianças feliz. Pode ser pouco para muita gente, mas para crianças carentes é muito valioso, principalmente em uma data especial desta”, destacou Olhinho.

Olhinho é um dos secretários da gestão do prefeito Anderson Wilker que realiza um grande trabalho em Alcântara, principalmente na zona rural. Carpinteiro de ofício, Olhinho mesmo secretário, mete a mão na massa, mostrado que gestão pública se faz é com trabalho. Em sua pasta, seu colaboradores mostram satisfação em ter um líder que não mede esforços para mostrar resultado em tudo que faz.

Além dos brinquedos entregues, as crianças receberam Pipoca, Cachorro Quente, Picolé, Bom Bom Garoto e Refrigerante. Foi uma tarde de muita alegria para as crianças do povoado Itaaú, na zona rural de Alcântara, proporcionada pelo secretário Olhinho.

Fotos: Reprodução

Alcântara realiza a VIII Conferência Municipal de Assistência Social

COMPARTILHE

A Prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, com o apoio do Conselho Municipal de Assistência Social, realizou nesta quarta-feira (09), a VIII Conferência Municipal de Assistência Social, que trouxe como tema “Assistência Social: Direito do Povo, com Financiamento Público e participação Social.

Antes da abertura oficial os participantes cantaram os hinos nacional e municipal e assistiram apresentação de um grupo de ballet da Secretaria. Houve a palestra com a Assistente Social, Vanessa Silva Oliveira, sobre o tema da Conferência. O evento foi realizado ao longo de todo o dia na Sede do CRAS, localizada no Centro da cidade.

Três grupos foram formados para discutir os seguintes eixos: Eixo I A Assistência Social como Direito do Povo, Eixo II Financiamento Público, Eixo III Participação Social, mas essa formação de grupos também debateu eixos temáticos.

A representante do Conselho Estadual da Assistência Social, Benigna Regina Castro Martins Almeida, destacou a importância de uma Conferência Municipal de Assistência Social para Alcântara. “As conferência têm um significado diferenciado, principalmente em um país em que vivenciamos o desmonte das Políticas Públicas. As políticas de Assistência Social também estão sendo desmontadas. Os recursos não estão sendo repassados aos municípios. O orçamento aprovado para o próximo ano é praticamente menor que o de 2019. Nosso objetivo com as conferências é ter mais CRAS, manter o serviço de Convivência funcionando. Nossa missão agora é pedir para manter os serviços de Assistência Social.Se continuar como está, onde o governo federal não repassa as verbas, a tendência é parar tudo. Realizar conferência no Maranhão, mostra que não estamos concordando com esse descaso. Mesmo sem recursos, percebemos que o município de Alcântara trabalha um planejamento para hoje, mas pensado no amanhã”, disse a Conselheira.

Já a secretária de Assistência Social, Menca Pinho foi categórica ao afirmar a importância de uma conferência, reunindo usuários do SUAS e autoridades municipais e estaduais. “Os cortes dentro da política de assistência é nítido aos olhos de todos. Esta conferência em Alcântara chama a população, principalmente os usuários dos serviços dos CRAS, CREAS, programa Criança Feliz, Serviço de Convivência e os beneficiários dos Programas Sociais,  que são os principais atores da 8º Conferência, já que essa política e atendimento são para eles. Hoje a população precisa entender que para que haja ainda mais serviços e de qualidade, precisamos está juntos para brigar ainda mais pelo có financiamento e financiamento, embora a prefeitura já faça além de suas forças”, destacou.

A  Assistente Social, Vanessa Silva Oliveira, que foi a conferencista do evento, fez uma análise do momento atual do SUAS e destacou a importância do planejamento para os próximos 2 anos. “É importante sensibilizar as pessoas de nossos direitos, o governo está fazendo favor, já passamos do status de assistencialismo. A Assistência Social precisa ser vista como direito de todos, já que o financiamento é público, tanto no âmbito municipal, estadual e federal. Queremos mostrar aos nossos usuários do SUAS os avanços que Alcântara teve ao longo dos últimos 2 anos, mesmo o governo federal querendo acabar com a política de Assistência Social”, finalizou.

O prefeito Anderson Wilker participou da abertura da VIII Conferência Municipal de Assistência e destacou os avanços, falou das dificuldades, mas elencou o grande trabalho realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social em sua gestão. “A conferência é um momento importante para se debater, planejar, mas também para ouvir a população. Em 2017 encontramos uma Assistência Social inoperante, nada funcionava, todos os programas federais bloqueados, mas graças a Deus com muito trabalho, conseguimos colocar em funcionamento e agora estamos ampliando os serviços, além de reestruturar a secretaria, com bons profissionais, equipamentos e veículos para atender bem nosso povo. Mesmo com dificuldades, nosso trabalho  está avançando. Ampliamos o programa Criança Feliz e já atendemos na sede e zona rural. Inauguramos a Cada de Apoio ao Idoso, além disso o trabalho da Assistência tem reconhecimento de órgãos públicos, como a Defensoria Pública, que reconhece nosso trabalho”, destacou o prefeito.

No fim da tarde foram realizadas as leituras, apreciação e votação das deliberações dos grupos de trabalho, onde foram eleitos os delegados e seus respectivos suplentes, representando o poder executivo e sociedade civil respectivamente.

A Conferência Municipal é um evento de caráter deliberativo para debater e avaliar a Política de Assistência Social, onde são retiradas novas diretrizes, no sentido de consolidar e ampliar os direitos socioassistenciais de seus usuários no município de Alcântara.

Participaram do evento, membros do Conselho Municipal de Assistência Social, secretários municipais, membros do Conselho Estadual de Assistência Social, servidores e sociedade civil.

Fotos: Mauro Garcia

Prefeitura de Alcântara realiza Seminário sobre violência contra Idoso

COMPARTILHE

Prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, da Mulher e Igualdade Racial, realizou na manhã desta quinta-feira (03), um Seminário em alusão ao Dia Nacional e Internacional do Idoso, que discutiu a temática sobre violência e negligência contra o idoso.

O evento contou com os palestrantes Promotor do Idoso de São Luís, José Augusto Cutrim Gomes e a professora de psicologia, doutora Ana Beatriz Rocha Lima, da Faculdade Uninassau. Após a formação da mesa, o Grupo de Idosos – A Felicidade não tem Idade, se apresentou com a dança do carimbó e botou o público presente para dançar.

Durante o período de apresentação, a secretária de Desenvolvimento Social, Menca Pinho, destacou o trabalho realizado em Alcântara com os idosos do município na gestão do prefeito Anderson Wilker.

“Com os técnicos da secretaria, a partir dos atendimentos nós identificamos que inúmeros idosos em nosso município tem passado por momentos de negligência. e abandono familiar. Em virtude disso realizamos este seminário que servirá para destacar à sociedade que esse é um problema de todos nós, e não só um problema da família, do governo ou do estado, é um problema da sociedade. Temos que pensar uma política de envelhecimento saudável, políticas voltadas para a população idosa de Alcântara que é crescente no município. Este é nosso papel e a secretaria está levando informações dos direitos e garantias que a população idosa tem”, destacou Menca Pinho, que anunciou a criação do Conselho Municipal do Idoso em Alcântara.

O Promotor do Idoso de São Luís, José Augusto Cutrim Gomes, falou da proteção e cuidados com os idosos, que merecem todo tratamento em qualquer lugar.

“No último dia 01 de outubro se comemorou o Dia Nacional e Internacional do Idoso, que serviu para a gente fazer uma reflexão sobre a violência e negligência contra o idoso. Os idosos são violentados como qualquer outra pessoa, na sua integridade física, psíquica e moral. Estamos trabalhando os tipos de violência, como denunciar e até mesmo como o próprio idoso denunciar da violência, que na grande maioria acontece no seio familiar. O próprio idoso ainda não tem consciência que ele é violentado, principalmente por acharmos que violência só é quando existe espancamento. O índice da violência contra o idoso tem crescido de forma geométrica no Maranhão. Só que a violência sempre existiu, mas os idosos não sabiam como denunciar”, disse.

A psicóloga Ana Beatriz Rocha Lima, professora da Faculdade Uninassau, destacou a importância de programas voltados para o idoso e principalmente o tratamento.

“A expectativa dos idos no mundo aumentou. Nossa preocupação é saber como os idosos poderão viver mais, mas com qualidade. São esse espaços como o Serviço de Convivência, o CRAS e o CREAS que ajudam a gente pensar qual é o papel do idoso na sociedade. A gente pensa em uma cidadania, mas também na inclusão social do idoso. A gente poderia pensar no envelhecimento como um momento da vida, caracterizado por perdas cognitivas e comportamentais, mas para os idosos o tema é mais forte, eles são mais fragilizados e dependentes. A psicologia tem ajudado nesse tema, seja na clínica ou no CREAS e CRAS, seja na área da Assistência Social ou da Saúde”, enfatizou.

TIPOS DE VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO

Violência Física: é todo comportamento que implique agressão física, por exemplo, crimes de ofensa à integridade física, maus tratos físicos, sequestro, intervenções e tratamentos médicos arbitrários.

Violência Psicológica/Verbal:Provocar intencionalmente na pessoa idosa dor, angústia através de ameaças, humilhações ou intimidação de forma verbal ou não verbal, por exemplo, insultos, ameaças, humilhação, intimidação, isolamento social, proibição de atividades.

Violência Sexual: Violência na qual o agressor abusa do poder que tem sobre a vítima para obter gratificação sexual, sem o seu consentimento, sendo induzida ou obrigada a práticas sexuais com ou sem violência.

Negligência e Abandono: é o ato de omissão de auxílio do responsável pela pessoa idosa em providenciar as necessidades básicas, necessárias à sua sobrevivência, por exemplo, o crime de omissão de auxílio e não providenciar acesso a cuidados de saúde.

Violência Financeira/económica: qualquer prática que visa a apropriação ilícita do património de uma pessoa idosa e pode ser realizada por familiares, profissionais e instituições.

Violência Doméstica: Infligir, de forma continuada ou não, maus tratos físicos ou psíquicos, a pessoa particularmente indefesa em razão da sua idade ou dependência económica que consigo coabite, por exemplo, castigos corporais, privações da liberdade e ofensas sexuais.

O município de Alcântara já conta com a Casa de Apoio ao Idoso, inaugurada pelo prefeito Anderson Wilker, que acolhe os idosos alcantarenses tanto da sede, quanto da zona rural. Além disso leva atendimento de saúde, direito e assistência aos idosos.

Estiveram presentes a secretária de Assistência Social ( Menca Pinho), a secretaria de finanças (Alcilene Araújo), o vice prefeito Sargento Leitão, equipe técnica da secretaria, idosos e sociedade civil.

Prefeitura de Alcântara realiza I Ciclo Formativo Municipal para Gestores Escolares, Coordenadores de Polo e Equipe Técnica Pedagógica da SEMED

COMPARTILHE

Melhorar ainda mais a qualidade do ensino na rede municipal de educação é uma das metas do prefeito Anderson Wilker. Pensando nisso, a Prefeitura Municipal de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), realizou nos dias 20 e 21 de setembro, o I Ciclo Formativo Municipal para Gestores Escolares, Coordenadores de Polo e Equipe Técnica Pedagógica da SEMED.

 

A formação é uma das ações do Pacto pela Aprendizagem do Programa Estadual Escola Digna pactuado entre o Município de Alcântara e o Governo Estadual.

A formação proporcionou a análise e reflexão dos resultados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) e do Sistema Estadual de Avaliação do Maranhão (SEAMA), e assim, serem desenvolvidas ações que visem melhorias na qualidade do ensino ofertado na rede municipal de Alcântara.

O evento aconteceu no Museu da Casa Histórica na cidade de Alcântara das 8h da manhã às 17h e contou com as articuladoras pedagógicas Eleodora Boas e Rowsykléa Araújo Chaves, além do Dirigente Municipal de Educação, José Rogério Paixão Lopes.

O próximo passo será a formação continuada para todos os professores da rede municipal de ensino.

Prefeitura de Alcântara realiza I Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional

COMPARTILHE

Uma alimentação de qualidade reflete na boa saúde e ajuda na sobrevivência de uma população, seja ela jovem ou adulta. Visando discuti uma de suas prioridades que é a Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), a Prefeitura de Alcântara, através do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e nutricional, com apoio das Secretarias Municipais de Desenvolvimento Social e Agricultura, promoveu na ultima quarta-feira (18), a I Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

O evento aconteceu na Primeira Igreja Batista de Alcântara, localizada na Ladeira do Jacaré, e teve como tema: Brasil e o Mapa da Fome: estratégias de superação da insegurança alimentar e nutricional em Alcântara e Maranhão, na qual buscou ampliar e fortalecer os compromissos políticos para a promoção da soberania alimentar, garantindo a todos o direito humano à alimentação adequada e saudável, assegurando a participação social e a gestão intersetorial.

Na abertura da programação da conferência foi realizada a leitura e aprovação do Regimento da I Conferência, seguida pela explanação das seguintes exposições: a política de SAN em Alcântara: ações, programas e da 1ª Cozinha Comunitária Quilombola do Brasil conduzida pelos técnicos das secretarias municipais e os avanços, desafios e a importância da Política de SAN ministrada por Valdinê Milhomem, gestora de programas da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDES).

Em seguida, a presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA-MA), Concita da Pindoba ministrou a palestra magna: Brasil e o Mapa da Fome: estratégias de superação em Alcântara e Maranhão.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Social, Maria do Nascimento (Menca Pinho), uma Conferência Alimentar e Nutricional melhora toda estratégia de uma gestão pública, principalmente a área de saúde.

Para a coordenadora da política de Segurança Alimentar de Alcântara, Rafaelle Corrêa, a conferência ajuda no planejamento de uma boa gestão. “A I Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional em Alcântara foi um momento oportuno para analisarmos e debatermos os avanços e desafios na atual conjuntura (em todas as esferas) na Consolidação do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional e efetivação do Direito Humano à Alimentação Adequada e Saudável, além de percebermos o impacto positivo que o equipamento de SAN proporciona para a cidade”, afirma Rafaelle.

Ao final, a plenária debateu e aprovou as propostas oriundas das discussões realizadas nos trabalhos de grupo, sob os eixos 1 e 2 em que pode ser discutida as estratégias da continuidade da política de SAN e analisar os avanços e recuos no decorrer dos últimos anos, incluindo aspectos financeiros.

Durante a conferência foi realizada a eleição dos três delegados (titulares e suplentes), que irão representar o município de Alcântara na VI Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, que ocorrerá em São Luís-MA.

Participaram da conferencia vários segmentos da sociedade civil, estudantes, conselheiros do COMSEA, secretários municipais da Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Social na qual a política é vinculada, representantes da SEDES, CONSEA e bolsista do Projeto Consolida SISAN (UFMA).

Por Rafaelle Corrêa

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free