casa » Archivo de Etiquetas: Zé Martins

Archivo de Etiquetas: Zé Martins

Bequimão encerra campanha com 107,65% do público alvo imunizado contra Influenza

COMPARTILHE

A Campanha de Imunização contra a Influenza e seus subtipos foi encerrada no último dia 30, em todo o país. O município de Bequimão ultrapassou a meta nacional de vacinação, fixada em 90% pelo Ministério da Saúde (MS). A cobertura vacinal no município chegou a 107,65% do público alvo.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), 6.246 pessoas receberam as doses da vacina, em pouco mais de três meses de campanha. O público alvo, no município, foi estimado em 5.802 pessoas. A vacina foi disponibilizada em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), na zona rural, bem como no Centro de Saúde Santo Antônio, na sede.

A primeira fase da campanha começou no dia 23 de março. Nela, foram vacinados idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da saúde. Na segunda fase, iniciada no dia 16 de abril, foi a vez dos membros das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais, caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo e portuários, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. Já na terceira fase, iniciada no dia 9 de maio, foram imunizadas pessoas com deficiência, professores, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, mães no pós-parto até 45 dias e pessoas de 55 a 59 anos.

Antes do fim da campanha, no dia 30 de junho, Bequimão já havia ultrapassado a meta nacional de vacinação. Segundo informou a Semus no dia 24 de junho, 97,31% do público alvo já haviam sido imunizados nesta data. Mesmo, com o fim da campanha, a vacinação ainda continua no município. Isso porque, apesar do sucesso da mobilização, ainda restaram 300 doses da vacina.

Conforme a coordenação de imunização, essas doses estão sendo disponibilizadas em todos os postos previamente divulgados pela Prefeitura de Bequimão. Quem tiver interesse em se imunizar contra influenza deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua casa, das 7h30 às 12h e das 14h às 17h.

Ao sair de casa para tomar a vacina, é obrigatório o uso da máscara e a manutenção do distanciamento social de pelo menos dois metros na chegada aos postos. É ainda indispensável a apresentação de RG, CPF, caderneta de vacinação e cartão do SUS. Por fim, a Semus informa à população que a vacina não previne a Covid-19, mas pode auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para a doença, uma vez que os sintomas são semelhantes aos da gripe.

Prefeitura de Bequimão intensifica Campanha de Vacinação contra a Influenza; município já ultrapassa meta nacional de vacinação

COMPARTILHE

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), está intensificando a Campanha de Vacinação contra o H1N1 e seus subtipos. A mobilização para livrar a população bequimãoense da influenza vai até terça-feira (30). A vacina contra a gripe é segura e está sendo oferecida na sede e na zona rural do município.

Serão vacinados, nesta reta final da campanha, doentes crônicos, crianças de até cinco anos, gestantes, puérperas e professores. Para se imunizarem, essas pessoas devem se dirigir ao Centro de Saúde Santo Antônio ou às Unidades Básicas de Saúde (UBS’s). O atendimento é feito de segunda a sexta, das 7h30 às 12h e das 14h às 17h.

Somando todas as fases, a Campanha de Vacinação contra a Influenza já imunizou 97,31% do público alvo em Bequimão. O percentual alcançado pelo município já ultrapassa a meta nacional, fixada em 90% pelo Ministério da Saúde (MS). Segundo a coordenação local de imunização, Bequimão recebeu 6.750 doses da vacina desde que a campanha foi iniciada. Até o momento, 5.685 pessoas já foram imunizadas no município.

Prefeitura de Bequimão recebe doação de kits para recém nascidos de comunidades quilombolas

COMPARTILHE

Nesta terça-feira (23), a Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, recebeu 10 kits para doação a recém nascidos de comunidades quilombolas certificadas e em processo de certificação pela Fundação Palmares.

Os kits foram doados pela enfermeira Rayane França, do Centro de  Saúde Santo Antônio. O secretário de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins, foi quem recebeu o material.

Os kits de recém nascido contêm cobertor, toalha de banho, toalhas de boca, pote de lenço umedecido, camisetinha, calça enxuta e 3 camisetas.

Os agentes comunitários de saúde ficaram responsáveis pela indicação das gestantes, que vão receber os frutos desse gesto de solidariedade.

 

Por Tribuna de Bequimão

Em novo decreto, prefeito Zé Martins oficializa reabertura de igrejas e templos religiosos em Bequimão-MA

COMPARTILHE

O prefeito Zé Martins publicou novo decreto, permitindo que igrejas e templos religiosos de Bequimão possam retomar suas atividades. A decisão, assim como vem acontecendo no plano de reabertura gradual, está condicionada ao atendimento das normas de segurança e é passível de revogação. A taxa de ocupação dos leitos exclusivos para Covid-19, no Hospital Lídia Martins, é o que deve definir o futuro dessa e de outras atividades no município, conforme já sinalizou o comitê local de gerenciamento da crise sanitária.

O decreto n° 012/2020 estabelece condições para a retomada dos encontros religiosos. A princípio, cultos e missas devem ser realizados no prazo de uma hora, com intervalos de pelo menos duas horas entre si, para que templos e igrejas sejam higienizados. Estes espaços só podem funcionar das 6h às 22h, com 50% da capacidade total, fazendo a demarcação com fitas, para que a distância de dois metros entre as pessoas seja respeitada e não haja aglomeração. Além disso, frequentadores devem usar obrigatoriamente máscara e higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel 70%, na entrada e na saída.

Pessoas que fazem parte do grupo de risco devem permanecer em distanciamento social. São elas: pessoas com 60 anos ou mais; com pneumopatias graves ou descompensados (em uso de oxigênio domiciliar, asma moderada/grave, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC); com cardiopatias graves ou descompensadas (insuficiência cardíaca, cardiopata isquêmica, arritmias); imunodepressão; doenças renais crônicas em estágio avançado (3,4 e 5); diabetes mellitus; obesidade mórbida (IMC maior ou igual a 40); doenças cromossômicas com estado de fragilidade imunológica (Síndrome de Down); gestantes; e outras, conforme definição da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES-MA). Pessoas nessas condições de saúde só podem acompanhar as cerimônias religiosas virtualmente. A mesma recomendação é dada a frequentadores que apresentarem sintomas gripais (sensação febril ou febre; tosse; falta de ar; dor muscular; sintomas respiratórios superiores; fadiga; ausência de olfato e paladar; e sintomas gastrointestinais).

Por enquanto, o decreto n° 012/2020 mantém todas as outras restrições já estabelecidas anteriormente, especialmente as que fazem parte do decreto n° 010/2020. Logo, continuam suspensas as aulas e a realização de eventos em Bequimão. Também está mantido o rodízio de veículos particulares e daqueles que fazem linha para a sede, onde estão concentrados os estabelecimentos com maior atividade comercial do município. Aliada às barreiras sanitárias, essa tem sido uma estratégia eficaz no disciplinamento da circulação de pessoas na cidade. Essas medidas impactaram na diminuição da taxa de internação por Covid-19, no Hospital Lídia Martins. Na última terça-feira (16), por exemplo, os leitos exclusivos da unidade de saúde estavam vazios.

Mas a retomada da rotina deve ser precedida de muita cautela, alerta Zé Martins. “A retomada da rotina em Bequimão está acontecendo de forma gradual. Não vamos flexibilizar todas as restrições da noite para o dia. Estamos avaliando todos os cenários para só então dimensionar a real situação do nosso município em meio à pandemia. Como o vírus é altamente contagioso, essa retomada depende do nosso compromisso diário com cuidados primários de higiene e proteção. O município tem sim liberdade para avançar ou recuar, mas precisamos fazer isso de maneira responsável, preservando vidas”, concluiu o prefeito de Bequimão.

Prefeitura de Bequimão promove noite de louvor para comemorar 85 anos do município

COMPARTILHE

O dia 18 de junho tem sido reservado, todos os anos, para dar início às comemorações do aniversário de Bequimão com uma celebração evangélica. Neste ano, para garantir o distanciamento social, o Culto em Louvor a Deus pelos 85 anos de emancipação política do município foi sem plateia e transmitido ao vivo pelo Youtube. A medida foi tomada pelo prefeito Zé Martins, para evitar aglomerações.

A programação organizada pela Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria de Cultura e Igualdade Racial, contemplou representantes das diversas igrejas do município.

O culto teve as participações do apóstolo Adeildo Alves (pregador da IBC), pastor Agemiro (pregador da Igreja Universal) e Rogério Paixão (diácono da Igreja Assembleia de Deus). O louvor foi conduzido por Ivoney Jesper, Vaninha Tavares, Karine Melo, Ivone Gusmão, Ana Elvira, e Adeilson Reis. O locutor da Rádio 92 FM, Ramony Lira, também participou.

O apóstolo Adeildo Alves destacou a união de todos para vencer os obstáculos e fazer o município crescer. Segundo o representante da Igreja IBC de Bequimão, o objetivo da população precisa ser um só: fazer Bequimão se desenvolver.

“Sem partidarismo, precisamos sonhar com o gestor após ele ser eleito. Quando eu cheguei aqui de volta à cidade, eu vim para somar, porque eu não vim para a cidade; eu voltei para minha casa após 17 anos. Precisamos sonhar um sonho, um sonho de uma cidade melhor. Vamos sonhar uma cidade só. Eu construí uma frase para mim e vou compartilhar com os bequimãoenses: Eu não quero um prefeito perfeito, eu quero minha cidade melhor. O poder não emana do povo, o poder emana de Deus. E nós somos os atores principais escolhidos por Deus para proporcionar essa mudança”, defendeu o apóstolo.

O secretário de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins, que esteve presente no evento, finalizou a Live agradecendo aos pastores e aos membros das Igrejas, que se uniram para que o culto fosse realizado mesmo on-line, em comemoração aos 85 anos de Bequimão. O secretário frisou, ainda, o acordo entre a gestão municipal e as lideranças religiosas no que tange ao funcionamento dos templos, mas respeitando todas as medidas sanitárias.

DATA COMEMORATIVA

18 de junho tornou-se o “Dia Municipal da Marcha para Jesus”, após projeto de lei Nº 02/2017, de autoria do vereador Professor Zeca, sancionado pelo prefeito Zé Martins. A data é especial para as Igrejas Evangélicas de Bequimão, reunindo seus membros para agradecer a Deus pelas conquistas e para orar pelo povo do município de Bequimão. O evento religioso sempre é realizado na Praça 2 de Novembro e reúne cantores e pastores.

Em relatório, Prefeitura de Bequimão mostra alcance das ações de conscientização e investimentos na estrutura da saúde

COMPARTILHE

Nos últimos anos, Bequimão tem sido referência na gestão da saúde pública, o que fez toda diferença neste momento delicado de expansão da Covid-19. Pela proximidade da capital São Luís, já era esperado que o município fosse um dos primeiros do Maranhão a registrar casos do coronavírus. Foi pensando nisso que o prefeito Zé Martins instaurou, desde o dia 03 de março, uma Comissão Especial para elaborar estratégias de controle e combate à pandemia. Foram logo iniciadas as ações de conscientização, as medidas de restrição e realizados investimentos em equipamentos, restruturação das equipes de saúde e em melhorias no hospital. Um balanço desse trabalho foi enviado à Câmara Municipal de Bequimão, na sexta-feira (29).

Diferente do que acontece em boa parte dos municípios brasileiros, os moradores de Bequimão com sintomas ou diagnosticados com a Covid-19 não precisam comprar medicamentos. O prefeito Zé Martins montou uma equipe para atendimento domiciliar volante e disponibilizou canais para teleatendimento. Esses profissionais identificam os casos que precisam logo de tratamento e entregam um kit com os remédios. Essa estratégia tem possibilitado o cuidado precoce e gratuito de dezenas de bequimãoenses.

A equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), com fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, assistente social e psicólogo, intensificou a assistência a idosos e acamados, com visitadas domiciliares nos mais diversos povoados do município.

Também foi possível aumentar o percentual de testagem, com a aquisição de mais testes rápidos. Hoje, a Secretaria Municipal de Saúde e a Vigilância Epidemiológica podem trabalhar com dados mais aproximados da real situação do coronavírus no município. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado no dia 02 de junho, dos 141 casos suspeitos, 106 foram confirmados por teste ou por vínculo epidemiológico (no caso de pessoas sintomáticas que convivem com pacientes diagnosticados por exame).

Na última semana, houve uma diminuição nas internações por Covid-19, o que tem sinalizado para a Prefeitura a possibilidade de uma reabertura gradual das atividades comerciais.

Para a segurança dos profissionais da saúde, foram comprados Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), incluindo macacões impermeáveis, óculos de proteção, máscara N95, toucas, luvas de procedimentos, aventais descartáveis e máscaras de proteção (face shield). Esses itens precisam ser constantemente repostos, para evitar ao máximo a contaminação dos profissionais do Hospital Lídia Martins e das equipes volantes e da Estratégia Saúde da Família.

A Prefeitura de Bequimão também comprou e instalou no hospital mais três leitos, cinco aparelhos de ar-condicionado, três bebedouros (como forma de reduzir o contato dos pacientes na enfermaria) e duas máquinas de lavar (para lavagem separada de lençóis, aventais e roupas usadas no ambiente hospitalar).

Medidas de prevenção

O primeiro decreto, que suspendeu as aulas, eventos públicos e aglomerações, foi editado em 17 de março, quase um mês antes de aparecer o primeiro caso suspeito no município. Nos decretos seguintes, a Prefeitura de Bequimão aumentou as medidas de restrição, com a manutenção apenas do comércio essencial (alimentos e farmácia). A Guarda Municipal, a Política Militar e uma empresa de segurança privada trabalharam em conjunto para garantir o cumprimento dos decretos municipais.

Também foi disciplinada a circulação de veículos. Nas barreiras sanitárias, montadas nos dois principais acessos ao Centro, os profissionais de saúde fazem monitoramento da temperatura de condutores e passageiros, bem como orientam sobre a prevenção da doença. São abordados, ainda, os usuários de vans, ônibus e micro-ônibus, em viagens que passaram a operar com metade da capacidade de lotação.

As ações de conscientização continuaram nas ruas, com distribuição de panfletos e circulação de carro de som, mas também foram levadas às redes sociais digitais. Com isso, a Prefeitura de Bequimão, segundo o relatório, ampliou o alcance das medidas preventivas entre os moradores, o que ajudou na maior adesão ao distanciamento social.

Outra importante medida contra o coronavírus é a desinfecção de espaços públicos e áreas onde há eventual circulação de pessoas, como os pontos de comércio. Um carro pipa foi contratado para ampliar esse trabalho, jogando uma solução à base de água sanitária pelas ruas.

Ações sociais

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, está realizando atendimento psicológico online, mobilizando os profissionais do CRAS e CREAS. Também foram montados plantões para assistência às pessoas que solicitaram o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e o Auxílio Emergencial do governo federal. O Programa Criança Feliz tem acompanhado a situação de 240 famílias.

Com apoio do deputado estadual Zé Inácio, a Prefeitura de Bequimão distribuiu 20 toneladas de alimentos. Em abril, já haviam sido entregues à população mais vulnerável cerca de 10 toneladas de pescados. Com o Kit Emergencial da Alimentação Escolar, todos os 3.287 alunos, das 33 escolas da Rede Municipal, receberam alimentos. Todas as medidas integram um plano de ação para continuar fortalecendo a segurança alimentar no município.

A população também teve a proteção primária garantida pela Prefeitura de Bequimão. Numa parceria com os comerciantes locais, a administração do prefeito Zé Martins, por meio da Sala do Empreendedor, conseguiu confeccionar e distribuir 10 mil máscaras. Os pequenos empresários doaram tecidos, linhas e elásticos; a Prefeitura pagou pelo trabalho de 17 costureiras, que puderam ter uma renda extra nesse momento de crise econômica.

“Estamos fazendo um trabalho com muita responsabilidade, tratando a pandemia com a seriedade que a situação exige. Temos encontrado dificuldade na aquisição de medicamentos e de testes, porque a demanda é alta e nem sempre encontramos à venda, mas isso não nos desanima e estamos conseguindo superar, aos poucos. Nossas equipes têm sido incansáveis, para garantir que mais vidas sejam salvas. Os recursos são geridos também com muita cautela, porque uma gestão que trabalha com planejamento não pode gastar tudo de uma vez. É com essa responsabilidade que temos esperança de superar, muito em breve, mais esse desafio”, destacou o prefeito Zé Martins.

Por Tribuna de Bequimão

Prefeitura de Bequimão já distribuiu 10 mil máscaras para famílias carentes do município

COMPARTILHE

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Sala do Empreendedor, uniu forças com comerciantes e empreendedoras do ramo de corte e costura, para garantir mais proteção à população do município, durante a pandemia do ovo coronavírus. A campanha “Máscara Solidária”, lançada em abril pela gestão municipal, já confeccionou e distribuiu dez mil máscaras às famílias em situação de vulnerabilidade e a trabalhadores dos serviços essenciais.

A confecção das máscaras é uma alternativa para evitar o surgimento de novos casos da Covid -19, em Bequimão. “Chegou a hora de unirmos forças e ajudar quem mais precisa. Se quem tem condições de comprar está enfrentando dificuldades para ter acesso ao equipamento de proteção, imagine aquelas pessoas que não têm condições. E a nossa ideia surgiu justamente da necessidade de ajudar essas pessoas a se protegerem do coronavírus, que infelizmente já é uma realidade no nosso município”, explicou o agente de desenvolvimento da Sala do Empreendedor de Bequimão, Valdeci Amorim.

Além de proteger os bequimãoenses mais vulneráveis com a entrega de máscaras, a Prefeitura de Bequimão também abriu oportunidades para quem trabalha com corte e costura, criando uma forma de gerar renda aos trabalhadores do ramo e aquecendo a economia do município.

Tecidos, linhas e elásticos foram doados por empresários locais para a confecção das máscaras. Os comerciantes abraçaram a campanha “Máscara Solidária”, entendendo a importância da prevenção contra o novo coronavírus. A ação social com iniciativa da Sala do Empreendedor comoveu os comerciantes bequimãoenses.

Prefeito Zé Martins inicia pagamento de servidores referente ao mês de maio nesta segunda (1º)

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins divulgou o calendário de pagamento referente aos salários dos servidores municipais do mês de maio 2020. De acordo com o calendário, os pagamentos começaram ser efetuados esta segunda-feira, dia 01 de junho e serão realizados em dias alternados para evitar aglomerações o caixa eletrônico da cidade.

Em sua página na rede social, o prefeito Zé Martins publicou uma nota esclarecendo a forma de pagamento e os motivos dessas medidas, já que estamos em período de pandemia. VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA ABAIXO.

                                                                                           NOTA

Vamos começar a pagar os salários do funcionalismo municipal a partir desta segunda-feira, dia 1º de junho.
Assim como nos meses anteriores, o pagamento será feito de forma escalonada, para evitar aglomerações no entorno do serviço de autoatendimento do município.
Antes de sair de casa para sacar o seu dinheiro, não esqueça de colocar a máscara.
Atenção também para o limite de distanciamento de pelo menos um metro e meio na fila do caixa eletrônico.
Zé Martins
Prefeito de Bequimão-MA

Prefeito Zé Martins visita obra adiantada do estádio Vivaldão, que está sendo conduzida com segurança aos trabalhadores

COMPARTILHE

Está adiantada a reforma e ampliação do Estádio Municipal Vivaldo Lemos Paixão (Vivaldão), em Bequimão. A obra tem sido conduzida com toda segurança aos trabalhadores, que utilizam máscaras e demais equipamentos de proteção individual. Neste sábado (30), o prefeito Zé Martins vistoriou os trabalhos da primeira etapa. Já se pode ver a estrutura básica das arquibancadas, um sonho antigo dos amantes de futebol do município.

O projeto prevê, ainda, a ampliação dos vestiários, a recuperação da iluminação, a reforma do alambrado e a implantação de uma pista de atletismo. O gramado será todo recuperado.

A obra no valor de R$ 452.026,82 (quatrocentos e cinquenta e dois mil, vinte e seis reais e oitenta e seis centavos) é fruto de uma emenda parlamentar do ex-deputado federal Victor Mendes, viabilizada por meio do Ministério dos Esportes. A Prefeitura de Bequimão também está investindo recursos, como contrapartida do convênio.

Com a recuperação da iluminação, o estádio Vivaldão terá condições para a realização de jogos no período noturno, o que amplia as possibilidades de uso desse espaço de lazer aos desportistas bequimãoenses.

“Desde 2013, estamos fazendo um trabalho constante de resgate do futebol em Bequimão. Nosso município sempre teve tradição nos campeonatos intermunicipais, revelando talentos do esporte, mas isso foi se perdendo. Conseguimos voltar a movimentar os campeonatos em todo o município, recuperamos algumas arenas nos povoado e, agora, vamos concretizar esse sonho de ter o Vivaldão com uma estrutura melhor para os atletas e para quem vem prestigiar os jogos”, destacou, orgulhoso, o prefeito Zé Martins.

O estádio municipal Vivaldão foi murado na gestão do ex-prefeito Vivaldo Lemos Paixão e inaugurado em 1992, último ano de sua gestão.

Prefeito Zé Martins recebe oficialmente caminhão frigorífico para fortalecer a agricultura familiar de Bequimão

COMPARTILHE

O prefeito Zé Martins recebeu, oficialmente, nesta terça-feira (19), um caminhão baú refrigerado, adquirido com recursos federais, por meio do Ministério da Cidadania. O veículo vai dar mais condições de escoar a produção da agricultura familiar do município, ampliando o trabalho já realizado na política de Segurança Alimentar e Nutricional em Bequimão.

O caminhão foi entregue pelo governo do estado, com termo de cessão assinado pelo prefeito Zé Martins e a pelo secretário de Desenvolvimento Social do Estado do Maranhão, Márcio José Honaiser.

De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, o governo federal exigiu que o município já estivesse executando o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) há pelo menos 3 anos. Em Bequimão, faz mais de 6 anos que a administração de Zé Martins implantou o programa. Além disso, era necessário aderir ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN), no sistema da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan) e do Conselho Nacional de Segurança Alimentar (Consea). Todos os requisitos foram devidamente cumpridos.

A coordenadora da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, Clenilde Gusmão, informou que 30 agricultores são cadastrados, atualmente, na proposta do PAA e mais 10 agricultoras fazem parte do PAA da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). São esses trabalhadores e trabalhadoras que terão auxílio do caminhão frigorífico no transporte de seus produtos.

Segundo a assistente social Maria Neide Rodrigues, assessora técnica da Secretaria Municipal de Assistência Social, o processo de construção da política de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), no município de Bequimão, aconteceu em 13 de julho de 2017, quando foi sancionada, pelo prefeito Zé Martins, a Lei Municipal Nº 04, que criou a Política Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

Pela lei, também foram criados o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA), formado por representantes do poder público e da sociedade civil, e a Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (CAISAN), formada pelas secretarias municipais relacionadas à segurança alimentar e nutricional. Quem está à frente desse trabalho, no momento, é o secretário de Assistência Social, Josmael Castro Júnior.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free