casa » Archivo de Etiquetas: Vereador (página 3)

Archivo de Etiquetas: Vereador

Astro desmente anúncio de apoio à qualquer candidatura para presidência da Câmara

COMPARTILHE

O presidente da Câmara Municipal de São Luis, Astro de Ogum, desmentiu, na manhã desta quarta-feira (4), durante conversa com jornalistas, que tenha se pronunciado a respeito de apoio à candidatura do vereador Osmar Gomes (PDT), para sucedê-lo  no comando daquela casa parlamentar, conforme chegou a ser divulgado pelas redes sociais.

“Estão colocando aí o carro na frente dos bois. Nunca dei qualquer declaração nesse sentido. Quando o fizer,  farei numa coletiva e nunca em conversa reservada”, afirmou Astro de Ogum acrescentando haver estranhado a forma como foi divulgada essa situação sobre a disputa da presidência da Câmara.

“Até agora não me debrucei sobre esse assunto. O que sei é que  o vereador Osmar Filho lançou o nome dele para a presidência. Ele tem direito, assim como os demais componentes da Câmara. Todos têm prerrogativa para disputaram a direção deste parlamento, que é uma casa democráticas, mas eu, nunca dei qualquer declaração a esse respeito,”, frisou Astro.

Conforme Astro de Ogum, estão tentando antecipar uma situação e ele  afirmou se surpreender com essa manobra, que disse não saber de onde está partido. Ele acrescentou ainda que tudo tem o seu tempo e que sua declaração sobre apoioamento a qualquer candidatura será feita em coletiva e jamais de forma isolada.

Texto: Djalma Rodrigues

Vereador Edson Gaguinho diz ter sido constrangido em Blitz do BPRV

COMPARTILHE

O vereador Edson Gaguinho (PHS), durante discurso nesta quarta-feira (04) na câmara municipal de São Luís, comentou sobre os constrangimentos que passou quando parado por policiais militares nas adjacências da Cidade Operária, bairro onde reside. De acordo com o parlamentar, a abordagem feita pelos policiais aconteceu quando ele se deslocava em seu veículo para uma oficina localizada no bairro Janaína. Gaguinho conta que foi parado por policiais que estavam em uma viatura e duas motocicletas do BPRV circulando pela região da Vila Riod e Janaína. Disse ainda que apresentou CNH válida e licenciamento 2018 do veículo do qual dirigia e é proprietário. O vereador afirmou que mesmo apresentando todos os documentos exigidos na abordagem, teve o seu veículo revistado e ainda foi agredido verbalmente pelos policiais.

“O que me causou estranheza foi à forma como fui abordado. Sei que as blitz são importantes, mas os policiais deveriam receber uma orientação melhor de como abordar as pessoas”, disse ele.

Gaguinho contou com detalhes como foi realizada a abordagem. “Eles me pararam do nada, não estavam realizando nenhuma blitz, simplesmente me pararam e pediram minha habilitação e documento do meu carro. Depois que analisaram os documentos que apresentei eles constataram que estava tudo dentro da legislação, aí partiram para uma vistoria no veículo. Logo após, me colocaram contra a parede, apertaram meu braço e me revistaram. Eu disse que não precisava de força física, até porque eu sempre ando com todos os meus documentos. Me identifiquei como empresário e vereador de São Luís, foi aí que um dos policiais se dirigiu até a minha pessoa proferindo palavras de baixo calão. Até agora não entendi o motivo de toda essa agressividade. Trabalho, pago meus impostos, sou conhecido em toda a Cidade Operária, nunca me envolvi com nada ilícito e nem respondo processo. Tenho uma vida limpa. Não estou questionando o fato de os policiais realizarem Blitz pela cidade, o que questiono é a forma como eles realizam a abordagem. Acredito que os militares deveriam passar por um treinamento mais adequado antes de ir para as ruas”, finalizou o parlamentar que registrou boletim de ocorrência no Plantão Central da Cidade Operária.

NOTA DE REPÚDIO DOS VEREADORES DE SÃO LUÍS

Logo após o pronunciamento de Edson Gaguinho, os demais vereadores se solidarizaram com parlamentar. O presidente da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Astro de Ogum, disse que já entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública para tomar as providencias cabíveis com relação as abordagens nas ruas da capital.

Texto: Da Assessoria do Vereador

Troca-troca na Agência Metropolitana: sai Pedro Lucas e entra Lívio Corrêa

COMPARTILHE

O vereador de São Luís, Pedro Lucas Fernandes (PTB) deixa o cargo de presidente da Agência Metropolitana. O jovem parlamentar assumiu a pasta dia 2 de março de 2017 e realizou grandes ações que vão desenvolver a Região Metropolitana da capital. Após 395 dias no comando da Presidência da Agência Metropolitana (AGEM), Pedro Lucas volta a assumir a cadeira de vereador de São Luís.

No total, 13 cidades integram a Região Metropolitana da Grande São Luís: Alcântara, Axixá, Bacabeira, Cachoeira Grande, Icatu, Morros, Presidente Juscelino, Paço do Lumiar, Raposa, Rosário, Santa Rita, São José de Ribamar e São Luís. Mais de 1,6 milhão de pessoas estão na região, que assegura quase 40% do PIB do Estado. Durante esse período Pedro Lucas realizou seminários que debateram a metropolização da Ilha.

Pedro Lucas Fernandes (PTB), deixa o comando da AGEM para disputar uma vaga de deputado na Câmara Federal no pleito de outubro próximo. Quem assume a pasta é o atual diretor de projetos da instituição, Lívio Correa. Esta é mais uma mudança anunciada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), nas redes sociais.

O deputado federal Pedro Fernandes (PBT), pai de Pedro Lucas, anunciou recentemente que não vai tentar reeleger-se pois irá dedicar-se à carreira política do filho.

A posse dos novos secretários está marcada para esta segunda-feira (2). Pedro Lucas também deve assumir sua cadeira de vereador nesta segunda-feira (2) no Plenário Simão Estádio da Silveira.

“Só em 2017 atendemos 10 mil famílias, e realizamos 31 mil procedimentos”, destacou o vereador Genival Alves sobre o Projeto Saúde na Comunidade

COMPARTILHE

Diferente de muitos políticos, o vereador de São Luís, Genival Alves (PRTB) tem mostrado ao Executivo Municipal que é possível fazer quando existe vontade, determinação e compromisso. Autor de apenas três propostas em sua campanha em 2016, o parlamentar já cumpriu com as três em apenas 15 meses de mandato. Categórico ao falar de seus projetos, o vereador destaca suas ações como prioridade ao povo ludovicense. Genival Alves é daqueles que enfrenta as dificuldades com planejamento e mostra por que foi eleito vereador da capital maranhense.

“Das três propostas que criamos na campanha, já transformamos em projetos para as comunidades e estão sendo executados, como o Instituto de Recessão para Dependentes Químicos, que funciona no bairro Cidade Olímpica,  o Gabinete Externo, para atender a população nas comunidades e não no gabinete, onde já existem dois e serão inaugurados mais dois. O outro projeto é o Saúde na Comunidade, onde nós transformamos a Escola Municipal em um hospital por um dia, levando todos os exames da saúde básica da família, do preventivo a diversos outros exames, e ainda transformamos uma das salas da escola em farmácia popular, e todas as pessoas que são consultadas, da criança ao idoso, recebem o medicamentos de graça, além da consulta e exames que são gratuitos. Tudo isso bancado com o meu salário. Eu pego meu salário e transformo ele ações, em saúde e levo para quem precisa”, destacou o vereador.

Genival Alves ainda enfatizou que não pode fazer este tipo de ação em todos os bairros ao mesmo tempo. De acordo com o parlamentar, a cada mês sua equipe escolhe uma comunidade, levando o projeto com consultas, exames e medicamentos gratuitos. Segundo o vereador, só em 2017 o projeto Saúde na Comunidade atendeu 10 mil famílias e realizou 31 procedimentos. Genival Alves ainda destacou que todas ações ficarão ainda melhor, já que em abril ele entregará às comunidades a Carreta Saúde da Comunidade equipada para atender quem não tem plano de saúde.

“A liderança de qualquer comunidade que sabe e conhece a problemática da saúde de seu bairro pode nos procurar. Esqueça partido, que eu não estou preocupado com partido ou em quem você votou. Nossa  preocupação é com a saúde da sua comunidade e de sua família. Vestimos a camisa em defesa da saúde, da família e das pessoas de São Luís”, destacou o vereador, lembrando que a partir de abril não será mais necessário ocupar Escolas, Igrejas ou Associações, já que a Carreta da Saúde da Comunidade está chegando.

Prefeito Zé Martins emite nota de pesar pelo falecimento de Ademar Paixão

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, emitiu nota de pesar pelo falecimento do bequimãoense Ademar  Paixão, conhecido no município como Seu Ademar, de 78 anos. Ele faleceu na manhã desta segunda-feira (12) (25), em São Luís.

Seu Ademar é pai do presidente da Câmara Municipal, vereador Amarildo Estrela Paixão, além de mais 8 filhos, sendo 7 mulheres e 2 homens. Na nota, o prefeito Zé Martins destaca o legado deixado por Ademar Paixão, em especial, na “formação de uma família íntegra, honesta e do bem”. Nascido em 1940 na comunidade Muricinzal, seu Ademar foi daqueles homens que não media esforços para ajudar o próximo. Era multifuncional, fez de tudo um pouco. Foi lavrador, pescador e comerciante. Uma grande liderança comunitária, sendo eleito presidente da Liga Esportiva Bequimãoense (LEB). Como desportista vestiu a camisa do Atlético, foi técnico e presidente do Muricinzal, além de comandar o Ferroviário de Bequimão.

O velório está acontecendo na residência da família, na Avenida Antônio Dino, no bairro Ferro de Engomar. O sepultamento será realizado nesta terça-feira às 9h da manhã.

Veja nota na íntegra 

Foi com imenso pesar que recebi a notícia do falecimento de Ademar Paixão, conhecido em Bequimão como Seu Ademar, de 78 anos, pai do presidente da Câmara Municipal, vereador Amarildo Paixão. Neste momento de dor, junto-me à família, em especial aos seus filhos, que são meus grandes amigos, pedindo a Deus que conforte seus corações. Seu Ademar deixa um grande legado, principalmente, na formação de uma família íntegra, honesta e do bem.

Tombamento do prédio da Câmara Municipal inviabiliza algumas obras, diz Astro de Ogum “

COMPARTILHE

“Houve realmente problemas na estrutura da Câmara, em decorrência das fortes chuvas que se abateram sobre São Luis, mas sessão da última quarta-feira não foi realizada  por falta de quórum e não em função dessa questão, uma vez que o plenário estava propício para os trabalhos legislativos normais”.

A declaração é do presidente da Câmara Municipal de São Luis, vereador Astro de Ogum (PR), ao rebater críticas de que teria havido problemas na estrutura da Câmara e devido a isso a sessão não tenha ocorrido.

Ele enfatizou que “já realizamos muitos trabalhos de recuperação na infraestrutura do prédio, como  no próprio  plenário, na copa, no gabinete da presidência e em outros setores. O problema é que o imóvel, além de ser muito antigo, é tombado pelo Iphan e não se pode realizar qualquer  intervenção sem a devida autorização do órgão federal”, destacou Astro.

De acordo com Astro de Ogum, é complexa a situação para se estabelecer reformas estruturais num prédio tombado, sob pena de punição. Ele lembra que teve de retirar o letreiro que identificava o legislativo municipal, por imposição do Iphan, que estabeleceu até multa diária, se a identificação da Casa parlamentar permanecesse.

“Há ocasiões em que o comunicador, no afã de sair na frente com a notícia, esquece de buscar informações na fonte e acaba cometendo injustiça. No caso da Câmara, temos boa vontade  em reformar, mas esbarramos na legislação do Iphan e aí, acabamos por sofrer duplamente. Com a paralisação e com as críticas, muitas das vezes infundadas”, ressaltou Astro de Ogum.

 

Texto: DretCom/CMSL

Astro de Ogum fala em evolução, ingratidão e recebe manifestação de apoio de colegas

COMPARTILHE

“O saudoso Ulysses Guimarães destacou, em outubro de1988, ao promulgar a  atual Constituição Federal, que o benefício de hoje se transforma na ingratidão de amanhã”. Estas foram as palavras do presidente da Câmara Municipal de São Luis, Astro de Ogum (PR), durante pronunciamento feito em plenário, na manhã desta segunda-feira (19), em resposta a algumas  críticas que tem recebido.

De acordo com o vereador, dizer que a Câmara não tem evoluído durante estes três anos como presidente, seria uma declaração de cegueira. “Estamos aí com o Portal de Transparência, com pagamento dos fornecedores e dos funcionários em dia, o recadastramento em andamento e outras inovações. Portanto, não se pode desconhecer a evolução de nosso trabalho”, assinalou.

Em outro trecho de seu improvisado pronunciamento, ela afirmou: “Não cheguei aqui para me perpetuar no poder, fui eleito presidente como forma de dar minha  contribuição a este parlamento”. Completando ele pontua que “todos podem almejar esse cargo, é uma prerrogativa de todos. Não posso aceitar aqui são agressões. Jamais utilizei desse expediente ao longo dos maus mandatos, nunca agredi  nenhum colega”.

APOIO DOS COLEGAS

Logo em seguida, o vereador Ricardo Diniz (PC doB) pediu a palavra e manifestou total e irrestrito apoio ao presidente da Câmara Municipal. “Louvo aqui o trabalho do colega, do companheiro Astro de Ogum.  O presidente Astro de Ogum pode contar com o meu total apoio. Quero que vossa excelência volte a se candidatar a presidente  desta casa, porque tem meu voto, de forma incondicional”, assegurou.

Já o vereador Francisco Carvalho (PSL), lembrou que foi presidente da Câmara por seis anos consecutivos, falou sobre as agruras e, a exemplo de Ricardo Diniz, também manifestou apoio a Astro de Ogum para a presidência do parlamento municipal.

Outro que se posicionou foi o ex-presidente Pereirinha (PSL). Ele disse que muitas são a críticas também ao trabalho dele e disparou: “Vossa excelência, vereador Astro foi meu vice-presidente e aproveito aqui para lançar um desafio aos detratores, para que apontem qualquer erro, qualquer tipo de improbidade durante o período em que dirigimos a Câmara de São Luis”, frisou.

Texto: DiretCom/CMSL

 

Escola ganha reforma e quadra poliesportiva após reivindicação de vereador Marquinhos

COMPARTILHE

Após encaminhar solicitação ao governador Flávio Dino (PCdoB), com cópias aos secretários de Estado da Educação, Felipe Camarão, e de Infraestrutura, Clayton Noleto, o vereador Antônio Marcos Silva, o Marquinhos (DEM), foi atendido pelo governo e comemora a reforma do Centro de Ensino Estefânia Rosa da Silva, localizada no Habitacional Turu.

A unidade de ensino que antes funcionava com o nome de Roseana Sarney, foi desativada em 2014, pela gestão anterior e estava completamente abandonada, praticamente em ruínas, servindo de ponto de venda e consumo de drogas, enquanto os alunos estudam em um prédio alugado.

Para ser devolvida à comunidade escolar de mais de 700 alunos, a escola precisou ser praticamente reconstruída. Assim, toda a estrutura de telhado, piso e sistemas elétrico e hidráulico, assim como algumas paredes precisaram ser refeitas e estão recebendo revestimento.

Os investimentos para reconstrução da escola foram cerca de R$ 1,5 milhões oriundos de convênio com o BNDES. Para dar mais celeridade à obra, 32 operários trabalham para deixar tudo pronto, agora que o período chuvoso está terminando.

De acordo com o vereador Marquinhos, essa reforma demonstra o compromisso e a preocupação do governo com a qualidade do ensino no Maranhão.

“É uma grande felicidade ver essa reforma. Nós sabemos da necessidade da comunidade em ter esse espaço reformado, requalificado e digno para seus filhos”, disse o vereador Marquinhos.

Quando for entregue à comunidade escolar, o C.E. Estefânia Rosa, que fica em uma área de 1.500 m², terá uma estrutura de 11 salas de aula, laboratórios, auditório, anfiteatro, salas de professores, secretaria, biblioteca, todos os espaços forrados e climatizados, além de um anfiteatro destinado às vivências culturais dos alunos e professores, mudanças que gerarão um forte impacto nas condições de ensino.

 

“A Câmara hoje vive uma verdadeira democracia”, afirma Astro

COMPARTILHE

Bastante eufórico com o encerramento da votação da pauta no encerramento da última sessão legislativa do período anterior, dia 22 de dezembro, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), desabafou alegremente que “agora a Câmara vive uma verdadeira democracia”.

A afirmação do dirigente Legislativo Ludovicense foi motivada pelo que considera positivo o ano de 2017, tendo como um dos principais ápices o encerramento do período, marcado com a apreciação e votação de importantes projetos para o município, como o PPA (Plano Plurianual), LOA (Lei Orçamentária Anual), e outros que afetam diretamente a vida da população.

Outra motivação que levou Astro de Ogum a fazer tal manifestação foram os acalorados debates entre os vereadores, “pois o parlamento é realmente isso, o debate de ideias, propostas para que possamos chegar a um denominador que signifique o verdadeiro sentido da democracia”.

Durante o período aconteceram grandes debates, notadamente nos últimos dias, quando estavam em pauta matérias de interesse do município e de seus habitantes.

Outro ponto ressaltado por Ogum foi a votação das prestações de contas dos ex-prefeitos, que ocorreu em 2017. Com isso, a Câmara Municipal de São Luís cumpre o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) feito com o Ministério Público Estadual.

Astro de Ogum também fez questão de lembrar que a Câmara Municipal não se manteve omissa em assuntos que lhe eram encaminhados por representantes de categorias, bem como os que se apresentavam no dia a dia. Exemplos estão casos como o da questão envolvendo professores da rede municipal de ensino; movimentações, tendo como protagonistas taxistas e motoristas do aplicativo Uber; audiências públicas para tratar de regularização, guardas municipais, agentes comunitários de controle de endemias e outros.

Regularização das contas do Legislativo, bem como dos servidores, como aposentadoria e outros tantos os exemplos que Astro de Ogum sentiu-se motivado para fazer a sua explosão de contentamento, e entender que está cumprindo o seu dever como legislador, dirigente de um poder e companheiro de seus trinta e um pares vereadores, para afirmar que “agora  Câmara hoje vive uma verdadeira democracia”.

 

Homem que matou irmão do Prefeito de Apicum-Açu por causa de R$ 2 confessa o crime

COMPARTILHE

Walber Chagas Sousa, conhecido em Apicum-Açu por “Pelebreu”, era pescador, mas segundo populares era usuário de drogas. Após prisão efetuada pela Polícia Militar, o acusado confessou que havia assassinado na madrugada desta segunda-feira (1), o vereador Cláudio Jorge Cunha (PROS), irmão do prefeito do município de Apicum-Açu, Cláudio Cunha. Após a prisão o criminoso confesso foi encaminhado para o município Cururupu, onde permanece a disposição da justiça.

Segundo relato de populares, o irmão do prefeito Cláudio Cunha (PV), estava em uma festa no Povoado Turirana, distante três quilômetros da sede do município, quando foi assassinado com várias facadas. De acordo com a Polícia, o motivo teria sido por causa de R$ 2 reais, que o parlamentar se recusou a dar ao criminoso.
O criminoso relatou à polícia que pediu a quantia para comprar droga, mas a vítima teria falado que não tinha e isso acabou sendo o estopim para que Pelebreu matasse o vereador. Jorge Cunha é ex-presidente da Câmara e foi o vereador mais votado nas eleições de 2016, obtendo nas urnas 5.12% dos votos, um total de 515 votos.
Mesmo diante da confissão de “Pelebreu”, a polícia civil segue ainda em outra linha de investigação, já que além de drogado, Pelebreu também estava bêbado, assim como o vereador que não teve tempo para se defender do agressor.
Fonte Tribuna Maranhense

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free