casa » Archivo de Etiquetas: saúde (página 3)

Archivo de Etiquetas: saúde

Urgente: Maranhense em estado grave precisa de ajuda para voltar a São Luís. Vamos ajudar!

COMPARTILHE

“Amigos e amigas, estamos iniciando uma campanha para trazer um maranhense de volta para sua terra. Estamos falando de Janilson Eduardo Aragão Diniz (meu irmão), de 34 anos, e que teve, em abril deste ano, que se submeter a uma cirurgia intracraniana para a retirada de um tumor cerebral em São Paulo.

Apesar da cirurgia ter sido bem sucedida, ele teve complicações pós cirúrgicas e pela gravidade do caso, Janilson segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Beneficência Portuguesa, na capital paulista, necessitando de suporte médico avançado e, infelizmente, sem prazo de alta hospitalar.

A família de Janilson, por questões clínicas, humanitárias e financeiras, está tentando sua transferência para São Luís. Só que infelizmente o plano de saúde (Sul América), negou a transferência por via aérea, assegurando apenas a transferência por via terrestre, o que seria uma temeridade devido à gravidade do paciente. Além disso, a própria equipe médica que lhe acompanha em São Paulo, já assegurou que só liberará o paciente em uma eventual transferência aérea.

Por conta desse impasse, a família de Janilson resolveu iniciar uma campanha nas redes sociais para tentar arrecadar o valor de R$ 67 mil, que seria o custo de uma UTI móvel para efetivar a transferência do paciente de São Paulo a São Luís.

Quem puder e quiser ajudar, pode entrar em contato com Janaina Aragao (98-987332474 ou 98- 982695701 e/ou depositar nas contas bancárias ( #Bco do Brasil: Agência 2953-X, Conta Poupança: 28.747-4, Variação: 51 ou #Caixa Econômica Federal: Agência: 1739, Operação: 013, Conta Poupança:000.333.78-9). Obrigado a todos p atenção e qualquer quantia é válida. #vamosajudarjanilson #Janilsondevoltapcasa”.

Por John Cutrim

Alcântara vai receber a Carreta de Combate a Hanseníase dia 30 de agosto

COMPARTILHE
Iniciativa em parceria com o Ministério da Saúde percorre o Maranhão, terceiro estado com mais casos da doença que atinge cerca de 30 mil pessoas no país por ano.

A cidade de Alcântara, na Região Metropolitana da capital, vai receber nesta quarta-feira, dia 30 de agosto, a Carreta da Saúde no combate a hanseníase. A ação vai acontecer das 8h as 17h, na Praça do Galo, no centro da cidade. Ao longo do dia, a população poderá realizar gratuitamente consultas, exames e tirar dúvidas sobre métodos de prevenção e controle da hanseníase e demais serviços, como:Avaliação dermatológica

  • Avaliação de manchas
  • Consulta médica
  • Aferição da pressão arterial e glicemia
  • Teste rápido de HIV, Sífilis e Hepatites B e C
  • Exame citopatológico (preventivo)
  • Vacinas e Assistência Odontológica

O Brasil está em segundo lugar no ranking de países com novos casos de hanseníase, segundo dados da Organização Mundial da Saúde. A doença, que deveria estar erradicada, registrou cerca de 30 mil novos casos em um ano no país. De acordo com o Ministério da Saúde, o Maranhão é o terceiro estado do país com mais casos de hanseníase e o primeiro do Nordeste.

Carreta da Saúde contra a Hanseníase na Praça Deodoro, durante atendimento nos dias 22 e 23. Foto: Francisco Campos

Desde 2009, a Carreta da Saúde, um caminhão itinerante, com cinco consultórios e um laboratório, que percorre todo o Brasil no combate à hanseníase, vai estacionar na Cidade Histórica. Uma parceria com o Ministério da Saúde, com apoio do CONASS (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e do CONASEMS (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde), buscando a erradicação da doença até 2020. Os tratamentos medicamentosos para a hanseníase são doados pela Novartis à Organização Mundial da Saúde.

 

 

Hapvida completa 24 anos, e comemora investimentos em ampliação da rede própria e TI

COMPARTILHE

Investir para crescer. Esta é uma das premissas da operadora nordestina de saúde Hapvida. Ao completar 24 anos no dia 12 de julho, o plano comemora os avanços. Hoje, com 3,6 milhões de beneficiários, a operadora está entre as poucas do setor no país a seguir na contramão do mercado, com crescimento contínuo.

Para atender à demanda crescente, o plano vem investindo na ampliação da rede própria, modelo de negócio desenvolvido pelo plano, e em Tecnologia da Informação. Exemplo disso, é a implementação do sistema biométrico como forma de identificar os pacientes, com muito mais celeridade. Graças à biometria e ao sistema totalmente informatizado utilizado pelos profissionais da rede, é possível acompanhar todo o caminho percorrido pelo paciente, desde que ele marca a consulta, até o a requisição e a realização dos exames solicitados.

Em São Luís, a rede Hapvida conta com 3 Hapclínicas em pontos distintos da cidade, a fim de atender com mais conforto à população ludovicense. As Hapclínicas São Luiz (Cajazeiras), Távola (Av. Vitorino Freire) e Cohab oferecem atendimento clínico especializado. Além disso, usuários do plano contam, na capital, com um grande hospital de urgência e emergência, o Hospital Guarás, situado na Avenida Kennedy, Bairro de Fátima. O laboratório próprio da rede funciona ao lado do Hospital Guarás, em um ponto central da capital maranhense.

Já na rede de atendimento N/NE, são mais de 16 mil colaboradores diretos envolvidos na operação de 21 hospitais, 71 clínicas médicas, 18 unidades de prontos atendimentos, 66 unidades de diagnóstico por imagem e 58 postos de coleta laboratorial distribuídos em 11 estados onde a operadora atua com rede própria.

CRESCIMENTO

O progresso do Hapvida é comprovado pela Agência Nacional de Saúde (ANS) que, com dados referentes ao ano de 2016, indicam que 1,4 milhão de pessoas deixaram de ter plano de saúde, o que representa uma queda de 2,8%. Em contrapartida, a operadora teve crescimento de 7,92% em beneficiários em medicina e 19,60% em odontologia em todo país.

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Outro dos principais investimentos do Hapvida é em Tecnologia de Informação (TI). A empresa criou uma plataforma tecnológica que acompanha todas as suas unidades em tempo real. Ativado pela biometria do paciente, o Núcleo de Controle e Qualidade acompanha todo o seu trajeto nas unidades do Hapvida, desde o momento da chegada, até a saída, monitorando principalmente o tempo de espera.

O espaço foi criado para garantir maior organização e melhor funcionalidade. O Núcleo funciona na Matriz Administrativa do Hapvida, em Fortaleza, e monitora a espera em todas as unidades da rede própria da operadora no Norte e Nordeste. O núcleo funciona 24 horas por dia, com uma equipe em esquema de plantão.

Além disso, o plano oferece a possibilidade de marcação de consulta com poucos toques. Para isso, foi desenvolvido pela equipe de TI do Hapvida, um aplicativo específico para os beneficiários, onde eles podem marcar e desmarcar consultas por meio de um smartphone ou tablets. A mesma praticidade está disponível no site da operadora.

Por Dalva Rêgo

Quilombolas de Bequimão participam de oficina sobre saúde

COMPARTILHE
Moradores de comunidades quilombolas de Bequimão participaram, entre os dias 9 e 12 de junho, de uma oficina sobre saúde, no Centro de Formação Diocesano, em Mangabeira, município de Santa Helena. Eles viajaram para o curso com apoio da Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio de sua Secretaria Municipal de Saúde.

A oficina teve como foco a saúde da população quilombola, principalmente no que diz respeito ao controle da hipertensão arterial sistêmica. A atividade foi coordenada pelo Núcleo de Extensão e Pesquisa com Populações e Comunidades Rurais, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

O projeto, que objetiva melhorar a vida dos quilombolas, é coordenado pelo professor István van Deursen Varga, em parceria com o Movimento Quilombola do Maranhão (Moquibom) e com apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema).

Para o membro do Movimento Quilombola de Bequimão (MoqBeq), Fábio Silva, os quilombolas da região passaram a ser mais valorizados, tendo suas demandas atendidas depois de anos de muita luta. “Nos disponibilizamos a receber a próxima oficina em Bequimão. Aqui no município, temos tido amplo apoio da gestão do prefeito Zé Martins nas atividades desenvolvidas pelo Movimento Quilombola de Bequimão”, destacou.

Secretaria de Saúde de Bequimão divulga nota sobre ocorrido nesta segunda-feira (12)

COMPARTILHE
A Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão, por meio da Diretoria do Hospital Municipal “Lídia Martins”, divulgou nota sobre a situação ocorrida com a paciente Paula Gomes, que chegou a falecer na manhã desta segunda-feira (12), na UPA do Bacanga, em São Luís.
CONFIRA A NOTA ABAIXO NA ÍNTEGRA
A Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão, por meio da Diretoria do Hospital Municipal “Lídia Martins”, informa que apurou, imediatamente, a situação ocorrida com a paciente Paula Gomes, que chegou a falecer na manhã desta segunda-feira (12), na UPA do Bacanga, em São Luís. Ela deu entrada por volta das 6:20h, no referido hospital, recebendo os cuidados necessários de emergência, de acordo com o protocolo para o estado da paciente. Quando seus parâmetros já estavam estabilizados, foi providenciada, com agilidade, sua transferência para a capital, visto que se tratava de um quadro com histórico de cardiopatia de alto grau.  Expressamos profunda solidariedade à família de dona Paula Gomes.
Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão- MA

Bequimão recebe carro fumacê para combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya

COMPARTILHE

Para combater o Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, bairros do município de Bequimão foram pulverizados com inseticida pelo carro fumacê, como é popularmente conhecido. A ação foi promovida pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que articulou as etapas de pulverização junto à Regional de Saúde de Pinheiro.

Esse trabalho preventivo, feito nas zonas urbana e rural, é uma das estratégias mais eficientes de combate a essas doenças (além dos cuidados que se deve ter para não deixar os mosquitos nascerem). Na etapa realizada no final do mês de março, fumaça com inseticida chegou às ruas do Centro, Cidade Nova, Bairro de Fátima, Ferro de Engomar, Sãoluizinho, Paraíso, Apicum, Vila Juca Martins, Estiva e Bacabal.

Foram utilizados, no total, 1.485 litros do inseticida que combate o mosquito, cumprindo os três ciclos que estavam programados. “Com o carro fumacê, é possível diminuir os riscos de incidência de dos transmissores dessas doenças, mas lembramos que a participação da população é fundamental, no intuito de evitar a proliferação dos mosquitos”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Sidney Bouéres.

A equipe da Secretaria Municipal de Saúde também faz uma campanha permanente de sensibilização dos moradores de Bequimão para conter focos de acúmulo de água, evitando, assim, a criação de locais propícios para a reprodução do mosquito. São dicas muito conhecidas, mas que vale a pena relembrar. É importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras. O Aedes Aegypti aproveita esse tipo de lugar para se reproduzir.

Secretaria de Saúde de Bequimão realiza ação voltada a pessoas com hipertensão e diabetes

COMPARTILHE

A Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na última quinta-feira (4) uma ação voltada à conscientização sobre doenças como a hipertensão e o diabetes. Profissionais da Estratégia Saúde da Família, inclusive do Núcleo de Assistência à Saúde da Família (Nasf), participaram das atividades.

Aos bequimãoenses que foram ao Centro Municipal de Saúde (antiga Unidade Mista), foram oferecidas consultas médicas, palestras educativas, testes de glicemia e aferição da pressão arterial. O evento foi bastante proveitoso, segundo avaliou o secretário municipal de Saúde, Sidney Bouéres.

“Momentos como esse reforçam o trabalho cotidiano que fazemos na saúde do município, no Hospital Lídia Martins, nas unidades básicas de saúde, nas visitas às famílias e nas diversas campanhas ao longo do ano. Estamos apostando no fortalecimento da atenção básica, que já tem resultados muito bons em Bequimão. Contamos, para isso, com amplo apoio do prefeito Zé Martins”, destacou o secretário.

A hipertensão arterial atinge cerca de 30% da população brasileira, chegando a mais de 50% na terceira idade. A doença está presente em 5% das crianças e adolescentes no Brasil. A pressão alta é considerada de fácil diagnóstico e pode ser tratada. Já o diabetes afeta mais de 13 milhões de pessoas no país, o que representa 6,9% da população. Esse número está crescendo. Em alguns casos, o diagnóstico demora, favorecendo o aparecimento de complicações.

Enfermeiro é referência em profissionalismo

COMPARTILHE

Marcony Vilharins Soares Silva, um profissional enfermeiro bem sucedido, em que vem se destacando ao longo da sua carreira como profissional da área de saúde e gestão pública.

Passou no vestibular em 2000 para enfermagem pela UFMA para o ingresso no 1° semestre de 2000 e desde então se dedica com muito afinco sua profissão. Seu primeiro emprego foi no Aldenora Belo, no início do ano de 2004 e foi lá que teve a oportunidade de conhecer  o médico e sua esposa. Dr. Viveiros e a Enfermeira. Tereza Viveros que serviram como referência para Marcony Vilharins Soares Silva. “Devo a minha vida profissional a este casal, pois me deram a primeira oportunidade”, diz Marcony.

A partir de então a carreira do enfermeiro deslanchou para o sucesso,  Em abril de 2004, começou a trabalhar no Hospital Tarquinio Lopes Filho (Hospital Geral). Participou e contribuiu para implantação de várias atividades. Fez parte da primeira equipe da Unidade de oncologia, o qual foi  o primeiro coordenador de internação do serviço. Depois foi Coordenador da Clínica Cirúrgica, da Clínica Ortopédica e da  Unidade Intermediária, vindo a se desligar do hospital em março de 2015.

Em setembro de 2004, Marcony Vilharins Soares Silva entre assumiu a Coordenação da Área da Estratégia do Saúde da Família da Secretaria Municipal de Saúde, onde ficou por 10 anos.

Já em meados de Setembro de 2014 o enfermeiro foi admitido do Hospital Universitário Presidente Dutra/UFMA/EBSERH por meio de aprovação em concurso público. E desde março de 2015, também por meio de concurso público é  enfermeiro do Socorrão I. O Enfermeiro é especialista em Unidade de Terapia Intensiva, pela UFMA, Saúde da Família, Universidade Estácio de Sá e Vigilância em Saúde, pelo Hospital Sírio Libanês.

Por Wallace Braga

Governador anuncia pacote de ações para facilitar acesso à saúde no bairro Vila Luizão

COMPARTILHE

O Governo do Estado expandiu ações para implementar o sistema de acolhimento e atendimento ao paciente no Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes, na Vila Luizão, que prevê o início do agendamento de consultas cinco vezes por semana, a partir desta quarta-feira (26), no turno vespertino, até a implantação do Sistema Nacional de Regulação (SISREG). Dentre as novas ações estão ainda criação de uma força-tarefa de consultas especializadas, de sexta-feira (28) a terça-feira (2) e a implantação de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) nesta localidade, em até 60 dias, em parceria com a Prefeitura de São Luís.

Nesta quarta-feira (26), começa o agendamento diário das consultas especializadas no Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes, entre 14h e 18h, cinco vezes por semana, em substituição ao processo realizado anteriormente na unidade.

Em até 15 dias, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) vai implantar o Sistema Nacional de Regulação (SISREG). Com funcionamento do Sistema, por exemplo, o usuário, quando necessário, após a consulta com o especialista, sai da unidade com o agendamento dos exames, otimizando o tratamento do paciente, de forma integrada.

“O Sistema Nacional de Regulação, o SISREG, é um projeto piloto que vai unificar as demandas que vão para o Estado e Município. Com o sistema, as demandas serão colocadas na central unificada – todas as consultas e os exames existentes, hoje, na rede do estado, na rede do município de São Luís, além da rede contratada. É um eficiente sistema de regulação ambulatorial”, explicou o assessor especial da Rede de Assistência à Saúde da SES, Mariano de Castro Silva.

Outra ação adotada pelo Governo do Estado é a força-tarefa de Consultas Especializadas no Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes. A ação beneficiará os pacientes da Vila Luizão e região com atendimento já agendados, a partir desta sexta-feira (26), nos turnos matutino e vespertino. A força-tarefa prossegue até terça-feira (2).

“Vamos colocar nos quatro dias de atendimento da força-tarefa mais médicos especializados nas maiores demandas que temos no Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes, realizando as consultas das demandas reprimidas”, disse Mariano de Castro Silva.

No pacote de ações para região da Vila Luizão, O Governo e a Prefeitura de São Luís implantarão, em até 60 dias, uma Unidade Básica de Saúde (UBS). A SES fornecerá os profissionais médicos. Já os insumos e demais recursos humanos serão disponibilizados pelo município. “Estamos reforçando, ainda, a parte de ambulatório Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes, com exames ambulatoriais e de imagem”, disse Mariano de Castro Silva.

Contato para essa pauta: Vanessa Moreira    Telefone: ()     E-mail: vanvanmoreira@gmail.com

Secretaria da Comunicação Social e Assuntos Políticos do Maranhão – Governo MA. Telefone: (98) 2108-6314. E-mail: agencia.secap@secap.ma.gov.br
Veja outras sugestões de pauta. Caso você não queira receber estes releases, clique aqui.

 

Secretária Ramone Araújo mostra balanço da saúde de Alcântara nos 100 primeiros dias de gestão

COMPARTILHE

O município de Alcântara, no litoral maranhense, passa por um verdadeiro resgate de identidade e dignidade. Foram anos abandonado, até que a população tomou uma decisão e elegeu o empresário Anderson Wilker (PCdoB) como o prefeito mais votado da história de Alcântara, com 8.518 votos, uma responsabilidade grande para recolocar o município no patamar do desenvolvimento.

A primeira medida de Anderson após tomar posse no dia primeiro de janeiro, foi nomear uma profissional técnica para trabalhar na reconstrução da saúde de Alcântara. De imediato, foram contratados médicos para o hospital Dr. Neto Guterres, que só tinha a planta arquitetônica, estava sem nada, totalmente abandonado.

A partir daí os primeiros alcantarenses começaram a nascer no município, já que nem isso o povo tinha direito nas gestões passadas. Toda estrutura de profissionais foi providenciada, medicamentos, alimentos foram comprados urgentemente, dando mais tranquilidade para a população que sofreu calada por muitos anos.

No Dia 05 de abril a prefeitura recebeu a compra de 56 colchões hospitalares para a Unidade Mista Dr. Neto Guterres, sendo 25 para pacientes adulto, 14 para funcionários, 05 pediátricos, 06 colchões para recém-nascidos, 03 para ambulância e 03 colchonetes para recém-nascido (bancada). A Unidade Mista já conta com médicos 24 horas. A prefeitura disponibilizou medicamentos para Farmácia Básica, assim como para a Farmácia hospitalar. Além disso, o prefeito Anderson comprou equipamentos básicos como: aparelho de pressão, termômetros, glicosimetros e balanças. A equipe da saúde, fez parceria com outras Secretarias, realizou mutirão de limpeza na unidade para então colocar em funcionamento.

A situação da Unidade Mista é bem diferente do que foi encontrado no dia 31 de dezembro de 2016. A Secretaria de Saúde oferece mais de 5 refeições ao dia para os pacientes internados, entre café, lanches, almoço, jantar e ceia. Aos poucos a prefeitura vai conseguindo recuperar a saúde de Alcântara, em que a população merece ter um atendimento digno e de qualidade.

O HOSPITAL DE ALCÂNTARA OFERECE:

  • Consulta médica
  • Consulta de enfermagem
  • Vacinas
  • Teste do pezinho
  • Consulta especializada com Ginecologista.
  • Consulta psiquiátrica
  • Parto normal

Em breve a Secretaria irá iniciar os serviços de Ultrassonografia, e consulta especializada com pediatria, teste rápido para HIV, Sífilis e hepatite B. A prefeitura irá inaugurar, também O CAPS e o NASF.

VISITA ILUSTRE DA SES

Na última sexta-feira (7) a secretária Ramone Araújo e o prefeito Anderson Wilker, receberam a visita de cortesia de representantes da Secretaria de Saúde do Estado (SES). Os visitantes fazeram uma vistoria no hospital da cidade, e reuniram com os gestores do município visando melhorar ainda mais a qualidade da saúde local.

Para Aristeu Marques, coordenador da Regional de Saúde do Estado (SES), a visita foi uma forma de manter a relação e o compromisso do governador com a população alcantarense. “A ajuda da Secretaria de Saúde do Estado entra com uma força técnica, verificando onde o município se encontra nos índices. O sistema da Secretaria estava defasado desde 2015, e inclusive Alcântara sofreu com cortes de serviços e recursos na gestão passada, por não cumprir as normas. Nós precisamos saber onde o estado pode colaborar com o município” – descreveu Aristeu que estava acompanhado de Silvia Viana (Superintendente de Atenção Primeira da SES) e Ana Carolina Fernandes (chefe do departamento de atenção de saúde da família).

Para Ramone Araújo, secretária de Saúde de Alcântara, o momento começa a dar bons resultados. “Uma visita de representantes do estado fortalece o vínculo com o município. Estamos reestruturando nossa rede de saúde de Alcântara, tanto na atenção básica, como de todos os programas. Quando recebemos a saúde estava tudo bloqueado. E a visita dos representantes da Secretaria de Estado da Saúde (SES) foi muito bem vinda, até para nos ajudar, tirando dúvidas e dando dicas importantes, clareando nossas ideias” – destacou a secretária municipal.

Já a enfermeira Nézia Ribeiro, funcionária municipal, destacou os avanços na saúde de Alcântara nesses primeiros 100 dias de gestão do prefeito Anderson. “Há 30 anos a saúde de Alcântara permaneceu sucateada. Agora ta bem melhor, e está melhorando cada vez mais”- destacou a profissional de enfermagem.

Para o prefeito Anderson Wilker, a saúde foi tomada como prioridade no início de sua gestão. “As coisas agora estão acontecendo em Alcântara. Recebi um município em estado de calamidade pública, principalmente na saúde, em que as UBS’s estavam abandonadas, programa da saúde da família não funcionava, hospital abandonado, sem plantão médico, sem laboratório, sem ambulâncias. Hoje estamos recebendo representantes da SES por determinação do governador Flávio Dino e do secretário Carlos Lula. Isso mostra a preocupação que o estado tem em ajudar tirar Alcântara do fundo do poço. Vamos receber uma nova ambulância através de emenda do deputado Othelino Neto, para incrementar com as que a gente já tem, e que estão funcionando normalmente. O estado está empenhado a nos ajudar a colocar Alcântara no caminho do desenvolvimento, que tanto nossa população espera” – afirmou o prefeito.

O hospital Dr. Neto Guterres já recebeu os novos alcantarenses que nasceram em 2017. Isso não acontecia há anos, já que o hospital não dava condições de natalidade e as crianças tinham que escolher nascer em Bequimão, Pinheiro ou São Luís. Desde janeiro, os alcantarenses nascem com dignidade em sua terra natal.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free