casa » Archivo de Etiquetas: Projetos

Archivo de Etiquetas: Projetos

Procuram-se projetos audiovisuais de todo o Brasil para a comunicação pública da saúde

COMPARTILHE

Procuram-se: projetos audiovisuais – originais e inéditos – que não só abordem temas de interesse da saúde pública, como também disseminem conhecimentos e estimulem debates com a participação da sociedade. Recompensa: apoio financeiro integral para a realização dos projetos. Ficou interessado? Então, participe da terceira edição do Concurso de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais, promovido pela Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação (VPEIC/Fiocruz) e pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz), por meio da VideoSaúde Distribuidora. O Concurso se destina a empresas produtoras de qualquer lugar do Brasil, com seus respectivos realizadores/diretores, e as obras resultantes receberão o Selo Fiocruz Vídeo. As inscrições estão abertas até 4 de junho de 2018.

Sete projetos serão selecionados, sendo uma animação e seis documentários. Cada projeto receberá entre R$ 85 mil e R$ 220 mil. A inscrição é gratuita e, para concorrer, além da documentação da empresa, é necessário encaminhar à VideoSaúde um projeto técnico contendo justificativa, plano de direção, roteiro, público prioritário, orçamento detalhado, currículo e/ou portfólio do diretor e da empresa e cronograma. Os proponentes selecionados deverão entregar os vídeos prontos dentro de oito meses, contados a partir da data da primeira liberação de recursos.

O propósito do Concurso é fomentar filmes que ampliem o acesso do público em geral aos conhecimentos e debates sobre as principais questões do campo da saúde pública brasileira. A ideia é que os vídeos também sejam utilizados em atividades acadêmicas e de ensino técnico, de graduação e pós-graduação, bem como na formação e capacitação de profissionais, gestores, conselheiros e agentes de saúde. Para tanto, os filmes apoiados pelo edital – com alta definição e legendas em português, inglês e espanhol – passarão a integrar o acervo da Fiocruz. Haverá cessão das obras para repositórios institucionais digitais em acesso aberto, além da distribuição gratuita através da VideoSaúde e a preço de custo através da Editora Fiocruz.

 Serão aceitas propostas sobre as mais variadas temáticas – atenção primária em saúde e Estratégia Saúde da Família, determinação social da saúde, doenças negligenciadas, transmissíveis e não transmissíveis, gravidez na adolescência, amamentação, história da saúde pública e das ciências, saúde do trabalhador, saúde e ambiente, saúde mental, saúde nas prisões, vigilância em saúde e violência e saúde, entre outras. A relevância do tema abordado para as políticas de saúde é um dos aspectos que serão avaliados na escolha dos projetos.

O Conselho Curador do Selo Fiocruz Vídeo é o responsável pela análise e seleção das propostas e, para auxiliá-lo na tarefa, poderá constituir comissão de especialistas. Criatividade artística, comunicabilidade, currículo do diretor e do produtor, compatibilidade da obra proposta com o cronograma e a previsão orçamentária e viabilidade de execução também serão levados em conta na avaliação dos projetos inscritos.

A qualidade do conteúdo é tão importante que, entre as obrigações dos proponentes, destaca-se assegurar que o desenvolvimento e a finalização dos vídeos tenham o acompanhamento de um consultor científico. Com isso, o objetivo é garantir a correção das informações cientificas, médicas, de saúde pública, de descrição de doenças, de ações preventivas de saúde, de tratamento médico, de direito dos pacientes e usuários dos serviços de saúde, de boas práticas de laboratório e de biossegurança, entre outras.

Outras informações:

www.fiocruz.br

www.fiocruz.br/videosaude

Coordenadoria de Comunicação Social da Fiocruz
E-mailccs@fiocruz.br
Telefone: (21) 2270-5343
Agência de Notícias Fiocruzwww.agencia.fiocruz.br
Twitter: @fiocruz
Facebook: @oficialfiocruz

“Ninguém joga pedra em árvore que não dá bons frutos”, disparou a vereadora Fátima Araújo

COMPARTILHE

O trabalho realizado pela vereadora Fátima Araújo é nítido aos olhos de quem reconhece a luta da Pequena Guerreira, mesmo antes de se tornar parlamentar ludovicense. São ações que beneficiam diretamente a população das comunidades que fazem parte do Complexo de bairros do João de Deus. O trabalho realizado atende os bairros nos mais diversos seguimentos, como educação, saúde, esporte, música, dança, infraestrutura, transporte e serviço social.

Pensando na estrutura das famílias das comunidades, a vereadora Fátima Araújo criou projetos que beneficiam crianças, jovens, adultos e idosos, como o Projeto Viva Mais Saúde, que leva aulas de ginástica aeróbica (Zumba) para as comunidades do Pirapora e João de Deus, além dos Projetos Tocando Sonhos (aulas de música), Educar para Vencer (reforço escolar para crianças), Sonhos na Ponta dos Pés (ballet para crianças), Atleta Cidadão (escolinha de futebol), entre tantos projetos já em funcionamento, como o Curso de Formação Profissionalizante de Agente de Portaria e Agente Hospitalar (aulas aos sábados a partir das 18h).

Com esses projetos em funcionamento, a vereadora Fátima Araújo tem incomodado Gregos & Troianos (os famosos concorrentes) que pouco pensam no povo e não gostam quando a população é lembrada e respeitada. Ao ver e ouvir os fracos adversários perdidos e sem direção, a Pequena Guerreira ganha mais adeptos e se torna a parlamentar mais atuante de São Luís, o que deixa ainda mais seus concorrentes “velhacos”.

Em sua rede social Facebook, Fátima Araújo usou com humor para dar uma cutucada nos incomodados, mostrando que não existe sucesso sem trabalho. “Muito feliz, glória a Deus. Agora sei que meu trabalho tá dando certo.  Ninguém joga pedra em árvore que não dá frutos”, disse a vereadora sorridente.

 

Trabalho da vereadora Fátima Araújo incomoda gregos e troianos

COMPARTILHE

A fama de mulher guerreira, trabalhadora e incansável começou incomodar gregos e troianos na política da capital maranhense. Nos últimos dias o nome da vereadora Fátima Araújo foi lembrado por aqueles que pouco fazem e não conseguem ver alguém trabalhar. Com perfil de uma parlamentar de luta, Fátima Araújo está sendo alvo de criminosos que usam as redes sociais para difamar pessoas que lutam pelos menos favorecidos.

Desde que assumiu uma cadeira na Câmara Municipal, a Pequena Guerreira tem incomodado com seu trabalho, uma meia dúzia de gatos pingados em São Luís. Uma das parlamentares mais atuantes nos últimos anos na Câmara Municipal, Fátima Araújo tem mostrado que trabalho se faz com planejamento e os resultados tem aparecido. O bairro João de Deus e adjacências tem sido sua principal pauta de reivindicações no Plenário Simão Estácio da Silveira.

Mulher de pouca fala, mas muito atuante, incomodou aqueles que já construíram ninho na Câmara, mas nunca fizeram nada pela população, diferente de Fátima Araújo que tem lutado pela saúde, educação, infraestrutura, esporte, meio ambiente e cultura. Em um ano de mandato, a Pequena Guerreira tem buscado inúmeras ações para os bairros que fazem parte do Complexo do João de Deus.

Sem ter o que falar, desocupados usam as redes sociais para agredirem a vereadora com palavras de baixo calão, através dos famosos “Fakes”, já considerados como crime contra a honra pelo Ministro Gilmar Mendes.  Como críticas infundadas se combate com trabalho, a vereadora sabe muito bem como fazer, porque esta sim, tem trabalho para mostrar. Enquanto os desocupados criam “Fakes”, Fátima Araújo cria projetos que beneficiam centenas de pessoas. O mais recente projeto que se tornou o maior sucesso, é o projeto Educar para Vencer, que reforça a educação de crianças carentes. São inúmeros projetos criados pela vereadora, que não tem medo de cara feia.

 

 

Vereadora Fátima Araújo inicia planejamento com projetos visando 2018

COMPARTILHE

Mal acabaram as festas de réveillon e a vereadora Fátima Araújo já caiu em campo para planejar o ano de 2018. Nesta quarta-feira (3) a vereadora Fátima Araújo reuniu sua equipe de assessores para traçar os planejamentos visando os trabalhos a serem realizados durante os 12 meses de sua segunda gestão. Após retornar da viagem que fez à cidade de Lago da Pedra, onde passou o réveillon ao lado da mãe e irmãos, a Pequena Guerreira traçou as metas a serem alcançadas este ano, dando um passo fundamental, mostrando que para continuar desenvolvendo um grande trabalho é necessário planejamento.

Entre os projetos que serão executados pela parlamentar nos primeiros meses deste ano, estão; Escolas de Música, Ballet e Futebol, além de cursos profissionalizantes que serão realizados nas comunidades que compreendem o complexo do bairro João de Deus. Na reunião Fátima também destacou a importância de manter a dinâmica do início do ano passado, quando disponibilizou sua assessoria para ir até as comunidades ouvir dos moradores as principais demandas serem resolvidas com estrema urgência.

Após recesso de natal e ano novo, a volta do Projeto Viva Mais Saúde, criado pela Pequena Guerreira e que faz o maior sucesso na região, acontecerá nesta quarta-feira (3), no pólo João de Deus, onde tradicionalmente acontece todas as quartas-feiras.

Com uma visão de desenvolvimento social, a vereadora seguirá realizando reuniões com seus assessores e com os profissionais que estão envolvidos diretamente em seus projetos, afim de aprimorar ainda mais, cada um deles, e buscar cada vez mais qualidade de vida para os moradores da comunidade, que é a principal beneficiada pelos projetos.

Para a parlamentar nesse primeiro momento a grande aposta será em reuniões, já que isso é fundamental para o desenvolvimento dos projetos que estão por vir. Não podemos esperar iniciar os trabalhos na Câmara Municipal para fazermos alguma coisa em prol da comunidade. Nosso trabalho é diferente, já estamos vivendo o ano de 2018, e por isso já arregaçamos as mangas para o trabalho, afinal de contas, nossa vida toda foi assim, dia após dia trabalhando para a comunidade”, destacou a Pequena Guerreira.

A vereadora destacou ainda, que a partir desta quinta-feira (04), estão abertas as rematrículas para o Projeto Educar para Vencer. O recadastramento acontecerá na Igreja Católica, localizada rua 12 de Julho, na Vila Conceição no bairro João de Deus. As vagas são para as crianças que já fazem parte do projeto . O mesmo terá início no próximo dia 01 de fevereiro.

Com Informações Maxsuel Bruno

Projetos de Fátima Araújo vão beneficiar bairros de São Luís

COMPARTILHE

Com a proximidade do período legislativo, a vereadora Fátima Araújo (PCdoB), a Pequena Guerreira, começa elaborar projetos que vão melhorar a vida de muitos moradores de São Luís.

Dentre as sugestões que serão encaminhadas ao Governo do Estado e Prefeitura, estão pedidos de drenagem e pavimentação de diversas ruas, implantação de quadras poliesportivas, restaurantes populares, além de projetos sociais que vão alcançar crianças, adolescentes, jovens e idosos.

Segundo vereadora, o encaminhamento dessas solicitações logo no início do mandato favorece a população, porque os órgãos competentes terão tempo para executar todas as ações. “Como líder comunitária sempre trabalhei para beneficiar as comunidades. No cargo de vereadora pretendo fazer muito mais por São Luís”, declarou Fátima.

O período legislativo começa nesta segunda feira (06), e a vereadora pretende protocolar várias solicitações logo no primeiro dia de trabalho no legislativo ludovicense.

Armando Costa propõe ao Executivo Municipal o “Programa São Luís mais Amiga do Pedestre”

COMPARTILHE

O vereador Armando Costa (PSDC) inicia o período legislativo com uma proposta para o trânsito de São Luís, que se constituiu em importantes observações em pontos da cidade de nossa capital e conversas com pedestres.

O “Programa uma São Luís Mais Amiga do Pedestre” deverá ser implantado pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte e terá participação de instituições municipais e da iniciativa privada, uma vez que todos estão dentro do contexto é para termos um trânsito mais humanizado.

Armando em seu requerimento apresenta propostas bastante significativas, destacando-se faixa de travessia elevada, faixas diagonais, ilhas de pedestres e prolongamentos de calçadas, que serão importantes para dar segurança dos pedestres.

O vereador atenta com a iniciativa do programa, um serviço de prevenção, que vai precisar ser trabalhado pelos mais diversos segmentos da SMTT, estendendo-se a outros órgãos. Armando defende que debates sejam promovidos em escolas, principalmente da infância, do fundamental e do ensino médio.

“As crianças precisam ser ouvidas e a partir delas haverá uma multiplicação dentro de todos os ambientes em que ela estiver. Quanto aos alunos do fundamental e do ensino médio, eles perfeitamente podem se tornar educadores de trânsitos com incentivos das próprias escolas municipais e estaduais e naturalmente do legislativo municipal”, concluiu o vereador Armando Costa.

Texto: Tarcísio Brandão

 

Fórum da Baixada visita arranjos produtivos

COMPARTILHE

Neste sábado (25), o Fórum em Defesa da Baixada Maranhense esteve em Anajatuba para fazer uma visita técnica aos arranjos produtivos desenvolvidos no município por intermédio da atuação do Dr. Eduardo Castelo Branco, zootecnista e membro da entidade baixadeira.  São experiências de sucesso comprovado na emancipação econômica das comunidades beneficiadas, com forte impacto na superação da extrema pobreza rural.

A caravana de militantes do Fórum da Baixada conheceu os projetos do Igarapé  do Troitá, da produção de mel no povoado Teso Bom Prazer e da piscicultura nativa consorciada com fruticultura no povoado Pacas. Esses projetos foram implementados durante os governos de Zé Reinaldo e Jackson Lago, com o incentivo e apoio decisivo do falecido deputado estadual João Evangelista, baixadeiro natural de São João Batista.

O Igarapé de Troitá vai da sede do município de Anajatuba até o estuário do rio Mearim. Mede 8km de comprimento, 10m de largura e 2m de profundidade, e foi dragado para garantir a retenção da água doce durante todo o ano, proporcionado a  permanência e reprodução dos peixes nativos durante o verão e outras pequenas criações (bois, porcos, patos etc). A obra teve um custo de 400 mil reais, valor considerado irrisório diante do grande alcance social do projeto. É uma prova de que com vontade política e poucos recursos se pode melhorar bastante a vida da população da Baixada.

ANA1ANAJ

O senhor José Antonio de Jesus, conhecido como Curica, proferiu uma  verdadeira aula sobre produção de mel de abelha no povoado Teso Bom Prazer, que garante o sustento das famílias da localidade, mediante a exportação dos vários produtos apícolas (mel, própolis, cera etc) para fora do Maranhão. Essa experiência demonstra o imenso potencial da Baixada para a exploração da apicultura como atividade econômica.

No povoado Pacas, os membros do Fórum foram conhecer um projeto consorciado de piscicultura nativa e fruticultura (banana, açaí e maracujá). Esse arranjo foi desenvolvido durante o governo de Jacson Lago a um custo de 200 mil reais e garante o sustento e renda de uma comunidade formada por 42 famílias. Em uma área de apenas 3 hectares, foram escavados 5 canais de 400m de comprimento, 12m de largura e 2m de profundidade, onde os peixes nativos se reproduzem e permanecem por conta da profundidade maior que a dos campos naturais. Nesse arranjo produtivo são produzidas 4500 bananas por mês e 15 toneladas de peixes por ano, sem qualquer ônus para os beneficiários do projeto.

Ao final da visita técnica, o presidente do Fórum da Baixada, advogado Flavio Braga, agradeceu a acolhida do Dr. Eduardo Castelo Branco e das comunidades, destacando que a principal necessidade da Baixada é a retenção de água doce nos campos, a fim de que projetos como os de Anajatuba possam ser replicados, com impacto imediato na qualidade de vida da população baixadeira.

“O Fórum em Defesa da Baixada se encheu de esperança com os projetos que conheceu e pudemos perceber que as soluções para a pobreza do povo da Baixada são simples, baratas e de fácil resolução, basta vontade política dos nossos gestores públicos”, ressaltou Flávio Braga.

 

 

Basileu aciona prefeito e secretário para asfaltar ruas no B.F

COMPARTILHE

BA

O vereador Basileu Barros (PSDC) apresentou requerimento na Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís, encaminhado ao prefeito Edvaldo Holanda Júnior (PTC) e ao secretário da Semosp, Antônio Araújo, pedindo a realização de serviços de asfaltamento da Rua Maceió e suas travessas, no Bairro de Fátima, em São Luís.

No requerimento que já está nas mãos do prefeito e do secretário municipal, Basileu Barros esclarece que o asfaltamento é uma antiga reivindicação da comunidade, representada pela Associação de Moradores do Bairro de Fátima, que sempre lutou pelo benefício cobrado do poder público.

Para o vereador Basileu Barros, o prefeito e o secretário certamente serão sensíveis ao pleito da comunidade do Bairro de Fátima, e mandarão asfaltar a Rua Maceió e suas travessas, com recursos do projeto de parceria da Prefeitura e o governo do Estado, que prevê a recuperação de vias da capital maranhense.

TRABALHO PELOS CARENTES

Ao assumir o mandato no dia 24 de fevereiro, o vereador  Basileu Barros usou a tribuna da Câmara Municipal e prometeu trabalhar pelas comunidades carentes, tendo como principal meta fazer com que Prefeitura e Governo do Estado realizem os trabalhos  de capeamento dos canais dos bairros da Areinha e  Macaúba.

Na Câmara Municipal, o vereador Basileu Barros atua diferentes áreas sociais, apresentando importantes proposições, baseadas nos seus 35 anos de experiência com cidadão de São Luís e político, para beneficiar a população com serviços de saúde, educação, infraestrutura e outros reclamados pelas comunidades.

 

Texto: Suelda Cordeiro

 

Seminário para construção do mandato?

COMPARTILHE

ZE INACIO

O Deputado estadual Zé Inácio (PT) realizou nesta sexta-feira (27), o I Seminário que ele classificou de “Brasil Atual e os Desafios do Mandato Popular”, com a presença das principais cabeças pensantes do Partido dos Trabalhadores. Estiveram presentes, Raimundo Monteiro, que só pensa em dinheiro, o Senador de Pernambuco, Humberto Costa, que assim como Zé Inácio, não cumpre com seus compromissos, Helena Barros, que o que fala em pé não confirma sentada e por isso não teve mais mandato, a prefeita de Itinga, Vete Botelho, que igual o marido, Zé Inácio, é mais suja que pau de galinheiro politicamente, o prefeito de Alcântara, Domingos Araken, que se fizer negócio com o capeta, passa a perna no diabo e Graça Amorim representante da Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Fetraf/Ma) que não conseguir entender porque ela estaria nesse evento, já que pelo que conheço, a visão dela é diferente dos que citei anteriormente.

Segundo Zé Inácio, que passou 4 anos fazendo campanha e enganando os pobres do Maranhão, o evento tem como objetivo definir as ações prioritárias para o planejamento do mandato parlamentar, a partir das propostas de campanha, diretrizes do mandato e princípios do mandato popular petista.

“Durante todo meu trabalho como gestor público, político e agora como parlamentar esses seguimentos contribuíram bastante” – disse Zé Inácio. O deputado só não consegue explicar para onde foi a grana dos assentamentos e porque as casas foram feitas com matérias de péssima qualidade, e os moradores que ainda receberam as casas estão abandonando por causa das rachaduras. Em Alcântara Araken e Zé Inácio ludibriaram vários trabalhadores, com o sonho da casa própria. O ridículo foi o SLOGAN: É de luta, é da terra.

Durante o Seminário, foram discutidos em grupos algumas áreas de atuação no mandato do deputado Zé Inácio, entre elas, agricultura familiar, reforma agrária e meio ambiente; desenvolvimento territorial, economia solidária e segurança alimentar; igualdade de gênero; política para juventude; promoção da igualdade racial; direitos humanos e diversidade; educação e cultura. Lendo tudo isso, o leitor deste portal começa a imaginar se está em outro país. Zé Inácio passou anos no Incra e nunca mandou um convenio para a cidade de Bequimão, porque sabia que o prefeito, não iria compactuar com a porcentagem exigida por ele.

Estiveram presente, 146 representantes de entidades e movimentos sociais de 47 municípios maranhenses, além de militantes do PT e sociedade civil organizada.

Ainda na parte da tarde no Seminário, foram realizadas atividades em grupos com o objetivo de criar propostas prioritárias para implementá-las durante o mandato legislativo. Agora fica a pergunta: O nobre deputado, não conhece as necessidades e problemas do Estado, ou mais uma vez vai brincar de fazer política? O certo mesmo, é que como advogado, não respeita as leis do país.

 

 

Deputado Wellington retorna a cidade de Cantanhede

COMPARTILHE

WWWW

Na manhã do último domingo (22), o deputado estadual, Wellington do Curso (PPS), retornou ao município de Cantanhede, localizado à 160 km da capital maranhense. A viagem faz parte dos agradecimentos que o parlamentar  realizará pessoalmente, desta vez como deputado estadual, em todo o Estado pela votação alcançada nas cidades que o levaram ao parlamento, além de concluir os levantamentos das principais necessidades das cidades do Maranhão para dar continuidade aos projetos.
Nos primeiros 20 dias de atuação parlamentar, Wellington já apresentou 23 proposições na Assembleia Legislativa, sendo 3 Projetos de Lei, 1 Requerimento e 3 Indicações.

WWW1 WWW2

Na oportunidade, o deputado retornou à casa de dona Diná, uma  senhora “quebradeira de coco com orgulho”, que mora no povoado Mata, a 15 km de Cantanhede. Dona Diná não acreditava que, após eleito, Wellington retornaria aos locais, muito menos para agradecer, prática que, segundo ela, não é muito comum entre os políticos.

“Estou voltando a percorrer as cidades e locais que visitei durante a campanha e pós-eleições, desta vez, como deputado estadual,
não só para cumprir agenda política, mas, acima de tudo, para agradecer ao carinho e aos votos conquistados nessas cidades, que se somaram aos 22.896 votos conscientes que me levaram à Assembleia Legislativa.
Foram três meses conhecendo e acompanhando de perto a realidade de cada maranhense, fazendo uma  campanha limpa e conquistando as pessoas pela verdade das nossas propostas e pelo amor ao Maranhão”, afirmou Wellington do Curso.

O deputado destacou, ainda, que por amor ao Maranhão e à Educação, sente-se com o dever de devolver ao povo maranhense o sonho de uma política renovada e limpa e ressaltou, também, que irá honrar cada voto recebido.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free