casa » Archivo de Etiquetas: Neto Evangelista

Archivo de Etiquetas: Neto Evangelista

Neto Evangelista propõe que mais famílias de baixa renda sejam contempladas com kits de TV digital

COMPARTILHE

O deputado Neto Evangelista (DEM) fez um apelo, na sessão desta quinta-feira (19), para que mais famílias de baixa renda possam ser contempladas no Maranhão com os kits de TV digital. Ele explicou que, desde o início do ano, famílias beneficiadas por programas sociais do Governo Federal, como Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida, passaram a receber kits para acessar o sinal da TV digital, com um conversor e uma antena UHF.

Segundo o deputado, no dia 28 de março, o sinal analógico foi desligado na cidade de São Luís e em mais nove municípios do Maranhão: São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar, Icatu, Rosário, São Bento, Alcântara, Bacurituba e Bacabeira.

Até agora, segundo o deputado, foram entregues 204 mil kits no Maranhão. Mas ainda faltam ser entregues cerca de 90 mil. Por essa razão, Neto Evangelista propôs uma Indicação à Secretário de Estado do Desenvolvimento Social, para que sejam definidas estratégias para que mais famílias possam receber os kits.

“Em São Luís, mais de 60 mil famílias faltam receber o kit digital do Governo Federal.  Em São José de Ribamar, mais de 10 mil. Em Paço do Lumiar, mais de cinco mil e, assim, nas demais cidades. É importante que a sociedade maranhense, sobretudo as pessoas que já estão inscritas no Cadastro Único, possam procurar o Centro de Referência de Assistência Social, o CRAS, para que seja refeito o cadastro”, afirmou Neto Evangelista.

Ele acrescentou que é importante que beneficiários de programas sociais do Governo Federal façam o recadastramento, para que possam ter o direito de receber o kit digital. “Depois, voltarei a esta tribuna para informar de que forma esses quase 90 mil kits serão entregues para quase 90 mil famílias ainda não contempladas. Vamos trabalhar, incansavelmente, para que as famílias de baixa renda do Maranhão tenham o direito a um kit digital e possam ter um bom sinal e uma televisão de qualidade em casa”, frisou o deputado.

 

De volta ao Parlamento, Neto Evangelista faz balanço da sua atuação como gestor da Sedes

COMPARTILHE

O deputado Neto Evangelista (DEM) retornou, nesta terça-feira (10), às atividades parlamentares na Assembleia Legislativa. Em seu primeiro pronunciamento, o parlamentar fez um balanço das ações desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), enquanto titular da pasta.

Neto Evangelista foi secretário de Desenvolvimento Social por três anos e três meses. Durante o Grande Expediente, ele declarou que foi uma honra ter tido a oportunidade de compor a equipe do governador Flávio Dino e contribuir para o desenvolvimento de ações e políticas públicas que beneficiaram e mudaram a realidade social de milhares de maranhenses.

“Eu saí desta Casa, após quatro anos fazendo parte da bancada de oposição, e ingressei em um governo que rompia barreiras naquele momento. Um governo diferente, esperado com muita expectativa pelo Brasil inteiro. Hoje, retorno com a sensação de dever cumprido, mas sei que ainda há muito por fazer pelo Maranhão. Uma certeza eu tenho e posso dormir tranquilo todos os dias: fizemos tudo aquilo que estava ao nosso alcance, em prol do Maranhão”, afirmou.

O parlamentar elencou programas que elevaram o Maranhão a uma posição de reconhecimento nacional, como, por exemplo, o avanço na Política de Segurança Alimentar e Nutricional, por meio da ampliação dos Restaurantes Populares, além da implantação da primeira Cozinha Comunitária Quilombola do país, no município de Alcântara. Evangelista disse que, seguindo o direcionamento do governador Flávio Dino, a secretaria se aproximou da população, que antes desconhecia até mesmo a sua existência.

“Lembro que, quando cheguei naquela secretaria, nós tínhamos seis restaurantes populares em todo o estado concentrados na Ilha de São Luís. Mas, hoje, eu saio daquela pasta deixando o Maranhão com 23 equipamentos de segurança alimentar, que têm a missão não apenas de fornecer refeição de qualidade, mas de garantir a segurança alimentar daquelas pessoas que precisam de orientação, além de oferecer cursos para as crianças sobre segurança alimentar”, completou.

O deputado Neto Evangelista também destacou outros programas que mudaram a realidade da população maranhense, como o Bolsa Escola e o Mais Renda. Ele também contou que sua última ação como secretário foi a entrega da reforma completa do Solar do Outono, que abriga idosos no Maranhão.

“Foi um dia marcante para mim, enquanto secretário de Desenvolvimento Social. Eu tive a certeza de que alguma coisa nós fizemos, porque eu via naqueles idosos, nas autoridades presentes, que defendem os idosos no Estado, a satisfação, a alegria e a certeza de que nossos idosos foram valorizados pelo Governo do Maranhão”, assinalou.

O parlamentar encerrou o pronunciamento agradecendo ao governador Flávio Dino pela oportunidade e frisou que todo o trabalho só foi possível graças ao empenho e comprometimento de toda a equipe da Sedes, que ajudou a desenvolver um trabalho reconhecido.

“Eu saio daquela pasta agradecendo a todos os servidores públicos que me ajudaram a desenvolver um trabalho jamais visto por aquela secretaria. Falo isso com muita humildade, mas pelo reconhecimento popular que, graças a Deus, tenho recebido por todo o Maranhão. Eu tenho certeza que montei a melhor equipe e que tem a missão de continuar o trabalho que nós implantamos, sob a coordenação do meu sucessor, secretário Francisco Júnior”, finalizou.

APARTES

Em aparte ao pronunciamento de Neto Evangelista, o deputado Edivaldo Holanda (PTC) elogiou a atuação do parlamentar como titular da Sedes e destacou que ele é a prova de que, na administração pública estadual e do país, a juventude ainda é a grande esperança.

“O seu trabalho foi acompanhado por todos nós com muita atenção, e eu me orgulho de estar neste Poder ao lado de Vossa Excelência, sabendo do seu preparo, sabendo que é um material pronto para ser usado pela população, quaisquer que seja o destino que Deus possa traçar e permitir que Vossa Excelência caminhe na direção dele”, disse.

Já o deputado Rafael Leitoa (PDT) reforçou que não há dúvida de que o povo do Maranhão tem na imagem de Neto Evangelista um gestor probo, competente, mas, acima de tudo, dedicado.

“Em Timon, nós tivemos ações importantes da Sedes, como o Mais Renda, mais escolas, inauguração de CRAS. Obviamente não deu para contemplar todas as ações da secretaria, pois o estado é muito grande e as necessidades em outros municípios são maiores. No entanto, o que mais me deixa satisfeito é que Vossa Excelência ajuda milhares de maranhenses a terem pelo menos o que comer com os restaurantes populares. São mais de 20 mil refeições diárias todos os dias no Maranhão. Isso, com certeza, é o maior programa de segurança alimentar já feito em nosso estado”, declarou.

O deputado Neto Evangelista agradeceu o reconhecimento dos colegas e ressaltou que a integração entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo, sem dúvida, só tem a beneficiar a população maranhense.

 

“São Luís precisa de uma gestão de excelência”, diz Neto Evangelista

COMPARTILHE

O deputado licenciado e secretário estadual de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista (PSDB), esteve na Redação do jornal O Imparcial con­versando sobre eleições 2016 e o posicionamento do PSDB na disputa municipal de São Luís. Neto Evangelista afirmou que é pré-candidato a prefeito e que conta com apoio de grande maioria dentro de seu partido. O de­putado também ressaltou que acredita que o governador Flávio Dino não se envolverá na disputa deste ano. Como o PSDB não tem Di­retório Municipal e sim comissão provisória, a escolha do candidato será feita por interferência direta do diretório regional ou o nacional.

Hoje são três pré-candidatos perfilados no ninho tucano para disputar a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior em outubro: o jovem Neto Evangelista, o deputado federal e ex-pre­feito da capital, João Castelo, que concorreu à reeleição, com Evangelista na vice, e perdeu. Também o deputado estadual Sérgio Frota, presidente do Sampaio Corrêa, promete en­trar firme na disputa interna do PSDB.

O deputado licenciado e secretário es­tadual de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista (PSDB), esteve na Redação do jornal O Imparcial con­versando sobre eleições 2016 e o posiciona­mento do PSDB na disputa municipal de São Luís. Neto Evangelista afirmou que é pré-can­didato a prefeito e que conta com apoio de grande maioria dentro de seu partido. O de­putado também ressaltou que acredita que o governador Flávio Dino não se envolverá na disputa deste ano. Como o PSDB não tem Di­retório Municipal e sim comissão provisória, a escolha do candidato será feita por interferên­cia direta do diretório regional ou o nacional.

Hoje são três pré-candidatos perfilados no ninho tucano para disputar a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior em outubro: o jovem Neto Evangelista, o deputado federal e ex-pre­feito da capital, João Castelo, que concorreu à reeleição, com Evangelista na vice, e perdeu. Também o deputado estadual Sérgio Frota, presidente do Sampaio Corrêa, promete en­trar firme na disputa interna do PSDB.

O Imparcial – A pré-candidatura é irreversível?

Neto Evangelista – Em política nada é irreversí­vel. É uma pré-candidatura pos­ta com o apoio de uma maioria partidária, seja municipal, esta­dual e federal. Isso nos dá o res­paldo para entrar numa disputa para a Prefeitura de São Luís e estamos trabalhando pela viabi­lidade desta candidatura.

O Imparcial – O se­nhor é secretário de Desen­volvimento Social do governo Flávio Dino. Acredita que terá apoio dele para conduzir esse processo até o fim?

Neto Evangelista – Flávio Dino foi eleito com uma missão que não é nada fá­cil, que é governar um estado esquecido há uns bons anos. O governador é muito ciente dessa missão que mais de 60% da população entregou pra ele. Ele sempre deixou muito claro que a eleição que ele vai dispu­tar será a de 2018.

O Imparcial – Mas uma eleição puxa a outra, não é mesmo?

Neto Evangelista – Eleições de dois em dois anos são um retrocesso para a admi­nistração pública. O que era mais importante para ser mudado na Reforma Política era a unifica­ção das eleições.

O Imparcial – Dentro do PSDB, o senhor acha que vai ter maioria na Comissão Provisória? Quem vai decidir, já que o deputado federal João Castelo também se apresenta como pré-candidato?

Neto Evangelista – Todos no PSDB têm legitimi­dade para lançar sua pré-candi­datura. O deputado João Castelo lançou e nós estamos lançan­do também a nossa. Dentro do partido nós temos as pessoas que entendem a necessidade de uma troca de projeto para a nossa cidade de São Luís e eu estou muito tranquilo para res­peitar a decisão sobre quem vai representar o PSDB nas eleições de São Luís. Sempre apoiarei o que o PSDB decidir.

O Imparcial – Qual a posição do presidente regional e vice-governador, Car­los Brandão?

Neto Evangelista – Carlos Brandão é muito de­mocrata, é muito transparente. A posição dele só quem pode dizer é ele mesmo. Mas estou muito tranquilo quanto ao in­teresse do partido em ter um re­presentante na disputa de São Luís, fazendo uma candidatura competitiva, com possibilida­de de vitória, sem teto eleitoral.

O Imparcial – Qual sua visão sobre a prefeitura?

Neto Evangelista – Eu, como homem público, não posso me omitir do que a gente vê hoje em São Luís. São Luís tem uma administração sem plane­jamento, sem gestão, uma admi­nistração que parece, aos olhos de quem mora aqui, que acordou agora, tardiamente. Temos que parar com aquela ideia de que o prefeito não consegue gover­nar porque tem o governador e o presidente da República con­tra. Hoje, o atual prefeito de São Luís tem os apoios dos governos estadual e federal e não conse­gue deslanchar a cidade. A gente vê outras capitais, como exem­plo de Salvador, com o prefeito ACM Neto, contrário ao governo estadual da Bahia e contrário ao governo federal, e faz uma bela administração. É o prefeito de ca­pital mais bem avaliado do país.

São Luís precisa de uma ad­ministração voltada para a ex­celência administrativa, gestão de qualidade. O gestor de uma cidade como a nossa tem que ter pulso, saber o que está fazendo, trabalhar com planejamento. Essa é a forma de governar que pro­ponho. Antes de qualquer coisa, é preciso garantir que pelo me­nos os serviços básicos funcio­nem, e com qualidade, algo que não acontece hoje em São Luís.

O Imparcial – Isso não compromete o próprio Flávio Dino, que também é alia­do do prefeito Edivaldo Holan­da Júnior?

Neto Evangelista – Lembre-se: eu também sou. Um aliado do governador es­tando na prefeitura é óbvio que quem ganha é a cidade. Mas se tiver só a vontade de trabalhar do governador pela cidade, sem ter a prefeitura para executar, e executar com planejamento, com qualidade, efetivamente não tem resultados.

O Imparcial – O que o senhor avaliaria da ad­ministração do ex-prefeito João Castelo, que é do seu partido e com o qual concorreu em 2012?

Neto Evangelista – Tenho o maior respeito pelo de­putado federal João Castelo. Mas, mesmo ele sendo do PSDB, o par­tido não participava de sua admi­nistração. Eu mesmo não participei em nada. Houve acertos e erros. O modelo PSDB de administrar não foi implantado em São Luís.

O Imparcial – A partir de que dia o senhor volta para a Assembleia como deputado?

Neto Evangelista – Estamos discutindo interna­mente no partido essas condições de candidatura. Ainda não temos data definida. A data-limite é 2 de junho.

O Imparcial – A disputa em São Luís, hoje, já conta com aproximadamente cerca de 12 candidatos. O se­nhor acha que isso ajuda a po­pulação a compreender?

Neto Evangelista – Acho que todos têm legiti­midade para pleitear a vaga da Prefeitura de São Luís. É natu­ral, sobretudo quando temos um prefeito mal avaliado, mas isso não está acontecendo somente nesta eleição como muitos ten­tam pregar. É obvio que, na hora que chegar o momento das con­venções, tende esse número de candidatos a diminuir. Como to­das as eleições são assim.

Por Raimundo Borges

 

Governo realiza Caravana Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) na Cidade Olímpica neste sábado (16)

COMPARTILHE

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), realiza, neste sábado (16), em São Luís, mais uma edição da Caravana Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) para entrega e desbloqueio dos cartões do programa. A ação será no Centro de Ensino Joana Batista dos Santos Silva, na Cidade Olímpica, e contemplará, além dos beneficiários do próprio bairro, os do Jardim América, Geniparana, Vila Janaina, Vila Nestor e Vila José Reinaldo Tavares.

Os moradores destes bairros que são beneficiários do programa federal ‘Bolsa Família’ e têm filhos de quatro a 17 anos na rede pública de ensino, devem se dirigir, entre 8h e 17h, ao Centro de Ensino Joana Batista dos Santos Silva, localizado na Rua 9, quadra 100, bloco B, Cidade Olímpica. No local, serão entregues os cartões Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), e, imediatamente, é feito o desbloqueio podendo ser utilizado após três dias para a compra de materiais escolares para os filhos.

Iniciadas em fevereiro, as Caravanas foram criadas para garantir agilidade de acesso ao benefício com atendimento direto à população. Na região metropolitana, os cartões já foram entregues em Raposa, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e em São Luís, nos bairros São Francisco, Centro e adjacências. Agora, na edição da Cidade Olímpica e região, serão entregues mais de dois mil cartões.

Rosimar Nunes, 26 anos, moradora da Vila São José, em Paço do Lumiar e mãe de quatro beneficiados, destacou, ao receber o cartão quando a Caravana foi ao seu município, a importância dos recursos para a escolarização dos filhos. “O ‘Bolsa Escola’ chegou em um momento oportuno, pois vai contribuir na redução das muitas despesas que temos com nossos filhos no ano letivo”, disse.

Nas escolas da rede pública dos sete bairros contemplados pela ação deste sábado será afixada lista com os nomes dos beneficiários. O cidadão pode, também, buscar mais informações no site do programa (http://www.bolsaescola.sedes.ma.gov.br/site/) e consultar se pode receber o beenfício, informando apenas o CPF.

Programa

Realizado a partir de 2016, o Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) é gerido pela Sedes e vai atender a cerca de 1,2 milhão de crianças e jovens maranhenses, de 4 a 17 anos, com investimento de R$ 72 milhões do Governo do Estado, oriundos do Fundo Maranhense de Combate à Pobreza (Fumacop).

Com crédito no cartão, o beneficiário tem validade de 90 dias para ser usado nas lojas da rede credenciada para compra de material escolar. Em seguida, o cartão dever ser guardado para o acesso ao benefício nos próximos anos.

Ao implementar o programa, o governador Flávio Dino pretende resgatar a dignidade dos estudantes maranhenses, mudar a realidade educacional do Maranhão e fortalecer a economia dos municípios maranhenses.

 

Zé Inácio: O sujo falando do mal lavado!

COMPARTILHE

Texto baseado no Blog do D’eça

NOSSA

O deputado estadual Zé Inácio Rodrigues (PT) que é mais sujo que pau de galinheiro, saiu ontem (21) em defesa dos projetos do PT e partiu para cima dos tucanos maranhenses Neto Evangelista e João Castelo. O pior de tudo é que Zé Inácio acusa os tucanos e esquece que é fera na prática ilícita.

ZÈ INÁCIO

Atual secretário de Desenvolvimento Social, Evangelista publicou artigo em seu perfil no Facebook para lamentar o abandono da refinaria “Premium”, projeto que classificou de estelionato eleitoral (Releia aqui). Mas o deputado Zé Inácio, que “Comeu” alto na construção de casas em assentamentos do INCRA nas terras de Santana, zona rural de Bequimão, acha que ninguém sabe das falcatruas e se mostra honesto. Tudo isso, para comprar lideranças em todo estado do Maranhão. E o pior, deixou pobres sem casas e deu pra quem mora na Vila Embratel, em São Luís.

Castelo, por sua vez, ocupou emissoras de rádio de São Luís para fazer as mesmas críticas. O certo mesmo, é que Neto Evangelista foi inocente nessa labuta e acabou caindo na lábia de João Castelo, prefeito até dezembro de 2012 e que buscava a reeleição e tinha como vice, o jovem deputado tucano, que foi o único corajoso em aceitar o convite de Castelo.

Já o deputado do PT, Zé Inácio resolveu rebater os dois e disse, também por meio do facebook, que “estelionato eleitoral” foi o VLT, usado pela dupla na campanha de 2012. (Recorde aqui)

“Não existe maior simbolismo de estelionato eleitoral no Maranhão do que o VLT de Castelo & Neto Evangelista em 2012. Sem projeto e sem planejamento. Só o vagão da alegria, que custou milhões” – afirmou Inácio. Só que Zé Inácio esqueceu que ano passado o petista mesmo fora do INCRA mandou autorizar o pagamento de R$500 mil reais antes das casas serem construídas. E o pior, mandou as pessoas assinarem os documentos sem receberm as casas.

O bate-0boca entre petistas e tucanos, em todo o país, fez parte das estratégias dos dois partidos para evitar a hegemonia um do outro no debate político. E a tendência é que o confronto ganhe corpo à medida que se aproximar o processo eleitoral… Agora fica a pergunta: Zé Inácio tem moral para criticar alguém?

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free