casa » Archivo de Etiquetas: Maranhenses

Archivo de Etiquetas: Maranhenses

Deputado Fábio Macedo pede desculpas aos maranhenses

COMPARTILHE

Após se envolver em uma grande confusão em Teresina e terminar preso por agressão a um músico e a um policial, o deputado estadual Fábio Macedo (PDT), usou sua página pessoal para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido, pedindo desculpas e admitindo o alcoolismo.

Confira a carta:

Aos maranhenses que me elegeram e confiaram como seu representante, peço as mais sinceras desculpas por meu descontrole emocional na última madrugada, onde após o consumo de bebidas alcoólicas, associadas ao uso de medicações para tratamento de saúde, me envolvi em uma confusão em um bar na cidade de Teresina. Há anos enfrento problemas de depressão e alcoolismo e no momento da confusão estava sem o controle de minhas faculdades mentais e em estado total de embriaguez. Sei que nada justifica minhas atitudes e como homem que sou, assumirei todas as responsabilidade legais e morais. Também peço desculpas à Corporação da Polícia de Teresina, a quem muito respeito e admiro o trabalho.

Chegar a este momento é muito difícil e até doloroso, mas a verdade deve ser dita, não para me justificar ou fugir das responsabilidades, mas para que possam entender o que tenho passado nos últimos anos. Depois da realização de uma cirurgia bariátrica, a qual fui submetido para a retirada de um balão gástrico, que estava me causando várias complicações de saúde, tive novamente uma recaída na depressão, algo com que convivi parte da minha vida e que pensei ter sido superado por completo. Além da depressão, passei a ter problemas com alcoolismo, meu organismo não consegue mais processar o consumo de bebidas corretamente, qualquer quantidade faz com que logo eu perca a razão e o controle emocional, algo que trouxe um peso enorme para minha vida, assim como meus pais, irmãos, esposa e filhos, que todo este tempo tem lutado ao meu lado, me dando forças para continuar seguindo. Infelizmente nos últimos dias tive sucessivas recaídas, algo que não me orgulho. O alcoolismo, assim como a depressão, infelizmente, são doenças graves, desta forma me comprometo em continuar com o tratamento de saúde para superar essa condição.

Fábio Macedo – Deputado estadual

Prefeitura de Alcântara manda representantes para abertura oficiais dos jogos escolares maranhenses

COMPARTILHE

O Secretário Municipal de Juventude, Esporte e Lazer de Alcântara, Hemerson Martins, acompanhado de Alim Ferreira, representando a Secretaria Municipal de Educação (Semed), participou do lançamento oficial dos jogos escolares maranhenses (Jemes) e parajemes no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, localizado no Retorno do Calhau.

Na oportunidade estiveram presentes o secretário de Esporte do Maranhão, Hewerton Pereira, o presidente do Jemes, Sandoval Feques, que apresentou o calendário oficial dos Jogos Escolares Maranhense de 2018.  José Henrique também falou dos jogos paralímpicos. A ex- jogadora da Seleção Brasileira de Basquetebol, Iziane Castro falou da importância dos jogos escolares maranhense onde iniciou sua carreira.

Em toda história de Alcântara é a primeira vez que o município vai participar dos jogos escolares maranhenses. Com a iniciativa, os estudantes alcantarenses vão poder mostrar suas habilidades esportivas, além de ganhar visibilidade através do talento.

Estiveram presentes secretários dos municípios que participarão dos jogos e diretores do Estado.

Quem são os maranhenses que estão esquecidos no Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO)?

COMPARTILHE

O serviço do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) procura as famílias de dois pacientes do Maranhão internados no local há semanas. Os dois homens falam pouco e não conseguem repassar informações sobre o paradeiro de parentes, que até o momento não contataram a unidade para obter informações sobre eles.

Luiz Pereira da Silva, de 44 anos, foi encontrado desacordado em uma rua e levado à unidade com traumatismo craniano pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O homem diz que nasceu em Santa Inês, já foi casado e tem filhos. Porém, ainda confuso, ele dá informações desencontradas e não sabe explicar bem como se feriu. “Só lembro que eu estava saindo do carro, o ônibus chegou e bateu em mim. Só isso. Não lembro mais de nada”, afirma.

HUGO1 HUGO2

O outro caso é ainda mais complicado. Em um quarto da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Orleandro também aguarda por algum familiar desde o dia 10. Ele, que aparenta ter entre 25 e 30 anos, não portava nenhum documento.

Com muita dificuldade, a psicóloga Elisa Simões conseguiu descobrir que ele é natural de Imperatriz e trabalhava como flanelinha em Goiânia. “Nesses momentos em que ele estava mais lúcido, conseguiu dizer o nome dele que é Orleandro do Nascimento Souza”, conta.

A chefe do serviço social do Hugo, Solange Generosa, faz uma verdadeira investigação para encontrar a família dos dois pacientes, mas ainda não obteve êxito. Ela diz que quando as pessoas são de outro estado, a tarefa fica ainda mais difícil.

No ano passado, 89 pessoas se encontravam nessa situação na unidade. “Precisa localizar familiares porque a gente entende que o acompanhamento da família traz melhoras para o paciente. A gente pede encarecidamente que se alguém que conhece algum amigo ou tem alguma informação desses dois pacientes que entrem em contato com o serviço social”, pontua.

PORTAL BDC

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free