casa » Archivo de Etiquetas: Hemomar

Archivo de Etiquetas: Hemomar

Prefeitura de Bequimão e Hemomar realizam nova coleta de sangue no município

COMPARTILHE

Pelo menos 70 pessoas se dispuseram a doar sangue em coleta realizada nesta quinta-feira (24), no Centro de Saúde Santo Antônio, em Bequimão. Foram coletadas, no município, 36 bolsas de sangue entre 8h e 17h. A campanha acontece a cada quatro meses e é uma iniciativa da Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), em parceria com o Hemonúcleo de Pinheiro.

Nesta edição, a equipe do banco de sangue regional se dividiu em pelo menos quatro setores: recepção, pré-triagem, triagem e sala de doação. Entre os profissionais deslocados pelo Hemonúcleo de Pinheiro para Bequimão estavam motorista, recepcionista, assistente social, enfermeira, técnicas de enfermagem e um técnico laboratorial, totalizando 12 pessoas.

Ao chegarem ao Centro de Saúde Santo Antônio, os voluntários eram acolhidos pela recepcionista e por uma assistente social, responsáveis pelo cadastro de doação. Nessa etapa, os candidatos apresentavam documento oficial de identificação com foto, além de informações de contato, como forma de garantir a comunicação com o Hemonúcleo.

Finalizado o cadastro, os voluntários foram encaminhados para a sala de pré-triagem, onde passaram por exames de verificação da pressão arterial, temperatura, dosagem de hemoglobina e verificação de peso. Na triagem clínica, passaram por uma entrevista minuciosa sobre o estado de saúde, para comprovar se, de fato, estavam aptos a doar sangue.

Caso a doação pudesse ser feita, os doadores eram levados até a sala de coleta, onde as técnicas de enfermagem realizavam a limpeza do braço na região da punção. O material utilizado em cada processo era esterilizado e, depois do uso, descartado, não apresentando nenhum risco para o doador. Além de segura, a coleta de sangue é rápida, durando, em média, 15 minutos por pessoa.

A diretora do Hemonúcleo de Pinheiro, Ana Paula Froes, destacou que o objetivo é tornar a coleta cada vez mais acessível para as pessoas que desejam praticar o ato de solidariedade. “Atendemos, hoje, 42 municípios. Em vez de o doador se deslocar até Pinheiro, levamos esse atendimento aos demais municípios da região, a fim de facilitar a captação. Com a iniciativa, beneficiamos não só o doador, mas também os pacientes que precisam desse sangue, com a grande probabilidade de aumento do nosso estoque”, ressaltou a diretora.

Esta é quarta vez que a equipe do Hemonúcleo de Pinheiro vem a Bequimão. Na primeira campanha, 30 pessoas passaram pela triagem e 23 bolsas foram coletadas; na segunda, 40 pessoas se voluntariaram e 26 bolsas foram coletadas; enquanto a terceira contou com a sensibilidade de, aproximadamente, 40 pessoas e disponibilizou 28 bolsas ao banco de sangue.

O secretário municipal de Saúde, Sidney Bouéres, informou que a Semus vai intensificar as ações de sensibilização da população bequimãoense, visto que o número de voluntários quase dobrou neste ano. “Com muito esforço e dedicação, conseguimos mobilizar mais uma campanha de doação de sangue em nosso município. Ainda há resistência muito grande por parte das pessoas e uma série de ideias a ser desmistificada no que diz respeito ao processo de doação. Porém, mesmo com as dificuldades, conseguimos mobilizar um bom número de voluntários dispostos a participar desse importante ato de solidariedade. Agradecemos imensamente quem demonstrou amor ao próximo e disponibilizou um pedacinho de si para salvar outras vidas”, afirmou o secretário de Saúde de Bequimão.

Por Foto: Divulgação / Prefeitura de Bequimão

Bequimão promove Campanha de Doação de Sangue em parceria com o Hemomar

COMPARTILHE

Dezenas de bequimãoenses compareceram para doação de sangue nesta quarta-feira (21) no Centro de Saúde, antigo hospital da cidade e participaram da Campanha, que foi realizada através de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão e o Centro de Hematologia do Maranhão (Hemomar). Foi a primeira vez que o município aderiu à campanha.

As pessoas que participaram da campanha passaram por uma triagem com os profissionais da saúde, antes de fazer a doação. Mesmo sendo uma novidade no município, o Hemomar ainda coletou 30 bolsas de sangue que servirão para salvar vidas na baixada maranhense. Doar sangue é declarar o verdadeiro amor pela vida, como fez o secretário de saúde Sidney Bouéres. “Pela primeira vez o município de Bequimão adere essa campanha que vai ajudar a salvar muitas vidas. Toda equipe da prefeitura esteve engajada para que pudéssemos realizar, e a cada 90 dias uma ação desta natureza acontecerá no município”, disse o secretário que também fez sua parte doando sangue.

A falta de energia também atrapalhou o andamento do processo e aproximadamente 20 doadores aptos para doar não puderam fazer a ação por falta de energia elétrica, já que houve uma pane na rede da Eletrobrás e 12 estados, incluindo o Maranhão, ficaram sem energia por aproximadamente 3h nesta tarde de quarta-feira (21).

Em junho, outra ação de Campanha de Doação de Sangue será realizada na cidade de Bequimão para angariar novos doadores e salvar mais vidas no Maranhão. O doador do sexo masculino que doou hoje vai está apto para nova doação daqui há três meses, ou seja, em junho.

Fotos: Rodrigo Martins

Governo sensibiliza doadores de sangue para abastecer Hemonúcleos no interior do estado

COMPARTILHE

A população dos municípios do interior do Maranhão aderiu à campanha de doação de sangue lançada pela Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar). O objetivo da campanha “Folião Solidário… Antes de cair na folia faça sua parte – Doe Sangue” é estimular a doação de sangue para manutenção de estoque adequado ao atendimento da demanda transfusional dos hospitais de todo o estado.

Desde o dia 1º de janeiro, 1.287 bolsas foram coletadas nas cidades de Pinheiro, Pedreiras, Santa Inês, Caxias e Codó. O Hemonúcleo de cada um destes municípios servirá como base de apoio para coletar as doações com funcionamento, sempre das 8h às 18h, com exceção de Pedreiras que funciona até 12h.

Arnaldo Rodrigues fez a parte dele e procurou o Hemonúcleo de Pinheiro. “A doação de sangue é um ato de amor ao próximo e neste período de carnaval a demanda de sangue aumenta e eu sempre faço doação para ajudar a manter o estoque de sangue e ajudar os pacientes que precisam”, afirmou.

Em Pedreiras, Diego Siqueira da Silva compreende a importância do gesto. “É sempre importante ajudarmos. Fico feliz em poder contribuir com um pouco de vida que estou dando para outra uma pessoa”, explicou.
No interior, as ações para doação voluntária e coleta sanguínea estão sendo realizadas nas cidades de Pinheiro, Pedreiras, Santa Inês, Caxias, Codó, Balsas e Imperatriz.

Os profissionais do Hemomar alertam que os voluntários dispostos a fazer a doação e ajudar a salvar vidas precisam seguir regras essenciais. O doador voluntário precisa ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que os menores de 18 precisarão apresentar o consentimento do responsável para realizar o ato.

O doador também precisa estar em boas condições de saúde e ter peso mínimo de 50 kg. Entre uma doação e outra é necessário respeitar o intervalo para reposição de ferro pelo organismo, mulheres devem aguardar 120 dias, nos homens o período compreende 90 dias.

Quem não pode doar

Entre os grupos que não podem doar sangue estão mulheres grávidas, pessoas que tiveram hepatite após os 11 anos de idade, portadores de hepatites B e C, Aids, Doença de Chagas, malária e quem faz uso de drogas ilícitas injetáveis.

Se estiver resfriado, o doador deve esperar 7 dias após o desaparecimento dos sintomas. Quem fez tatuagem, maquiagem definitiva, esteve em região de malária ou fez sexo sem proteção deve aguardar um ano.

 

Campanha de doação de sangue na Câmara

COMPARTILHE

PL

Por unanimidade, foi aprovada na Câmara Municipal, a Indicação 86/2015 do vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB), para o agendamento junto ao Hemomar de um dia de coleta de sangue na Câmara Municipal.

“É preciso que olhemos a necessidade do Hemomar de manter o estoque de sangue para atender a quem precisa de doação de sangue. Por isso, solicitamos do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, o agendamento da unidade móvel do Hemonúcleo, para que sejamos solidários com a nossa população”, afirmou o vereador.

Ainda segundo a indicação, a data para a coleta será previamente agendada para que a maioria da população e dos próprios parlamentares possa comparecer para um volume maior de doações.

“Isso vai facilitar o trabalho constante do Hemomar, que é a necessidade de aumentar a quantidade de parceiros que possibilitem a manutenção do estoque de sangue. Com certeza, faremos uma grande mobilização para colaborar com o aumento das doações”, garantiu o parlamentar.

Texto: Igor Almeida

Doe Sangue: Só não pode ser, dia de São Marçal

COMPARTILHE

HEMOMAR

Que o sangue salva vidas, todo mundo sabe, mas o que o Hemomar fez hoje (30), todo mundo vai saber. Não dá para entender como se faz uma campanha para doadores de sangue e logo após fecham as portas do Hemocentro na cara do doador (VEJA). Hoje (30) é feriado apenas para os cachaceiros e os que gostam de farras. Se São Marçal é o cara do João Paulo, eu não sabia. Com todo respeito aos que gostam, mas primeiro a vida e depois a festa. Não é porque no dicionário a saúde vem depois de festa, que assim seja no hemomar. Não dá para entender, como uma casa de saúde, fecha em plena segunda feira, já que a campanha chamava para doação no período junino.

Este site recebeu uma denuncia de um leitor, que vou chamá-lo de Ezequiel. O caso é grave e revoltante. O pai do senhor Ezequiel, identificado por Francisco de Assis Costa Vieira, morador do bairro Forquilha em São Luís, vai fazer uma cirurgia delicada no Hospital Aldenora Belo, e precisa de sangue. Seu filho, Ezequiel, conseguiu vários doadores e levou até o hemomar, no bairro da Jordoa, área do João Paulo, onde está acontecendo uma bagunça, chamada encontro de Bumba boi.

sangue 1images 2

Ao chegar ao hemocentro, a notícia não foi nada satisfatória. De acordo com o filho do paciente, os seguranças avisaram que não haveria expediente, simplesmente por causa da festa que estava acontecendo no bairro. Sem soluções, Ezequiel voltou com os amigos, que não puderam doar sangue e ainda perdeu um dia de trabalho, já que seu emprego fica na BR-135.

Agora fica a pergunta. Hoje (30) é feriado Estadual, Municipal ou Federal? O que é mais importante, a vida de um cidadão ou a cachaçada do João Paulo? Quem manda no órgão, o governo que paga os funcionários, ou o Diretor que manda nos funcionários? Ou os funcionários também são brincantes e não puderam ficar de fora da bagunça? Para que fazer campanha de doação de sangue no período junino (VEJA), se o Hemocentro só abre quando quer? Será que alguém vai dar explicações do caso ou vai ficar como está?

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free