casa » Archivo de Etiquetas: Edivaldo Jr

Archivo de Etiquetas: Edivaldo Jr

Diretor do Hospital Djalma Marques (Socorrão I) é engolido por jacaré pedetista

COMPARTILHE
Sem aviso prévio, o diretor do hospital Djalma Marques (Socorrão I) foi engolido pelo jacaré pedetista. Dr. Ademar Bandeira não é mais diretor do Socorrão I, no Centro de São Luís. Ele foi exonerado do cargo na manhã desta segunda-feira (12). A notícia foi dada pelo vereador Marcial Lima (PEN) na tribuna da Câmara Municipal. A informação já foi confirmada a imprensa pela Secretaria Municipal de Saúde.
Sem deixar apagar o rastro do ex-diretor, Edivaldo Holanda Júnior não perdeu tempo e anunciou para o lugar de Ademar, a profissional Bernadete Veiga Ferreira, que até então era diretora do hospital Clementino Moura, (Socorrão II), na região da Cidade Operária. Com isso houve mudanças também no Socorrão II, que passa a ser comandado por Dorinei Câmara,  que respondia pela direção administrativa do hospital.
De acordo informação da SEMUS, Ademar Bandeira não sai da estrutura da Saúde Municipal, sendo apenas promovido a outro setor da pasta, que será responsável por ajudar na construção de um modelo melhor para a rede municipal de Saúde. Além disso, ele voltará a ocupar a função de cirurgião no Hospital Clementino Moura, o Socorrão II.
Na tribuna, o vereador Marcial Lima criticou a exoneração de Bandeira, lamentando, que apesar de tantos anos prestando serviço como diretor do Socorrão e I e II, nunca tinha tido oo prazer de ser recebido pelo prefeito Edivaldo Holanda Jr.
Por Adilson Carlos.

Sem outra opção, Edivaldo Holanda Jr reafirma apoio a Flávio Dino

COMPARTILHE

O PCdoB, partido do governador Flávio Dino, realizou na noite de sexta-feira (21) a Conferência Estadual. O evento comandado pelo próprio Dino, contou com a presença de lideranças políticas, entre elas o prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PDT).

Apesar de ter deixado transparecer que não poderia compor a chapa de Flávio Dino em 2018, caso fosse convidado, Edivaldo fez questão de, mais uma vez, mostrar lealdade a quem também lhe foi leal, o governador Flávio Dino.

Edivaldo, também nas redes sociais, deixou claro que estará com Flávio Dino em 2018, assim como esteve em 2014.

“Estamos juntos no projeto de construção de um estado melhor e mais digno para o nosso povo”, afirmou Edivaldo.

 

Por Jorge Aragão

Fátima Araújo e Edivaldo Holanda Jr entregam escola reformada no João de Deus

COMPARTILHE

A Unidade de Educação Básica (U.E.B) Maria José Vaz, localizada no bairro João de Deus, ganhou estrutura, materiais e equipamentos adequados e melhores condições de acolhimento e aprendizado para os alunos. A escola é mais uma unidade da rede municipal de ensino que foi entregue totalmente reformada pelo prefeito Edivaldo neste sábado na manhã deste (15).

A escola, agora equipada com ar-condicionado em todas as salas de aula, é uma das mais tradicionais da cidade e as obras eram muito esperadas por alunos e professores. A reforma da escola integra o programa municipal ‘Educar Mais’ que, entre outras ações, tem como um dos pilares, a reforma e reestruturação da rede física escolar.

Acompanhado da primeira dama Camila Holanda, da vereadora Fátima Araújo (PCdoB), autora do requerimento que pedia a reforma desde 2014, do vice-prefeito Júlio Pinheiro, do secretário de Comunicação e Assuntos Políticos do Governo do Estado, Márcio Jerry, o prefeito Edivaldo foi recebido com festa pela comunidade escolar e pela população. Ao fazer a entrega oficial do novo prédio à comunidade estudantil, Edivaldo avaliou os resultados do conjunto de serviços. “A entrega desta escola faz parte do programa Educar Mais que lançamos em junho para melhorarmos nosso Ideb cada vez mais e consequentemente elevar o nível do ensino oferecido na rede municipal. É mais uma escola que estamos entregando totalmente reformada. Até o início de agosto, vamos entregar mais seis escolas neste padrão”, afirmou o prefeito.

Para o secretário municipal de Educação (Semed), Moacir Feitosa, a revitalização da unidade consolida mais uma vez o compromisso do prefeito Edivaldo com a educação.  “Estamos acompanhado de perto os serviços de reforma e manutenção feitos nas escolas da rede, requerendo sempre do setor de engenharia o cumprimento dos prazos já determinados no planejamento, seguindo recomendações do prefeito Edivaldo, que também tem acompanhado de perto este trabalho, fazendo vistorias rotineiras no canteiro de obras”, destaca o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa.

Para a vereadora Fátima Araújo, a luta sempre vale apena, quando se persiste e nunca desiste. “Primeiramente quero agradecer a Deus e a população presente na ação, que sabe reconhecer quando recebe uma obra tão importante como a Escola Maria José Vaz dos Santos. Uma escola toda reformada, com 11 salas climatizadas, refeitório, biblioteca, sala de professores, diretoria, secretaria, banheiros e quadra para esporte de areia. Uma escola preparada para melhorar a educação de 650 alunos. Estamos todos de parabéns. Não só o João de Deus ganhou, mas os bairros vizinhos, os pais, e principalmente, as crianças, que são o futuro da nossa cidade. Muito obrigada! Aqui tem luta de 3 anos da vereadora Fátima Araújo para conseguir esta reforma” – destacou a Pequena Guerreira.

MELHORIAS NA UNIDADE DE ENSINO

A UEB Maria José Vaz recebeu uma série de serviços em sua estrutura física e também foi contemplada com equipamentos novos. O conjunto de madeiramento estrutural do telhado foi todo substituído, assim como todo forro do prédio. Foi refeito todo o cabeamento da rede elétrica (luminárias, lâmpadas e ventiladores). Houve a troca de todo piso deteriorado por novo piso industrial. As lousas deterioradas foram substituídas por quadros laminados e toda rede hidrossanitária (vasos e assentos sanitários, cubas e torneiras), além de portas foram trocadas.

Todos os ambientes da estrutura física receberam nova pintura – interna e externamente. Novas grades foram confeccionadas e instaladas; e foi instalado ainda ar-condicionado em todas as salas de aula, um compromisso de campanha do prefeito Edivaldo com os alunos da rede municipal. No inicio do ano a Escola Casa Agricultura Familiar Rural, também recebeu os equipamentos. Outras unidades de ensino também em obras devem receber os equipamentos.

A cozinha foi ampliada e ganhou um refeitório. A quadra da escola recebeu areia para pratica de vôlei. Na lista de serviços em área externa houve ainda a ampliação de uma passagem coberta com acesso do refeitório para a escola. Limpeza geral em todo o entorno da escola; construção de base em concreto armado para caixa d’água; e nova cisterna. O cronograma de serviços contou ainda com calçamento nas laterais e frente; revitalização de toda a pintura do muro; confecção e instalação do novo portão da entrada.

Somente este ano 56 unidades de ensino já foram reformadas. 43 estão com intervenção em curso e mais de 40 aguardam para receber serviços. Além disso, a gestão municipal está com a construção de três creches e 3 escolas de 12 salas.

CONVERSANDO COM O POVO

Uma das primeiras moradoras do João de Deus, Francisca Nunes de Sousa, marcou presença na entrega da escola acompanhada da neta Andrezza Raissa de Sousa. “Estou adorando tudo. Era o que esperava há anos. Esta escola estava derrubada. Agora está linda”, exaltou.

A estudante Emily Rodrigues, 11 anos, moradora do João de Deus, aprovou a reforma. “Achei a reforma muito boa. Espero que os alunos venham conservar mais nossa escola. Agradeço os trabalhadores que fizeram essa obra bonita e bem acabada. É muito bom ter uma escola boa”, comemorou Emily.

“A reforma foi maravilhosa. Está perfeita. Todos os instrumentos que uma escola precisa estão, agora disponíveis para professores e alunos” – pontuou a diretora da unidade, Luciana Braga Gama.

 

ASCOM/VEREADORA

 

Edivaldo Holanda Jr aprova o que quer na Câmara de Vereadores de São Luís

COMPARTILHE
Prefeito Edivaldo Júnior encaminhou proposta para que vereadores autorizasse a criação de cargos comissionados.

Os Vereadores de São Luís mostraram mais uma vez nesta quarta-feira (10), que quem manda na maioria dos parlamentares é o prefeito Edivaldo Holanda Jr (PDT). A contraprova foi confirmada após a Câmara aprovar um projeto de lei do Poder Executivo que cria 15 cargos em comissão para a Secretaria Municipal de Projetos Especiais. Os salários dos novos cargos durante um ano trarão um impacto de mais de R$ 1 milhão reais aos cofres do município.

Se não bastasse a crise que o Brasil atravessa e o caos que a prefeitura vive desde 2013, quando Edivaldo Holanda Jr assumiu a gestão da capital maranhense, o gestor continua criando cargos com salários altos, apenas para beneficiar aliados. A folha de pagamento da Prefeitura de São Luís inchou bastante e consome mais de 52% do orçamento municipal, o que deixa a gestão além do limite permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Mesmo assim, a Prefeitura de São Luís enviou ao Poder Legislativo Municipal projeto de lei com o pedido de autorização para serem criados nove cargos em comissão com salários de mais de R$ 9 mil e outros seis cargos com salários de R$ 5 mil para trabalhar em projetos de revitalização do patrimônio histórico e cultural. Agora fica a pergunta: esses projetos já não estão prontos há tempo?

A proposta chegou via Sedex na manhã desta quarta-feira (10) e no mesmo dia foi votada em regime de urgência pelos vereadores. Somente Estevão Aragão (PSB) e Marcial Lima (PEN) decidiram votar contra. O vereador Chaguinhas (PP) não esteve presente por problemas de saúde.

CULTURA LEMBRADA– Foi votada ontem (10) também, em regime de urgência, a proposta da Prefeitura de remissão de débito tributários e também isenção de alvará para entidades culturais de São Luís.

Os débitos das entidades com a Prefeitura chegam a R$ 3 milhões e serão perdoados. Quais os motivos desse perdão? Seria a eleição de 2018?

O ESTADO/MA

Leitor do Portal denuncia obras eleitoreiras abandonadas por Edivaldo Holanda Jr

COMPARTILHE

Mais uma obra eleitoreira inacabada com dinheiro público foi abandonada após as eleições de 2016. Em tempo de campanha o atual prefeito reeleito Edivaldo Holanda Junior (PDT) começou a construir a quadra esportiva do bairro Alemanha, mas após ganhar a eleição, esqueceu-se de concluir a obra, faltando apenas a cobertura.

Três meses já se passaram e nem o prefeito e muito menos o secretário Júlio França, que segundo o morador denunciante, fez uma propagando de que entregaria a obra antes de Natal, mas ão explicou se seria o natal de 25 de dezembro ou o Natal do Rio Grande do Norte. O certo mesmo, é que as fotos mostram total abandono e tristeza, afinal muito dinheiro público foi jogado fora.

Para o morador, a quadra poderia está tirando várias crianças e adolescentes do mau caminho, com a prática de atividades esportivas, e diminuindo a marginalidade na periferia, evitando formação de delinquentes, está hoje servindo de abrigo para usuários de drogas.

“Fica aqui o lamento e a decepção deste governo, declarou o morador que enviou a denúncia e as fotos do abandono. Mais uma vez o povo foi enganado” – disparou o morador.

Tá na hora de Edivaldo Júnior dar Cartão Vermelho para Júlio França

COMPARTILHE

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), já deveria ter dado cartão vermelho para o secretário de Esporte do Município, Júlio França, que até agora não disse a que veio fazer na SEMDEL. França que não conhece nada de esporte abandonou todas as praças esportivas da capital maranhense.

O grande exemplo da incompetência de Júlio França à frente da pasta do esporte foram os abandonos do Parque do Menino e do estádio Nhozinho Santos, que foram entregue às formigas e ao matagal. O Parque do Bom Menino foi entregue ao vandalismo e a sujeira, desde que assumiu a SEMDEL.

O histórico estádio Nhozinho Santos não realiza uma partida oficial de futebol desde maio de 2014, em que na ocasião jogaram São José X Balsas valendo pela última rodada do segundo turno do campeonato maranhense. De lá pra cá, as formigas tomaram conta do gramado.

Foram inúmeras promessas feitas pelo prefeito e nenhuma executadas pelo secretário Júlio França, que agora mandou pintar o estádio, cortar o capim para fingir que é grama, mas não colocou as iluminarias. Resta saber se o Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Polícia Militar vão dar o laudo positivo.

SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS

É inadmissível entender os motivos que deixaram o desportista, torcedor do Moto, incentivador do esporte, ex-atleta de futebol de salão, Rommeo Amim, fora de um projeto que trabalha o social, para colocar pessoas desqualificadas na pasta, simplesmente por indicação política. O resultado foi trágico.

A opção de Edivaldo Holanda Jr se redimir com a massa desportista da capital, seria nomear de imediato o suplente de vereador Rommeo Amim (PCdoB), que conhece cada pedaço de chão onde o esporte respira soluções na capital maranhense. Um apaixonado por esporte, trabalharia as categorias de base nos bairros e ressuscitaria as escolinhas que foram abandonadas, em que a situação caótica da SEMDEL neste momento, deixou funcionar tudo desde que Raimundo Penha saiu da pasta.

De 2013 a janeiro de 2017 já passaram pela SEMDEL, o advogado Raimundo Penha, Jerry Abrandes (Inmemória), Olímpio Araújo  e agora Júlio França. Nenhum fez 10% das expectativas. Qual será o próximo? A briga é para saber quem leva: PCdoB ou PDT? Enquanto isso, o posso sofre com as praças abandonadas.

A hora é essa. Não tem muito tempo a perde!

 

 

Vereador Pavão Filho pode realizar um sonho antigo, assumir a Educação de São Luís

COMPARTILHE

Sabe aquele menino que troca qualquer prato de comida por uma partida de futebol em pleno meio dia? Pois é, tudo por um sonho de um dia se tornar jogador de futebol e vestir a camisa da Seleção Brasileira. Mas o que tem haver política com futebol? Tudo. A resposta para essas perguntas é simples. Quando a gente quer, não há obstáculo que atrapalhe, principalmente quando a competência anda casada com o preparo.

Pra quem já foi deputado por vários mandatos, e hoje se mantém entre os vereadores mais votados de São Luís, nada mais justo que brigar por um cargo de gestão dentro de seu próprio partido, onde o prefeito reeleito é aliado direto. Estou falando do professor Pavão Filho, que tem uma história na política maranhense e principalmente no Partido Democrático Trabalhista (PDT). Após muitas especulações, o nome do vereador Pavão já passa a ser um dos nomes mais cotados para assumir o comando da Secretaria Municipal de Educação da capital, na nova gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), a partir de 1º de janeiro de 2017.

Atualmente, o setor vem sendo gerenciado pelo economista e professor Universitário, Moacir Feitosa (PTC), que tem se esforçado bastante para dar andamento às ações educacionais na capital maranhense. Segundo a rádio corredor, após o nome de Pavão ganhar força dentro do PDT, algumas alas da câmara, inclusive vereadores do partido, já se unem a representantes de servidores da SEMED para tentar impedir a entrada do pedetista e brigar pela manutenção de Moacir Feitosa.

Até o momento da construção deste texto, o Editor deste Portal não conseguiu contato com o vereador e nem com sua assessoria de comunicação. Segundo amigos próximos do nobre parlamentar, ele ainda não confirma se já teve alguma conversa nesse sentido com o prefeito Edivaldo Jr. No entanto, Pavão Filho também não nega publicamente que possa assumir o cargo. No momento, o vereador, que é professor tem uma estreita relação de amizade e também política com o prefeito de São Luís. Isso já é meio caminho andado!

Enquanto isso, outros segmentos apostam que o prefeito Edivaldo não deve mexer na pasta da Educação e, portanto, manter na espinhosa função o secretário Moacir Feitosa, que recebeu das mãos de Geraldo Castro Sobrinho (PCdoB), uma secretaria sucateada, mas vem arrumando a casa com muito sacrifício.

 

“Edivaldo Jr, tinha a obrigação de ganhar a eleição. Agora, ele tem o dever de fazer uma ótima gestão” – analisou Ed Wilson.

COMPARTILHE

POR ED WILSON – O prefeito reeleito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT), não pode mencionar nenhuma desculpa daqui para frente. Não cabe mais o falso argumento de que recebeu a Prefeitura falida do antecessor, porque ele vai administrar a si próprio. Não vale, sob nenhum aspecto, qualquer menção a dificuldades. Edivaldo Junior nasceu e cresceu em berço de ouro e nunca perdeu uma eleição.

Edivaldo Jr. teve o apoio incondicional do governador Flávio Dino (PCdoB) e de todas as forças políticas e econômicas do Maranhão. Era, portanto, obrigado a ganhar. Edivaldo Junior está proibido de falar de crise ou de qualquer dificuldade para governar.

O pedetista foi eleito nadando em dinheiro, apoiado por 16 partidos, em uma campanha ostensiva como poucas em São Luís. Se teve tanto dinheiro para a campanha, não pode faltar na gestão. Nenhum centavo a menos para investir na melhoria da cidade, é o que se espera do reeleito.

A vitória de Edivaldo foi, e repetição bem sucedida da ”força total” de Jaime Santana em 1985. Com todos os apoios possíveis e impossíveis, inclusive os forçados, o prefeito tinha a obrigação de ganhar a eleição.

A Câmara dos Vereadores está aos pés do prefeito e deve reeleger o presidente Astro de Ogum (PR), homem da mais alta confiança do pai do prefeito – Edivaldo Holanda (PTC).

O governo Flávio Dino vai dar todo o apoio à gestão, porque tem o vice-prefeito comunista Julio Pinheiro e por todos os compromissos assumidos em campanha sobre as parcerias.

Não precisa esperar o dia 1º de janeiro de 2017. A partir de agora, sem qualquer desculpa nem falso argumento, o prefeito tem o dever de fazer uma gestão de excelência.

Acima de qualquer coisa, o prefeito é filiado ao PDT, o partido que manda e desmanda na Prefeitura de São Luís há 27 anos, conhece a máquina administrativa e não pode apresentar qualquer falha na gestão.

Tudo está a favor de Edivaldo Junior. Qualquer erro será imperdoável.

 

 

Se Edivaldo Jr perder a eleição, o sinal amarelo de 2018 começa a piscar na testa dos Leões

COMPARTILHE

POR ED WILSONO governador Flávio Dino (PCdoB) finalmente veio a público fazer declaração de voto no prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT), candidato à reeleição.

A parceria entre comunistas e pedetistas já estava firmada na chapa – Julio Pinheiro (PCdoB) é o vice – e nas parcerias entre o governo e a prefeitura.

Com as duas máquinas tocando obras na reta final da campanha, o prefeito tem a obrigação de ganhar; porém, a disputa está acirrada.

Flávio Dino ainda não havia se manifestado porque uma eventual derrota do prefeito será debitada na conta política do Palácio dos Leões.

O vídeo de Flávio Dino em apoio ao pedetista tem duas sinalizações:

1) O governo tem pesquisas seguras que dão a vitória a Edivaldo Junior;

2) A batalha está quase perdida e o governador teve de encarar o tudo ou nada, inclusive o desgaste de uma eventual derrota.

Diante do cenário de empate, o apoio pessoal de Flávio Dino é a última cartada na campanha de Edivaldo Junior.

Sintomático também que o governador tenha divulgado o vídeo três dias antes do debate da TV Mirante (sexta-feira 28), a tempo de colher os frutos da investida midiática no prefeito.

A eleição mais disputada em São Luís desde 1989, quando o PDT tomou o poder na capital, não poderia passar sem o posicionamento do governador comunista.

Faltava a declaração de voto de Flávio Dino.

Se o prefeito perder a eleição, o sinal amarelo de 2018 começa a piscar na testa dos Leões.

“Gestão de Edivaldo destruiu sonhos e amputou direitos” – dispara vereador Chaguinhas

COMPARTILHE

Durante a reinauguração do comitê central do candidato a prefeito Eduardo Braide (PMN), o vereador Chaguinhas (PP) teceu várias críticas ao atual prefeito e candidato à reeleição, Edivaldo de Holanda Júnior (PDT). Ao fazer o uso da palavra, Chaguinhas disse que Edivaldo Jr. foi o prefeito que mais maltratou o povo e que o chefe do executivo foi uma bomba atômica que caiu em São Luis.

“A gestão de Edivaldo foi uma bomba atômica que caiu em São Luis, matou sonhos e amputou direitos. Nossa cidade não merece mais ficar com um gestor incompetente”, disse o progressista.

Dando continuidade, Chaguinhas disse que Eduardo (PMN-33) está preparado para administrar São Luis, pois sempre foi um parlamentar atuante e com grande destaque na Assembleia Legislativa, em defesa dos maranhenses, especialmente dos ludovicenses.

“O Eduardo é humano, sabe das necessidades do nosso povo, e tenho certeza de que na prefeitura ele vai fazer a verdadeira transformação que a nossa cidade tanto precisa. A nossa São Luís tem jeito com Eduardo Prefeito”, concluiu o vereador, eleito pela terceira vez em São Luís.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free