casa » Archivo de Etiquetas: Cultura

Archivo de Etiquetas: Cultura

Projeto cultural itinerante leva conscientização sobre biodiversidade a quatro estados

COMPARTILHE

A importância de proteção da biodiversidade é a mensagem chave da quinta edição do Conexão Sustentável Alcoa, projeto cultural itinerante que em 2019 será dividido em duas etapas e terá cinco meses de atividades. O Palco Móvel ocorre de agosto a setembro, com apresentações teatrais, oficinas de reciclagem e sessões de cinema. Já o Sala Brasil inicia em outubro e segue até dezembro, com teatro e cinema. Os participantes, na maioria crianças e adolescentes, também vão receber uma cartilha educativa sobre o tema ao final de todas atividades.

O Palco Móvel, estrutura com palco e arena capaz de receber até 250 pessoas sentadas, fica em São José de Ribamar (MA) entre 27 e 30 de agosto, e em São Luís, entre 3 e 6 de setembro. Após o Maranhão, o projeto segue para Juruti (PA). As apresentações teatrais ficam por conta de duas companhias.

O Circo Fool apresenta o espetáculo “O Menino Passarinho e a Estrela Encantada” que conta a jornada de um garoto e de seu boizinho através de rios e igarapés até encontrar, na floresta Amazônica, seres encantados do imaginário caboclo que vão lhe apresentar ideias ecológicas em defesa das águas, do ar, e das florestas.

Já a companhia Casa do Bispo Atelier apresenta “A Hora é Agora”. No espetáculo, dois amigos decidem unir forças para construir uma máquina fantástica que ajudaria as pessoas a preservar a biodiversidade. Os personagens: Inventiva e Sabe Tudo, passam por divertidas e emocionantes aventuras e contam com a ajuda da plateia para que tudo dê certo no final.

A segunda etapa do projeto começa em outubro com a Sala Brasil. Itinerante, com capacidade para 30 pessoas e espaço para cadeirantes, a sala é climatizada e tem estrutura de som e luz para receber sessões de cinema e apresentações do espetáculo “Quiz Intergalático”. Criado pela companhia Trip Teatro, a montagem inédita traz dois palhaços-cientistas, Marga e Tutúlio, que querem ganhar uma viagem ao espaço. Para isso, terão que entender como funciona nosso planeta e quanto nossas atitudes impactam no meio ambiente e também no nosso entorno. A primeira parada será em Poços de Caldas (MG). Depois a viagem segue por Divinolândia (MG), São Luis (MA), Santarém (PA), Juruti (PA) e Óbidos (PA).

 “Com o Projeto Conexão Sustentável, buscamos nos conectar com as comunidades locais. Demonstramos que conceitos de sustentabilidade e inovação andam juntos, gerando valor”, diz a Diretora de Relações Governamentais e Comunicação da Alcoa, Michelle Sayo.

“O Conexão Sustentável é uma oportunidade única. Com ele podemos percorrer milhares de quilômetros pelo País, em estradas e até rios, para levar teatro e cinema a públicos que tem poucas oportunidades de acesso a bens culturais”, diz Jefferson Bevilacqua, da Magma Cultura. “Esse torna-se um trabalho importante de criação de plateias e disseminação da cultura”.

Realizado pelo Ministério da Cidadania e Magma Cultura o Conexão Sustentável Alcoa tem patrocínio da Alcoa e apoio das prefeituras municipais.

Sobre a Alcoa
Líder mundial em produtos de bauxita, alumina e alumínio, a Alcoa foi construída sobre uma base de valores sólidos e excelência operacional, operando com inovação desde a revolucionária descoberta que fez do alumínio uma parte vital e acessível da vida moderna, há 130 anos. Desde o desenvolvimento da indústria do alumínio, e ao longo da nossa história, nossos talentosos Alcoanos e Alcoanas seguiram adiante com inovações e melhores práticas que resultaram em eficiência, segurança, sustentabilidade e comunidades mais fortes onde quer que operemos. A Companhia segue impulsionada pelos seus valores “Agir com Integridade”, “Trabalhar com Excelência” e “Cuidar das Pessoas”. No Brasil, a Alcoapossui três unidades produtivas, em Poços de Caldas (MG), São Luís (MA) e Juruti (PA), escritórios em São Paulo (SP), Poços de Caldas (MG) e Brasília (DF), além de participação acionária na Mineração Rio do Norte (MRN) e em quatro usinas hidrelétricas: Machadinho, Barra Grande, Serra do Facão e Estreito. Saiba mais sobre a Alcoa acessandowww.alcoa.com.br.

PROGRAMAÇÃO

Palco Móvel

27 a 30/08 – São José de Ribamar – Local: Praça Caminho de São José, Rua Major Pirola, Centro.

03 a 06/09 – São Luís (MA) – Local: Posto Milena, Av Eng Emiliano Macieira, 25, Pedrinhas.

17 a 20/09 – Juruti (PA) – Tribódromo

Sala Brasil

14 a 18/10 – Poços de Caldas (MG)

21 a 25/10 – Divinolândia (SP)

29/10 a 02/11 – São Luís (MA)

06 a 09/11 – Santarém (PA)

11 a 29/11 – Juruti (PA)

02 a 06/12 – Óbidos (PA)

BEQUIMÃO: Rodrigo Martins assume interinamente Secretaria de Cultura e Promoção da Igualdade Racial

COMPARTILHE

O turismólogo Rodrigo Martins assumirá, interinamente, a Secretaria de Cultura e Promoção da Igualdade Racial do município de Bequimão. A posse na pasta ocorreu na manhã desta quinta-feira (08), na sede da Prefeitura Municipal de Bequimão. O prefeito Zé Martins foi representado pelo secretário de Administração, José Orlando Ferreira.

Segundo o prefeito, foi encaminhado à Câmara Municipal um projeto de lei que prevê o desmembramento da secretaria em duas. Promoção da Igualdade Racial, que é uma das marcas da gestão Zé Martins, com diversas ações voltadas às comunidades quilombolas, ganhará pasta própria.

Rodrigo Martins, que assumirá provisoriamente a secretaria, é turismólogo, fotógrafo e especialista em Gestão de Arranjos Produtivos Locais, pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Atualmente, preside o Conselho Municipal de Turismo de Bequimão e coordena a Sala do Empreendedor. Desde 2015, também trabalha como agente de desenvolvimento, estando à frente de dezenas de cursos de formação e capacitação de pequenos empresários do município, por meio do SEBRAE.

Ele também coordenou a implantação da Feirinha da Agricultura Familiar e eventos como o Festival Gastronômico. Teve experiência como assessor técnico da Secretaria de Indústria e Comércio do Estado do Maranhão, no período de 2010 a 2014.

Na administração do ex-prefeito Juca Martins, o secretário interino esteve à frente das ações no Canto Cultural, no período carnavalesco dos anos de 2004 e 2008, com apresentações dos grupos de tambor de crioula e terecô de caixa, incentivando as manifestações culturais locais.

Prefeitura e Sebrae discutem projetos no setor de turismo e cultura em Bequimão

COMPARTILHE

Aconteceu na última quinta-feira (28), a reunião de discussão das ações do projeto de turismo e artesanato do Sebrae/Ma, através do projeto de Desenvolvimento Econômico e Territorial (DET) – Litoral Ocidental Maranhense a ser aplicado no município de Bequimão.

Durante a reunião foram explanados o esboço do projeto que contempla ações direcionadas para orientar, elaborar e criar a Lei Municipal de Turismo, o Conselho, o Fundo e o Plano Municipal de Turismo, instrumentos essenciais para desenvolver e promover a atividade turística de uma determinada região. E também, o projeto da oficina de criatividade a ser desenvolvido com o grupo de artesãs de tecelagem de algodão do povoado de Centro dos Câmaras que produzem e confeccionam redes, mantas, tapetes e outros produtos oriundos das peças de teá.

Participaram da reunião os secretários municipais, Edimilson Pinheiro (Adjunto de Meio Ambiente e Turismo), Dinha Pinheiro (Cultura), Rodrigo Martins (Coordenador da Sala do Empreendedor), Marcelo Medeiros e Fernanda Ramada (Consultores do Sebrae/Ma), e os técnicos da Sematur (Nhô da Colônia e Rosiney) e da Sala do Empreendedor (Valdeci Amorim).

Fotos: Rodrigo Martins

Arraial de Bequimão reúne grande público na Praça da Matriz

COMPARTILHE

Completando este ano 52 anos de tradição, o famoso Arraial da Praça da Matriz em Bequimão, tem reunido bom público e grandes atrações. Realizado pela Prefeitura de Bequimão em parceria com a Secretaria de Cultura do Município, desde sua abertura oficial, dia 19 de junho, a Praça da Matriz tem recebido um grande público, oriundo da sede e zona rural do município.

Na abertura dia 19, no aniversário da cidade, o Arraial recebeu Boi Estrela de Bequimão, sotaque de orquestra, manifestações culturais locais e as atrações nacionais, Matheus Fernandes e Banda Mesa de Bar. Foi o maior público já visto na Praça da Matriz nos últimos 20 anos de festejo junino em Bequimão.

Nas últimas últimas 8 noites, foram inúmeras brincadeiras, tanto locais, quanto de outros municípios que abrilhantaram o arraial deste ano. Como forma de valorizar a cultura local, a Secretaria Municipal de Cultura tem trazido as brincadeiras da zona rural, principalmente das comunidades quilombolas.

Para o prefeito Zé Martins, o festejo junino em Bequimão mantém uma tradição de décadas criada pelo ex-prefeito Juca Martins. “Mesmo com essa crise cruel que atrapalha todo gestor público, conseguimos fazer um São João dentro de nossas possibilidades financeiras. Estamos valorizando nossa cultura e mantendo uma tradição criada há mais de meio século por Juca Martins”, destacou o prefeito.

O encerramento do Arraial será neste sábado dia 30 de junho, como havia sido planejado pela Secretaria de Cultura do Município. Serão 12 dias de muita cultura popular na Praça da Matriz em Bequimão. Desde o dia 19 já passaram dezenas de brincadeiras, incluindo Tambor de Crioula, Bumba-meu boi de vários sotaques, Cacuriá, Quadrilhas juninas, Danças Portuguesas, Country, e do Negro, além de outras manifestações culturais.

Do Portal G7MA.COM

Fotos: Rodrigo Martins

 

Segunda noite de Arraial na Vila Conceição reúne uma multidão

COMPARTILHE

Um espaço que reúne famílias e recebe grandes atrações todas as noites no Arraial do Movimento Solidariedade & Ação, no bairro Vila Conceição na área do João de Deus. que tem o apoio da vereadora Fátima Araújo (PCdoB). Além da diversão tem gente faturando uma renda extra com venda de alimentos e bebidas.

Além das brincadeiras folclóricas que animam crianças, jovens, adultos e idosos, tem as atrações artísticas que levantam o astral do público, como foi o caso do cantor Bruno Shinoda, que sacode e balança o grande público que compareceu na Arena Espaço Cultural. É uma atração mais linda que a outra e o público está adorando.

“Estou gostando muito. Não preciso sair para outros bairros para levar meus filhos para assistir as danças. Chego cedo e encontro espaço para ficar perto das brincadeiras. O espaço é bom, a vereadora melhorou aqui, onde era um lugar sujo, agora se tornou um espaço de lazer. Quero Parabenizar a vereadora pela atitude de valorizar a cultura e principalmente nossa comunidade”, destacou a moradora Maria Antônia Costa Nunes, moradora do João de Deus.

 

A vereadora Fátima Araújo esteve presente no Espaço Cultural na noite deste domingo (17) durante as atrações. A cada brincadeira apresentada, a vereadora era elogiada pelos representantes e aplaudida pelos moradores que se encontravam na plateia. Isso mostra o quanto o trabalho está dando certo.

PASSARAM  NO ESPAÇO CULTURAL NA VILA – DOMINGO (17/06)

  • Dança Country Festa de Rodeio
  • Dança Portuguesa Império de Bragança
  • Dança Portuguesa Bailado de Luzitano
  • Dança Portuguesa Encanto de Portugal
  • Show com o cantor Bruno Shinoda
  • Forró do PV

NESTA SEGUNDA-FEIRA (18/06)

  • Boi de Corda
  • Cacuriá Encantos da Vila Izabel
  • Dança Country
  • Dança Portuguesa Império Majestade de Portugal
  • Japa do Arrocha

O São João da Vila Conceição e Residencial João Alberto, tem a Realização do Instituto Solidariedade & Ação, apoio Prefeitura de São Luís e Governo do Estado e Vereadora Fátima Araújo.

Fotos/Reprodução

Edilázio critica ausência de artistas locais na programação oficial do São João do Maranhão

COMPARTILHE

O deputado Edilázio Júnior (PSD) criticou, na sessão plenária de terça-feira (5), a falta de apoio do Governo do Maranhão à cultura e aos artistas locais. Ele informou que, na elaboração da programação para o São João 2018, o Governo deixou de fora artistas maranhenses consagrados, como Betto Pereira, e contratou, por cerca de R$ 250 mil, Agnaldo Timóteo.

Segundo o deputado, Pereira chegou a protestar em seu perfil em rede social e recebeu gestos de solidariedade de outros músicos, como Carlinhos Veloz e Mano Borges.

“Eu já falei algumas vezes aqui, nesta tribuna, que é isso que dá nós termos um governador que não sabe diferenciar a matraca de um maracá. E aí, chega o período junino, e o que nós estamos vendo é essa tristeza com as brincadeiras locais, com os artistas locais. E o governador trazendo para cá Agnaldo Timóteo por R$ 250 mil”, iniciou.

Edilázio lamentou o desprestígio aos artistas locais e lembrou que “o Governo tem adotado a mesma postura desde o início do mandato, em 2015”.

Ele também lançou um desafio a produtores culturais que atuam no estado. “Quero saber qual produtor contrataria Agnaldo Timóteo, para um show privado, por R$ 250 mil. Isso é brincar com o dinheiro público, é brincar com a nossa cultura e é brincar com os maranhenses. A Leci Brandão, que o único estado que ela ainda se apresenta, por coincidência, estado em que é governado por um comunista. E ela é deputada estadual pelo PCdoB em São Paulo, por duas vezes esteve aqui já no réveillon. Agora eu pergunto: Por que não vem para um show privado?”, completou.

O parlamentar oposicionista afirmou, ainda, que “a Secretaria de Cultura aparelhou as festas populares para beneficiar o PCdoB e o resultado é a desvalorização da cultura local”.

“Quem sofre com isso, quem perde com isso são os maranhenses, são os nossos arraiais que perdem o brilho, que perdem a alegria, assim como vem sendo no carnaval e, agora, será no período junino. Mais uma vez, repito, a culpa é de nós termos um governador que é avesso à cultura maranhense, que é avesso ao nosso folclore e que não sabe distinguir a matraca de um maracá”, finalizou.

 

SOTAQUES: Exposição faz passeio pela diversidade rítmica do Bumba-Meu-Boi

COMPARTILHE

Quem dá as boas-vindas aos visitantes, logo na entrada, é o casal que protagoniza a lenda do bumba-meu-boi, Pai Francisco e Mãe Catirina. Os bonecos fazem referência à história da mulher grávida que desejou comer a língua de Mimoso, o boi preferido do Fazendeiro, patrão de Pai Francisco, marido de Catirina.

Todos os grupos de bumba-meu-boi do Maranhão homenageiam a trama que se desenrola quando Pai Francisco resolve satisfazer o desejo da mulher e, para isso, mata Mimoso. O que acontece depois inúmeras toadas narram, há gerações: o casal foge da Fazenda, os vaqueiros vão em busca, os índios surgem na floresta, repleta de espíritos protetores da mata, chamados de Cazumbás – ou Cazumbas; Mimoso torna a viver, o casal é perdoado e todos na Fazenda, juntos, dançam felizes pela vida do boi.

A história é a mesma, mas as formas de homenageá-la mudam, de acordo com a região do estado em que a tradição se mantém. É justamente essa viagem pela diversidade rítmica do bumba-meu-boi que a exposição “Sotaques” possibilita ao público. Em cartaz até o dia 16 de junho, no Rio Anil Shopping, a mostra traz elementos dos cinco principais sotaques maranhenses de bumba-meu-boi.

Sotaque da Ilha – Boi de Matraca

O primeiro espaço é reservado ao mais popular e numeroso sotaque. O instrumento que dá nome a essa variação é a matraca, dois pequenos pedaços de madeira que motivam os seguidores e fãs de cada boi a engrossarem a massa sonora de cada “Batalhão”. Além das matracas, são usados pandeirões e tambores-onça, uma espécie de cuíca com som mais grave. Na frente do grupo fica o cordão de rajados, caboclos de fitas, índias, vaqueiros e caboclos de pena.

Sotaque de Orquestra

Além, claro, da capoeira – carcaça usada pelos miolos, pessoas que dão vida ao boizinho, no espaço reservado ao sotaque de orquestra estão as indumentárias utilizadas pelas índias e pelos vaqueiros de fita e campeadores. Ao incorporar outras influências musicais, o Bumba-meu-boi ganha neste sotaque o acompanhamento de diversos instrumentos de sopro e cordas, como saxofone, clarinete e banjo. Peitilhos (coletes) e saiotes de veludo com miçangas e canutilhos são alguns dos detalhes nas roupas dos brincantes.

Sotaque da Baixada

Neste canto da mostra, o Sotaque que nasceu na região de Pindaré-Mirim, na baixada maranhense, é destaque. Os pandeirões, muito utilizados em outras variações, também estão presentes aqui, a diferença é que o ritmo é mais cadenciado. Este sotaque também se apresenta com índias e caboclos de pena, além dos cazumbás e suas indispensáveis caretas – Máscaras acompanhadas por chapéus grandes, pesados e esculturais.

Sotaque de Guimarães – Boi de Zabumba

Guimarães é outra cidade histórica, que também fica na baixada maranhense. Lá, nasceu uma variação do sotaque de Pindaré, com utilização de pandeirões menores que são tocados em ritmo mais acelerado. Este sotaque marca a forte presença africana na festa. Pandeirinhos, maracás e tantãs, além das zabumbas, dão ritmo para os brincantes. No vestuário, destacam-se golas e saiotas de veludo preto bordado e chapéus com fitas coloridas.

Sotaque Costa de Mão

Na exposição, o maior espaço é destinado à homenagem a esse sotaque, que, em 2017, quase desapareceu dos terreiros juninos. Como forma de valorizá-lo e reergue-lo, vários grupos de bumba-meu-boi, de vários outros sotaques, decidiram homenagear esse ritmo tão tradicional e, por isso, ele tem espaço de destaque na mostra. Típico da região de Cururupu, na baixada maranhense, ganhou este nome devido a uns pequenos pandeiros tocados com as costas da mão. Caixas e maracás completam o conjunto percussivo. Além de roupa em veludo bordado, os brincantes usam chapéus em forma de cogumelo, com fitas coloridas e grinaldas de flores.

SERVIÇO

O QUE: Exposição Sotaques

QUANDO: 02 a 12 de junho, sábado

ONDE: Rio Anil Shopping – Piso L1, próximo ao Espaço Co-Working

ENTRADA: Gratuita

Edivaldo Holanda Júnior demorou muito para para lembrar que Ivaldo Rodrigues é o nome certo para a Cultura

COMPARTILHE

Um dos mais autênticos folcloristas do Maranhão, o vereador de São Luís, Ivaldo Rodrigues, hoje como secretário de Agricultura da Capital Maranhense, pode assumir a Secretaria de Cultura de São Luís. A escolha do secretário Ivaldo Rodrigues para assumir o comando da Secretaria Municipal de Cultura, embora ainda não tenha sido oficializada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) agradou em cheio o meio artístico de São Luís.

A notícia foi muito bem recebida e a repercussão foi bastante positiva, principalmente porque Ivaldo é uma pessoa que gosta e valoriza muito a cultura maranhense. Prova disso é o sucesso da Feirinha São Luís que comanda com grande carinho na Semapa. Ivaldo é daqueles que participa da cultura, vive o meio e ajuda muitas brincadeiras na capital e interior. Carismático e muito popular, Ivaldo pode ser a solução para a Cultura, já que nunca foi secretário de gabinete e sempre está na rua.

O Blog do Zeca Soares procurou alguns artistas locais para ouvir a opinião deles sobre a indicação de Ivaldo Rodrigues para a Secretaria de Cultura e a receptividade não poderia ter sido melhor.

A aprovação dos artistas aumenta e muito a responsabilidade de Ivaldo Rodrigues e, principalmente do prefeito Edivaldo Holanda Júnior que terá que dar as condições necessários para que o seu gestor corresponda às expectativas.

Garantidas essas condições não tenho a menor dúvida que a gestão de Edivaldo colherá bons frutos na Cultura sob o comando de Ivaldo Rodrigues.

Veja as opiniões dos artistas:

“Desejo que o Plano Municipal de Cultura seja desenvolvido para que não fiquemos só na agenda dos eventos de carnaval e São João, que a Lei de Incentivo Municipal volte a funcionar, que tenha editais de cultura, torço pela descentralização da cultura, que atinja os bairros e não só o centro da cidade, que a secretaria tenha mais recursos financeiros, para que se tire essa imagem, infelizmente, negativa de devedora, que se atinja vertentes maiores da cultura, e não só a cultura popular, desejo ao novo secretário autonomia e dinâmica, que se estabeleça parcerias com o setor privado, estou na torcida e que ele seja muito bem vindo, pois é um nome que foi recebido com bons olhos com quem eu já conversei da classe artística, artista é um ser esperançoso e a cultura é dinâmica”- César Boaes, ator e diretor de teatro.

“Eu acho que a ida do Ivaldo Rodrigues para a pasta da cultura mostra que o prefeito está valorizando nosso segmento, visto que o Ivaldo sempre teve uma relação de amor e respeito por nossa arte. Que a experiência de sucesso da feirinha se repita, agora na Secult. Acho que seu maior desafio será fazer valer a lei de incentivo à cultura para o artista tenham a seu favor esse mecanismo que em muito pode dinamizar a cultura do Maranhão” – Mano Borges, cantor e compositor

“O sucesso pela idealização e coordenação da Feirinha de São Luís, credencia o Ivaldo Rodrigues ao desafio maior de gerenciar, desenvolver e difundir as ações culturais do Município, letárgicas já há um bom tempo!” – Godão, do Boi Barrica e Bicho Terra

“A cultura sempre eleva o status quo de onde ela se faz presente e na Feirinha não foi diferente. Inevitavelmente as cabeças pensantes por trás desses importantes projetos precisam ter a capacidade de perceber e colaborar para que isso aconteça e assim o fez Ivaldo Rodrigues. Acho que diante do lindo trabalho à frente desse projeto, as perspectivas para um trabalho melhor ainda na Secretaria Municipal de Cultura são promissores. Precisamos de pessoas que amem e conheçam a nossa cultura e nossos artistas num cargo como esse. Para mim o Ivaldo é um vento novo que pode fazer a diferença nesse segmento. Sensibilidade e vontade ele já demonstrou ter. Que seja linda a sua nova gestão!” – Fernando de Carvalho, cantor.

Por Zeca Soares

Ritual da morte do Boi de Axixá acontece neste fim de semana

COMPARTILHE

O Bumba Meu Boi de Axixá, sotaque de Orquestra, começa no próximo sábado as comemorações do ritual da morte do Boi. Esta é a 58ª edição do ritual e terá convidados nos dois dias: sábado (14) e domingo (15), a partir das 16hrs, no Viva do Boi de Axixá, na cidade de Axixá.

O evento marca a conclusão de mais um ciclo festivo, em que os brincantes se empenham desde a preparação do ambiente até a encenação do ritual. É um momento de inclusão cultural e social, que demonstra o envolvimento dos participantes em torno dessa manifestação.

Hoje sob o comando de Leila Naiva, a brincadeira é formada por 120 brincantes, entre índias, vaqueiros campeadores, vaqueiros de fita e orquestra. A programação deste sábado começa com Boi de Axixá, Boi de Sonhos, Banda Skema de Play Boy, Boi Novilho Branco e Dj Amorim. Já no domingo, a festa é por conta do Boi de Axixá, Dj Amorim, Bicho Terra e a Banda de Pai para Filho.

Prefeitura de Bequimão planeja mais ações para beneficiar comunidades quilombolas

COMPARTILHE

A secretária municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, e representantes das comunidades remanescentes de quilombos de Bequimão reuniram-se, nesta terça-feira (28), para elaboração de novos projetos voltados aos quilombolas do município.

O prefeito Zé Martins é pioneiro em ações mais efetivas de inclusão e de melhoria das condições de vida nas comunidades quilombolas. Durante a campanha, ele firmou outros compromissos, que estão começando a ser viabilizados.

Ficou acertado, na reunião, que o município ajudará na regularização e organização das associações. Isso ajudará na captação de recursos para projetos de construção de casas, água encanada e kits sanitários. Cinco comunidades quilombolas já estão habilitadas a receber os benefícios.

A Prefeitura de Bequimão, em parceria com a Funasa, está executando melhorias sanitárias domiciliares em Ramal de Quindíua e Juraraitá. “Nossas comunidades quilombolas estão sendo valorizadas pelo prefeito. Mais benefícios virão para melhorar a vida de nosso povo”, destacou a secretária Dinha Pinheiro.

Participaram da reunião, representantes das comunidades de Ariquipá, Sibéria, Suassuí, Ramal do Quindiua, Santa Rita, Mafra, Pericumã, Juraraitá, Conceição e Rio Grande.

 

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free