casa » Archivo de Etiquetas: Brasilia (página 2)

Archivo de Etiquetas: Brasilia

Prefeito Anderson visita Câmara Federal acompanhado do deputado Victor Mendes em busca de recursos para Alcântara

COMPARTILHE

O prefeito eleito de Alcântara, Anderson (PCdoB), esteve esta semana em Brasília acompanhado do deputado federal Victor Mendes, que garantiu emendas para saúde e recuperação de estradas vicinais no município de Alcântara a partir de 2017. Anderson ainda visitou o Ministério da Saúde e faz levantamentos de projetos e programas à serem implantados em Alcântara a partir de 2017.

Com agenda cheia na capital federal, Anderson esteve em audiência com o Presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), José Raimundo. Durante o encontro, o prefeito alcantarense solicitou o empenho da Agência na reforma imediata do Cais Flutuante na sede do município de Alcântara e a implantação do projeto da Usina de Reciclagem de Resíduos Sólidos. A reunião foi tão positiva, que Anderson deixou agendada uma visita do presidente da AEB ao município de Alcântara.

anders2 anders1

Ainda acompanhado do deputado federal Victor Mendes, Anderson visitou a sede do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em que foi recebido pelo presidente da entidade, Gastão Vieira, onde discutiram investimentos para o município de Alcântara. O resultado da agenda em Brasília foi positivo, onde o prefeito Anderson já visa o planejando para 2017.

Nesta sexta feira (11), o prefeito Anderson vai realizar a primeira reunião das comissões de transição, para avaliar o trabalho já feito e planejar novas estratégias para finalizar o processo, visando uma gestão com êxitos a partir de janeiro de 2017.

Esta matéria foi excluída por ordem Judicial

COMPARTILHE

PROCESSO400-07.2016.8.10.0064 (4032016)

Esta matéria foi excluída por ordem Judicial

COMPARTILHE

PROCESSO400-07.2016.8.10.0064 (4032016)

PCdoB de Flávio Dino pode ser uma pedra no sapato dos a favor do golpe

COMPARTILHE

BRASÍLIA — Ás vésperas da votação do processo de impeachment de Dilma Rousseff no plenário da Câmara, o governo informou que conseguiu reverter votos e agora teria o número necessário para barrar o afastamento da presidente. Após reunião com governadores na sexta-feira, o Planalto comemorou a reversão de deputados, entre eles, Waldir Maranhão (PP-MA), que esteve com a presidente pela manhã.

Por outro lado, a oposição continua a garantir que tem os votos necessários. Durante a tarde, confirmou o apoio do PP, que fechou questão a favor do impeachment e ameaçou expulsar os dissidentes, em resposta à ida de Maranhão ao Planalto. No fim do dia, o partido puniu Maranhão com a perda do comando do diretório estadual. O resultado da votaçao no domingo é incerto.

Em resposta ao movimento do governo, que voltou a se reunir com governadores nesta sexta, o presidente da Câmara, Eduardo Câmara (PMDB-RJ), telefonou para deputados para cobrar apoio, segundo informou o colunista Lauro Jardim. Já o PDT também fez pressão, mas para o voto contrário ao impeachment: repetiu o PP e ameaçou expulsar quem votar pela admissão do processo.

ARTICULAÇÃO DE FLÁVIO DINO

Antes, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e o vice-líder do governo na Câmara Sílvio Costa (PTdoB-PE) anunciaram que o governo conta com votos necessários para superar o impeachment na Câmara. Segundo Costa, que mostrou um papel dobrado dentro do bolso com uma tabela de votos, todos os placares já divulgados estão errados. Dino afirmou que, até domingo, o governo terá de 20 a 30 votos revertidos a seu favor.

— O clima melhorou muito nos últimos dias. Há um entendimento claro, muito nítido, de que a suposta avalanche que havia na direção de apoio ao impeachment não se verificou. Ao contrário, nós temos uma tendência de reversão de expectativa nesse momento — declarou Flávio Dino.

— Nós já ultrapassamos o número de votos de 172, estado por estado. E temos ainda uma coluna que a gente chama “a trabalhar”. Temos 36 votos a trabalhar. Estamos bem acima da margem de erro. Hoje detectamos um desespero grande na oposição — emendou Sílvio Costa depois dele, sem querer especificar o número exato que o governo acredita já contar:

Por meio de sua assessoria, o ministro chefe do Gabinete Pessoal de Dilma, Jaques Wagner, apostou:

— Hoje (sexta-feira) o governo voltou a contar com 200 votos contra o impeachment.

Desde quinta-feira, a presidente tem arregimentado os governadores para atuar junto às bancadas estaduais para conversar com cada deputado na tentativa de reverter votos já declarados a favor do impeachment e convencer os indecisos a apoiar Dilma. Segundo Dino, no Amapá e no Maranhão, foram revertidos de seis a sete votos. Segundo o Planalto, a bancada da Bahia veio com 19 representantes: todos declararam voto contra o impeachment. Entre os deputados baianos, auxiliares de Dilma contabilizam contar com 24, dos 39.

PUBLICIDADE

Dino afirmou que, se o impeachment for aprovado, a população só terá “solução para seus problemas” a partir de 2017, com a “paralisação completa” do Brasil.

— Há uma ilusão de que se eventualmente o impeachment fosse autorizado no domingo, na segunda-feira nós teríamos condições melhores de governabilidade. Ao contrário, nós acreditamos que haveria uma situação muito grave, de uma dualidade de poderes, porque nós teríamos o governo da presidenta Dilma de um lado, por pelo menos mais 30 dias, e de outro um hipotético futuro governo. Depois nós teríamos ainda um longo processo de tramitação no Senado, de quatro, cinco, seis meses em que o Senado passa a ser presidido pelo Supremo Tribunal Federal — declarou o comunista.

Encontraram com Dilma também os governadores do Amapá, Waldez Góes (PDT); da Paraíba, Ricardo Coutinho (PB); do Ceará, Camilo Santana (PT) e da Bahia, Rui Costa (PT). Todos eles trouxeram consigo para falar com Dilma deputados de seus estados. O governo acha que, com o reforço dos governadores, Dilma volta a respirar.

BLOG SILVIA TEREZA

 

 

Prefeito Zé Martins acompanha Fórum da Baixada em reunião no Ministério da Integração Nacional

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), esteve nesta quarta feira (6) acompanhando os membros do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense (FDBM) na capital federal. Além de Zé Martins, estavam presentes o presidente do FDBM, Flávio Braga e o prefeito de Viana, Chico Gomes, além do vice-prefeito de Pinheiro, César Soares. Os integrantes do Fórum participaram de uma importante atividade no Ministério da Integração Nacional acompanhados do deputado federal, Aluísio Mendes (PTN).

Na pauta do encontro estava o pedido de urgência da construção dos Diques da Baixada, importante obra que pode evitar salinização dos lagos e também a desertificação dos campos nativos.

O encontro foi articulado pelo deputado federal Aluísio Mendes (PTN), que está sensibilizado com a causa e garantiu empenho total para o inicio do projeto. Em sua rede social, Aluísio destacou a importância do encontro.

“Tivemos uma audiência muito positiva com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, da qual participaram também o senador Roberto Rocha (PSB) e o presidente da Codevasf, Felipe Mendes, prefeitos e representantes do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense. O ministro nos garantiu prioridade na execução do projeto Diques da Baixada, um sonho de mais de 30 anos daquela população que será a redenção econômica da região. Ele anunciou que irá ao Maranhão até o final do mês de abril para anunciar a execução das obras”- frisou o parlamentar.

O Diretor Superintendente do SEBRAE-MA, João Martins, também se fez presente na reunião. A comitiva baixadeira volta de Brasília animada com a possibilidade real do sonho dos Diques da Baixada virarem realidade ainda este ano.

Vale lembrar que é este mesmo Fórum em Defesa da Baixada Maranhense que vem lutando também junto ao Governo Estadual para viabilizar as obras dos Diques, mas o Palácio dos Leões se nega a receber os baixadeiros. No entanto, o Governo Federal abriu as portas para uma demanda tão importante e que pode mudar a vida de milhares de baixadeiros.

O projeto Diques da Baixada prevê a construção de 71 quilômetros de diques de dois metros de altura cada um, abrangendo os municípios de Viana, Matinha, São João Batista, São Vicente Ferrer, Cajapió, Bequimão, São Bento e Bacurituba.

Reinauguração da sede do CONASEMS em Brasília

COMPARTILHE

COOOOOO

A presidente do COSEMS/MA – Iolete Soares Arruda esteve participando, em Brasília, na solenidade de reinauguração da sede do CONASEMS. O espaço, no anexo do Ministério da Saúde foi expandido e reformado, e contou com uma pomposa cerimônia de reinauguração. O presidente da entidade, Fernando Monty esteve ciceroneando os convidados, dentre eles, além de Iolete Arruda, o secretário da Vigilância Sanitária – Antônio Carlos Nardi que, brevemente, estará realizando uma visita ao Maranhão.

A sede do Conasems conta agora com mini-auditório (com capacidade para 42 pessoas) e sala de acolhimento para os secretários municipais de saúde. O evento contou com a presença de autoridades como a Ministra da Saúde interina, Ana Paula Sóter, e o secretário executivo do CONASS, Jurandir Frutuoso.

Com forte atuação no cenário nacional, Iolete Arruda enfatizou que a reinauguração evidencia um avanço para o setor. “O CONASEMS tem uma atuação muito forte nos quatro cantos do País, e à medida que fortalecemos a entidade, conseguimos fortalecer, também, a saúde como um todo”, ressaltou Iolete.

 

Comissão de vereadores de São Luís está em Brasília-DF

COMPARTILHE

CAM

Com objetivo de obter mais conhecimento sobre a reforma política, que tramita no Congresso Nacional, na madrugada desta terça-feira (5), uma comissão de vereadores de São Luís embarcou com destino a Brasília.

O grupo de parlamentares ludovicenses é composto por Antonio Isaias Pereirinha (PSL), Pedro Lucas Fernandes (PTB), Bispo Paulo Luiz (PRB), Beto Castro (PRTB), Marquinhos Silva (PRB), Ricardo Diniz (PHS) e Estevão Aragão (SDD).

Os vereadores buscarão mais informações sobre os principais pontos que estão sendo discutidos sobre a reforma política no Congresso Nacional para trazer aos colegas detalhes sobre o assunto. Os parlamentares querem ainda informações sobre proposta como a do voto distrital, que mexe diretamente com as eleições para vereador em São Luís caso seja aprovada.

Os parlamentares esperam trazer para os demais vereadores da Câmara Municipal subsídios concretos acerca da discussão sobre a reforma política, para que sirvam de elementos para uma tomada de decisão sobre os acontecimentos envolvendo a eleição de 2016.

“Ninguém sabe qual a forma de adoção de voto distrital, futuro de celebração ou não de coligações, entre outros temas que têm deixado os vereadores atônitos diante dessa situação”, dizem os vereadores de São Luís.

 

Texto: Alteré Bernardino

 

Representantes do COSEMS/MA participam do V Fórum da Atenção Básica em Brasília

COMPARTILHE

BBBBB

Vários representantes da Saúde no Maranhão, entre eles, a presidente do Conselho Estadual de Secretários Municipais de Saúde – COSEMS/MA – Iolete Soares Arruda – estiveram participando no Grand Bittar Hotel – na Asa Sul, Brasília, da quinta edição do Fórum Nacional de Gestão da Atenção Básica.

O encontro, que teve como tema Atenção Básica mais acessível, cuidadora e resolutiva, foi organizado pelo Departamento de Atenção Básica (DAB/SAS/MS), e serviu para reunir convidados da gestão da Atenção Básica dos estados e capitais, departamentos do Ministério da Saúde, Conass, Conasems e universidades parceiras.

Durante o fórum, os participantes receberam várias orientações para dinamizar as ações voltadas para a atenção básica, entre as quais, como adquirir equipamentos e a estratégia Requalifica UBS. A abertura do evento foi feita pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, que apresentou palestra que teve como tema “O SUS, as redes e a Atenção Básica hoje”.

A programação se estendeu até o dia 27, com mesas redondas e grupos de trabalho que abordaram movimentos possíveis a partir dos resultados do PMAQ, passos e estratégias para a implantação do e-SUS AB.

Durante o encontro, o secretário de Saúde de Caxias – Domingos Vinicius de Araújo Santos explanou sobre a experiência positiva da implantação do e-Sus naquela cidade. Atualmente, a cidade de Caxias dispõe de 32 unidades de saúde na sede e interior funcionando com 54 equipes do PSF e 45 equipes de saúde bucal.

Texto: Itamargarethe Corrêa

 

Vereador solicita no Senado retomada do projeto “Passe Livre Estudantil”

COMPARTILHE

PL

O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) protocolou, na manhã da quarta-feira (25), na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal, o pedido de retomada da tramitação do Projeto de Lei (PSL 248/2013) que garante o passe livre estudantil.

“Essa tem sido uma de nossas lutas desde 2013. O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), relator inicial do projeto, deu parecer favorável ao projeto. Mas com a ida dele para o Tribunal de Contas da União, precisamos retomar essa questão que é de extrema importância para os estudantes de nossa cidade, estado e, claro, do país”, afirmou o vereador Pedro Lucas.

No documento protocolado, o vereador Pedro Lucas solicitou à CCJ, que seja designado um novo relator para que a tramitação da matéria seja retomada o mais breve possível. “Entendemos que esse é um projeto que vai beneficiar diretamente uma grande parte da nossa população. Por isso, não podemos deixar de, mais uma vez, pedir o apoio desta Casa [Senado] para assegurar a gratuidade no transporte de nossos estudantes”, garantiu o parlamentar.

Sobre o projeto – O projeto de Lei 248/2013, em tramitação no Senado, assegura a gratuidade no sistema de transporte coletivo para o estudante de ensino fundamental, médio e superior que esteja regularmente matriculado e com frequência comprovada em instituição pública ou privada de ensino.

O custo, estimado em R$ 16 bilhões, ficará a cargo da União e será originário dos royalties do petróleo explorados no pré-sal. O valor a ser repassado aos municípios será com base no número de estudantes beneficiados e o valor da tarifa local.

 

Texto: Igor Almeida

Fotos: Divulgação

 

Comissão de vereadores visita o Senado Federal

COMPARTILHE

PEDRO2

A comissão de vereadores de São Luís que está em Brasília vem cumprindo agenda em poderes na capital federal. Os parlamentares José Joaquim Guimarães (PSDB), Isaías Pereirinha (PSL), Pedro Lucas Fernandes (PTB) e Fábio Câmara (PMDB) estiveram ontem em visita ao Senado Federal. Eles foram discutir pontos da reforma política que estão sendo discutidos pelos senadores.

Ao lado do presidente da Associação Brasileira de Câmaras Municipais (ABRACAN), Rogério Rodrigues, os vereadores de São Luís foram recebidos pelo senador Vicentino Alves (PR-TO). A comitiva, que ficará em Brasília até quinta feira (26), deverá percorrer os corredores da Câmara dos Deputados e Senado Federal, objetivando debater a Reforma Política(PEC 344 e 352). De acordo com o vereador Pedro Lucas Fernandes, a experiência está sendo muita proveitosa.

PEDRO2 PEDRO1

“Estamos nos sentindo à vontade para trilharmos os corredores do Congresso Nacional e, assim, debater com os parlamentares os principais pontos da reforma, tais como, fim das coligações, financiamento público de campanha, mandato tampão de apenas dois anos nas próximas eleições, ou de seis, caso haja unificação das eleições, bem como os cinco anos de mandato, a partir de 2022. Enfim, estamos acompanhando de perto os principais entraves desta proposta”, afirmou o vereador.

Para o vereador José Joaquim, o decano da Câmara, a ideia do presidente Astro de Ogum de enviar uma comissão a Brasília foi bastante acertada. “A reforma mudará a histórica política do País, portanto, em hipótese alguma, poderíamos nos furtar deste debate”, finalizou José Joaquim.

Texto: Itamargarethe Corrêa Lima

Foto: Divulgação

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free